*****

SEJA BEM-VINDO ! SEJA BEM-VINDA! VOCÊ ESTÁ NO BLOG PASSARELA CULTURAL, a sua revista on-line semanal, fundada em 02/07/2004. ***** Esta é a edição nº 746, referente ao período de 09 a 15 de agosto de 2020. ***** Editor: Daslan Melo Lima - Timbaúba, Pernambuco, Brasil. ***** Contatos : (81) 9-9612.0904 (Tim / WhatsApp). E-mail: daslan@terra.com.br

segunda-feira, 25 de novembro de 2019

ROSA MASTER, GENTE É TUDO PRA GENTE



O slogan da empresa Rosa Master, da qual minha amiga Marcia Tarciana Alves Oliveira Guerra é sócia-proprietária, é emblemático e traduz em si a história de êxito dos 20 anos da instituição, "Gente é tudo pra gente". 

----------

A essência da frase está na missão da Rosa Master e nas atitudes de cada pessoa que nela trabalha.
Deixo-me contagiar pela energia positiva da confraternização da empresa e me perco e me encontro entre gente que é tudo pra gente.
--------
Daslan Melo Lima / Timbaúba, PE / 23.11.2019

----------
ELES NÃO SABEM



"Miss Terra", seis anos, após fazer sua primeira refeição do dia ao lado dos meus outros seis gatos, não se contenta e vai comer com "Nikita", meu cachorro de um ano e dois meses de idade.
Enquanto reflito sobre a cena, um exemplo de amor e convivência para os humanos, alguém bate no portão. É uma pessoa fazendo a "campanha do quilo". Vou atender, colaboro e ganho uma edificante mensagem impressa.





"Não pares de trabalhar e servir porque essa ou aquela desilusão te amargou os sentimentos. Os ingratos são portadores de moléstias da memória.

Os agressores carregam brasas no pensamento.

Os delinquentes são enfermos dos mais infelizes.

Quando semelhantes companheiros te surgirem na vida, perdoa sempre. Eles não sabem quantas nuvens de dor estão amontoando sobre a própria cabeça."


Volto para assistir à cena de "Miss Terra"comendo ao lado de "Nikita".
Na ensolarada manhã do último domingo de novembro de 2019, os humanos não sabem o quanto ainda precisam crescer espiritualmente.

-------

Daslan Melo Lima / Timbaúba, PE / 24.11.2019
----------

SPORT CLUB DO RECIFE, SAUDAÇÕES X PAIXÕES



A vitória do meu Sport Club do Recife diante do Ponte Preta por 2 x 1, além de ter garantido o acesso à Série A do Campeonato Brasileiro, foi um show inesquecível. A tensão relaxou, a emoção se alastrou, meu coração exultou...

O rubro-negro pernambucano de volta à elite do futebol nacional é uma condição emblemática. Trata-se de uma visibilidade valiosa para o futebol nordestino. Traz em si os sonhos dos meus amigos e amigas que torcem pelo Náutico Capibaribe, Santa Cruz, CSA, CRB e outros, a quem deixo aqui o meu abraço e minhas saudações rubro-negras.



E não adianta tentar entender o que leva alguém a torcer por esse ou aquele clube esportivo.
Sempre digo que paixões são paixões, simplesmente paixões, não se explicam.
---------
Daslan Melo Lima / Ilha do Retiro, Recife, PE / 20.11.2019

*****

terça-feira, 19 de novembro de 2019

Sonhos X Realidade, Empate



No mar vermelho e negro da Ilha do Retiro,
eu e alguns amigos somos parte de um fenômeno mágico chamado futebol,
que relaxa, surpreende, apaixona... 

--------

Os gritos da torcida tanto podem traduzir momentos de encantos como de desencantos.



No mar rubro-negro da Ilha do Retiro, exercitamos as mesmas emoções do dia a dia: 
nem sempre se ganha e nem sempre se perde. Há os empates dos sonhos com a realidade.
---------
Daslan Melo Lima
Ilha do Retiro, Recife, PE
Sport Club do Recife, 0 x Vila Nova GO, 0
Campeonato Brasileiro Série B
17.11.2019

*****

DE TIMBAÚBA PARA O MUNDO - Um novembro para recordar

PARA UM FERIADO


Sob o sol causticante do dia que apenas começa, o ouro que brota generoso da minha Acácia é um convite para reflexão.
A um passo do Natal, minha Acácia se renova e me renova, indiferente às situações do planeta que fazem oscilar o coração.

----------


Abraço a árvore para beber energia positiva, enquanto me perco e me encontro meditando sobre nossa passagem nesse chão.

---------
Daslan Melo Lima / Timbaúba, PE / 15/11/2019

----------

ASSIM, SEMPRE ASSIM

Antes de sair de casa para minha atividade física Treinamento Funcional, fotografo a Lua no meu quintal, ao lado do meu pé de manga-rosa, cujos frutos ainda estão pequenos e verdes.
Saio de casa e a Lua me acompanha, linda, soberana, solitária, majestosa e nua.

Chego ao local onde pratico meus exercícios físicos e ela parece que pretende atravessar a rede de proteção para jogar uma partida de futebol.
Volto para casa e a Lua me acompanha, linda, soberana, solitária, majestosa e nua.


Antes de entrar, faço uma imagem dela banhando de prata o meu pé de Acácias Amarelas.
Não ouso convidá-la para entrar.
Sei que vai preferir continuar desfilando eternamente no céu, assim, sempre assim:
linda, soberana, solitária, majestosa e nua.
--------
Daslan Melo Lima / Timbaúba, PE / 12/11/2019



----------
CINZA X SINUSITE


Acordo mais cedo do que de costume.
Tudo ao redor parece envolvido em cinza, reflexo de uma crise de sinusite que resolveu me incomodar desde ontem.
Agradeço a Deus pela vida e vou comprar pão.
Contorno a praça do meu bairro.
O amarelo das craibeiras espalha na manhã nublada um sopro bom de energia positiva,
enquanto o silêncio convida para uma dose de poesia.


Volto para casa em passos lentos.
Vou tomar café, um medicamento
e voltar para a cama.
Espero um sono reparador,
cheio de sonhos ensolarados,
sem cinza e sem sinusite.
---------

Daslan Melo Lima / Timbaúba, PE / 06/11/2019
----------
COTA DE FELICIDADE

Lado a lado, duas árvores convivem no meu jardim. Cumprem a missão de espalhar prata e ouro e perfumar o planeta: Flor de Laranjeira, a flor das noivas, e Acácia Amarela, símbolo da Maçonaria.
----------

A Flor de Laranjeira nasceu há quatro anos, cresceu e está quase do tamanho da Acácia Amarela. Enquanto uma, simples e discreta, oferece prata todos os meses, a outra, generosa e extrovertida, oferece ouro nessa época do ano.
"Se realmente de prata e ouro fossem suas árvores, você estaria milionário", costuma dizer o vento que sopra, espalhando o perfume doce das duas. Ora, eu sei que elas são de prata e ouro, sinto-me milionário, e isso basta para aumentar minha cota de felicidade.
----------

Daslan Melo Lima / Timbaúba, PE / 04/11/2019

----------
É NOVEMBRO OUTRA VEZ

Novembro começa com a tradicional festa de aniversário da Sociedade de Cultura e Musical 1º de Novembro, a "Pé de Cará", um orgulho pernambucano, noventa e sete anos de fundação.
Familiares do homenageado da noite, ex-maestro João Trajano da Cunha (1921-1992), não contém a emoção. Para a viúva Ivanilda, o filho Cláudio e a filha Janaína, o ambiente remete à presença do saudoso maestro. Janaína é a musa da ciranda homônima composta pelo pai, música premiada em primeiro lugar em 1984, durante concurso nacional promovido pela Funarte e Mobral, o Repertório de Ouro das Bandas de Música do Brasil.


Uma garotinha larga a mão da mãe e corre feliz pelo salão, ao ouvir tocar um frevo.




E num recanto discreto, atenta a tudo, uma imagem de Santa Cecília, Padroeira dos Músicos, aprova a atitude de pessoas comprometidas com a cultura.
É novembro outra vez.
Amém.

Assim Seja.
---------

Daslan Melo Lima / Timbaúba, PE - 1º/11/2019



*****

SESSÃO NOSTALGIA - O Top 4 do concurso Miss Guanabara 1970

Daslan Melo Lima



As quatro finalistas do concurso Miss Guanabara 1970 - Da esquerda para a direita: 
Rejane de Rezende Simões, Miss Clube de Regatas Flamengo, quarto lugar; 
Sônia Silva, Miss Renascença Clube, terceiro; 
Eliane Fialho Thompson, Miss Floresta Country Clube, primeira colocada; 
Maria Helena Leal Lopes, Miss Telefônica Atlético Clube, segundo lugar. 
(Imagem: revista Fatos & Fotos, 2 de julho de 1970, Ano X, número 491).

----------

Rejane de Rezende Simões
Miss Clube de Regatas Flamengo
 quarto lugar


"A torcida preferia Rejane Simões, a candidata do Flamengo"
Imagem e comentário: Fatos & Fotos
----------
Sônia Silva
 Miss Renascença Clube
terceiro lugar



"Sem dúvida alguma, foi mais uma vez o Clube Renascença que ganhou a batalha das arquibancadas, cuja torcida não quis aceitar a decisão do júri, manifestando-se com vaias e assobios, quando o veredicto foi dado. No desfile de maiô, a mulata Sônia Silva, do Renascença, provocou um verdadeiro delírio do público, sobretudo quando rodopiou brejeiramente ao fazer o primeiro “pivot” na passarela."
 Imagem: Fatos & Fotos - Comentário: O Cruzeiro, 23/06/1970
----------
Maria Helena Leal Lopes
Miss Telefônica Atlético Clube
segundo lugar


·      Ela tinha alcançado grande notoriedade em todo o Brasil no ano anterior, quando foi capa das maiores revistas brasileiras da época, O Cruzeiro, Manchete e Fatos & Fotos. Era a favorita ao título de  Miss Guanabara 1969, mas o Juizado de Menores proibiu sua participação, por não ter 18 anos completos. 
----------
  "Miss Telefônica demonstrou vivo embaraço ao ser classificada em segundo lugar. Parecia muito nervosa ao final da festa."  
Imagem: Fatos & Fotos - Comentário: O Cruzeiro, 23/06/1970 
----------
Eliane Fialho Thompson
Miss Floresta Country Club
primeiro lugar



A escolha de Eliane não chegou a ser surpresa. Só mesmo ela pensava num segundo ou terceiro lugar, por um motivo que acabou não prevalecendo: o clube que ela representava não tem a força popular de um Renascença ou de um Flamengo, que acabaram em terceiro e quarto, respectivamente. Eliane estuda engenharia, fala três idiomas e pratica esporte. Detalhe: Miss Guanabara não é carioca. Nasceu em Barra do Piraí.
Imagem: Fatos & Fotos - Comentário: Manchete, 27/06/1970

----------
--------


Eliane Fialho Thompson foi consagrada pelo público que compareceu ao Pavilhão de São Cristóvão. No momento em que seu nome foi pronunciado, todas as candidatas correram para abraçá-la, demonstrando a grande camaradagem entre as participantes do concurso. Depois veio a volta triunfal pela passarela, quando Eliane mereceu os aplausos de todos os presentes.
Comentário: O Cruzeiro, 23/06/1970
                      ----------
          Na comissão julgadora, composta por doze pessoas, estavam cinco Misses: Patrícia Lacerda (Miss Distrito Federal 1954); Vera Lúcia Couto (Miss Guanabara, Vice-Miss Brasil, terceiro lugar no Miss Beleza Internacional 1964); Maria Raquel Helena de Andrade (Miss Guanabara, Miss Brasil, semifinalista/top 15 no Miss Universo 1965); Ana Cristina Ridzi (Miss Guanabara, Miss Brasil 1966); e Vera Lúcia Castro (Miss Guanabara, semifinalista/Top 8 no Miss Brasil 1967).  
           As outras personalidades foram: Carlos Rangel (chefe de redação de O Cruzeiro); Oscar Bloch (da direção de Manchete); Henrique Pongetti (jornalista); Billy Blanco (compositor); Venâncio Igrejas (Ministro); Otacílio Braga (diretor de turismo da Guanabara) e Elba Barbosa Nogueira (coreógrafa).
----------
      Naquele 1970, os concursos Miss Guanabara e Miss Brasil foram realizados no Pavilhão de São Cristóvão, Rio de Janeiro, pois o Maracanãzinho tinha sofrido um incêndio e estava em reformas. Eliane Fialho Thompson foi eleita Miss Brasil e ficou entre as quinze semifinalistas do Miss Universo 1970, realizado em Miami Beach. O Brasil conquistou no México o tricampeonato brasileiro de futebol. 


        Naquele 1970, as atenções de todo o país estavam de olho na Copa do Mundo e nas misses. Futebol, Carnaval e Misses (nem sempre nessa ordem)  ainda eram as três maiores paixões do povo brasileiro. 

*****