a *****

SEJA BEM-VINDO ! SEJA BEM-VINDA! VOCÊ ESTÁ EM PASSARELA CULTURAL, a sua revista on-line semanal, fundada em 02/07/2004. ***** Esta é a edição nº 633, referente ao período de 20 a 26 de agosto de 2017. ***** Editor: Daslan Melo Lima ***** Timbaúba, Pernambuco, Brasil ***** Telefone: (81) 9.9612-0904 (Tim). ***** WhatsApp: +55 81 9.9612.0904 ***** E-mail: daslan@terra.com.br

sábado, 26 de janeiro de 2013

NO RITMO DAQUELE FREVO


UM FREVO AZUL E ENSOLARADO

Daslan Melo Lima

         De alma ensolarada, saio de casa na manhã de sol para minha caminhada. 
         Um vento carnavalesco sopra em minha direção trazendo uma sombrinha azul que alguém jogou no lixo. 
         Ela rodopia como se dançasse um frevo e vem na minha direção. 
        Minha vontade é segurá-la e sair dançando, mas bloqueio a vontade do meu coração. O que diriam as pessoas? Afirmariam com certeza: “Daslan enlouqueceu!
         Apanho a sombrinha, volto para casa e de alma renovada danço com ela um frevo "louco", solitário, azul e ensolarado. 

_____
Timbaúba-PE, na manhã de 29/01/2013, a um passo do carnaval.

*****


NO RITMO DAQUELE FREVO


Daslan Melo Lima


          Carnaval ainda é a época que muitos consideram ideal para trocar as vestes cinza da alma por outras coloridas. 
  Lembro-me de certo fevereiro, onde as circunstâncias contribuíam para que minh’alma saísse do sério e se embriagasse ao som de um frevo. 
      Na luta silenciosa entre corpo e alma, não sei se perdi ou se ganhei, mas enquanto o meu corpo dançava, minh’alma censurava. 
     Trago daquela época uma serpentina incompleta decorando meu coração, mas desisti de mil perguntas sem respostas. 
     Minh’alma hoje se aproxima de mim sem tanta complicação e ao meu lado se diverte no ritmo daquele frevo.

_____
Timbaúba-PE, a um passo do carnaval pernambucano de 2013. ***** Na foto, dançando um frevo no 13º Encontro de Lajenes, em São José da Laje-AL, 12/01/2013.


*****

DE TIMBAÚBA PARA O MUNDO

UM FATO EM FOCO



          "O Carnaval de Timbaúba homenageia o Bloco Toureiros que completa 50 anos este ano. A decoração está a todo vapor para abrilhantar as festividades de Momo", foi o que Abraão Rodrigues Gondra declarou à PASSARELA CULTURAL
       O decorador, integrante da equipe de colaboradores da Prefeitura Municipal de Timbaúba, também acrescentou: "Breve estou abrindo minha nova loja de festas e decorações BRINK FEST, "Sua Festa, sua Cara!" Estou também com o blog: brinkfesteventos.blogspot.com.br.

*****

MEMÓRIA TIMBAUBENSE


ONTEM - E assim se passaram mais de três décadas do casamento de José Marcos de Vasconcelos Carvalho e Nadja Palma Pedrosa de Vasconcelos, funcionários aposentados do BNB, há anos radicados no Recife. Eles  se tornaram marido e mulher no dia 29 de janeiro de 1977.
HOJE - Marcos e Nadja estão sempre na ponte aérea Recife-São-Paulo-Rio de Janeiro, pois o filho João Marcos trabalha no Rio e a filha Nadja Cristina em São Paulo.
  
*****
ROTEIRO POÉTICO DE TIMBAÚBA
Rua Marechal Dantas Barreto. Por ser longa e no centro, bem poderia ter nome de Avenida. Porque é verão e muita gente está na praia, a rua se veste de silêncio nos sábados. É quase meia-noite e as portas fechadas estão ansiosas  pela chegada da manhã dominical. 

*****

SESSÃO NOSTALGIA - O CONCURSO MISS PERNAMBUCO DE 1960 A 1969


Por Daslan Melo Lima


          Dando continuidade à divulgação das listas do concurso Miss Pernambuco, tal como foram enviadas para mim por Roberto Macêdo, aqui está a segunda parte das mesmas, abrangendo toda década de 1960. Oportunamente, adicionarei outros detalhes, tais como o desempenho das misses no concurso Miss Brasil. 
         
MISS PERNAMBUCO 1960

 Edilene Torreão
Miss Pernambuco 1960
-----

MISS PERNAMBUCO 1961

Maria Lúcia Santa Cruz
 Miss Pernambuco 1961
-----

MISS PERNAMBUCO 1962

Terezinha Frazão
Miss Pernambuco 1962
-----

MISS PERNAMBUCO 1963

Vera Lúcia Bezerra
Miss Pernambuco 1963
-----

MISS PERNAMBUCO 1964

Ana Maria Costa Caldas
  Miss Pernambuco 1964
-----

MISS PERNAMBUCO 1965
Alda Maria Simonetti Maia
 Miss Pernambuco 1965
-----

MISS PERNAMBUCO 1966

Raiolanda Castelo Branco
   Miss Pernambuco 1966
-----

MISS PERNAMBUCO 1967

Vera Maria Silva
Miss Pernambuco 1967

-----

MISS PERNAMBUCO 1968

Maria Eunice Mergulhão
Miss Pernambuco 1968 
-----

MISS PERMAMBUCO 1969

Jerusa Farias
Miss Pernambuco 1969
-----
     Créditos das imagens: Miss Pernambuco 1960/1962/1964/1967, revista O CRUZEIRO, acervo de Daslan Melo Lima. Demais fotos: Arquivo do Fernando Machado. Na próxima semana, a terceira parte com todas as listas do Miss Pernambuco da década de 1970.

*****

sábado, 19 de janeiro de 2013

ESTAÇÃO PLANETA TERRA, ANTES QUE SEJA TARDE DEMAIS

A estação Planeta Terra, cenário atual de nossa viagem mística e mágica pelo Universo, está carente de respeito e carinho. A humanidade já causou prejuízos incalculáveis a ela. Antes que seja tarde demais, uma das medidas para remediar o estrago é transformar o lixo em ideias decorativas. Chega de consumir tanto! Muita coisa jogada no lixo pode ser reaproveitada. Os pneus acima foram pintados e transformados em canteiros de jardim. Imaginem essa atitude tomando conta de todas as cidades do mundo. ***** Foto: www.facebook.com/naturalmentedoce .  


*****

CANTO DE VERÃO

Daslan Melo Lima



Vem e vomita, 
a lágrima contida, 
o gesto mutilado, 
a carícia perdida, 
o grito anulado... 

E de costas para o que já não é, 
abraça toda esta claridade.

          Escrevi Canto de Verão, o poema acima, há muitos anos, um conselho do Silêncio e do Vento para mim que permanece atual no contexto ímpar dos meus sentimentos. 
       Vem e vomita as emoções inacabadas, dizia o Vento e o Silêncio aos meus ouvidos naquele dezembro de 1984. 
        E desde então, quando canto o meu Canto de Verão,  ouço os aplausos da claridade que lá fora me espera.  

_____
Timbaúba-PE, no 19º dia de 2013.

*****               
     

DE TIMBAÚBA PARA O MUNDO


AS PIRUAS 2013 -  Contagem regressiva para o dia 03 de fevereiro: As Piruas,  ao som do autêntico Frevo! ***** Valor do kit:  R$ 30,00 , à venda na CD 1000. ***** As Piruas, 22 anos de irreverência! 

*****



UM FATO EM FOCO / CINE TEATRO RECREIOS BENJAMIN - Continua a lenta agonia do Cine Teatro Recreios Benjamin, cuja parte da estrutura desabou na semana natalina. O Sr. Roberto Carneiro, técnico da Fundarpe, esteve na manhã de sexta-feira, 18, em Timbaúba, colhendo subsídios para apresentar ao Sr. Severino Pessoa, presidente da instituição, visando uma ação emergencial para proteger o que resta do histórico prédio. ***** Por ocasião, em entrevista à Rádio Nova Timbaúba FM, o Sr. Roberto Pereira voltou a tocar no assunto que é a espinha dorsal do imbróglio: o prédio é tombado pelo Patrimônio Histórico, mas não foi desapropriado. ***** Até quando vai durar a lenta agonia do Recreios Benjamin? ***** Por diversas vezes, PASSARELA CULTURAL esteve sensível à grave situação, como mostram as reportagens postadas nos dias 07/05/2011 e 13/08/2011, ainda online. Basta clicar nos links abaixo:
http://passarelacultural.blogspot.com.br/2011/08/de-timbauba-para-o-mundo-seccao-em_13.html

*****


MEMÓRIA TIMBAUBENSE / ALTO DO CRUZEIRO - A propósito da imagem acima, postada na semana passada, agradeço as pessoas que se manifestaram através dos comentários abaixo. 
-----
Djalma Almeida disse:  
          Dos dezoito aos vinte e um anos namorei uma menina que morava no topo do Alto do Cruzeiro. Na maioria das vezes, à noite, quando nos despedíamos, eu ficava lá em baixo observando ela subir até sua imagem sumir. Observava também que as pessoas que subiam  faziam seu traçado em ziguezague, para diminuir o desgaste provocado pela subida. Todas às vezes essas imagens me lembravam uma música de Alceu Valença que diz: 

“Eu lembro daquela menina subindo ladeiras,/ ladeiras de frevo e preguiça da velha Marim. / Ladeiras tão carnavalescas, escorregadeiras / Que na terça-feira jogaram você sobre mim./ Ladeiras sugerem saudade, minha companheira. / Ladeiras que só interessam a ti e a mim. 
/// 
Eu subo e descubro/ que a vida é feito ladeiras/ no seu sobe e desce contínuo, / princípio e o fim./ Perdi um amor tão bonito naquela ladeira / que vai dar no Alto da Sé, / no Bar Querubim.
 /// 
E hoje a saudade me aperta de toda maneira. / Ladeira da Misericórdia tem pena de mim. / Ladeira da Sé, ladeira preguiçosa. Ladeira do Amparo, da Misericórdia. / Ladeiras, ladeiras...”

          Embora, como diz a música, eu também tenha perdido um amor tão bonito naquela ladeira, hoje nenhuma saudade me aperta, de nenhuma maneira, mas sim uma lembrança boa que trouxe uma consciência de que essa vida feita de ladeiras tanto nos obriga a descer como nos ajuda a subir, alcançar pontos mais altos e evoluir.
-----
Ana Lygia disse: 
         "...quanto a foto do Alto do Cruzeiro creio que seja do final da década de 60 e inicio de 70, talvez quando da visita da americana Nancy e sua equipe, que fundaram a ONG-UPAC. Não posso informar muita coisa, mas quem pode lhe ajudar muito é Celma Lucia (a secretária da cidade) pois ela é amiga de Nancy, acompanhou o projeto e sabe tudo de Timbaúba e ... me desculpem as mulheres,  mais inteligentes e cultas  iguais a ela e Tia Zed Gueiros não conheço. kkkkk... Queria eu ter 1% da capacidade delas.
-----
Celma Lucia Vasconcelos disse: 
          A foto no Passarela Cultural representa o monumento ao Cristo Redentor, no morro do Cruzeiro, no final da década de 50, início dos anos 60. O morro ainda não era tão povoado como hoje e a subida era bastante íngreme. Subi até lá muitas vezes na minha juventude e a fotografia me remeteu àquela época.
-----
Lady disse : 
No cruzeiro, a fé se renova, Cada vela que acende, uma ponta de esperança brota do coração do povo. É luz que vence as trevas. É vida que vence a morte.

*****


ROTEIRO POÉTICO DE TIMBAÚBA / MISTÉRIOS DA MEIA-NOITE - Na noite deserta do verão timbaubense, os faróis de um carro destacam as placas de trânsito de uma esquina. Estacionamento proibido. A placa verde aponta para as rotas do bairro Coronel  Maranhão, Barragem do  Tiúma, São José do Livramento, Catucá e Mirador. ***** Um poeta que vem no carro se benze e vai para casa cantando em silêncio uma música de Zé Ramalho que começa assim: “Mistérios da Meia-Noite que voam longe, que você nunca, não sabe nunca se vão, se ficam, quem vai, quem foi...
*****

SESSÃO NOSTALGIA - O CONCURSO MISS PERNAMBUCO DE 1956 A 1959

Daslan Melo Lima


          O meu amigo Roberto Macêdo, jornalista e arquiteto baiano, um dos maiores entendidos em concursos de Miss do país, disponibilizou para mim as listas do Miss Pernambuco, um documento valioso que passarei, a partir desta edição, a postar em PASSARELA CULTURAL, por décadas. Oportunamente, adicionarei outros detalhes, tais como o desempenho das misses no concurso Miss Brasil. 
         Não tenho dúvida que estas listas vão preencher uma lacuna na história da beleza pernambucana e fazer a alegria de pesquisadores e missólogos de todo o Brasil. Ao Roberto Macêdo, minha gratidão por sua generosidade. Com vocês, os dados do Miss Pernambuco da década de 1950.
----------

MISS PERNAMBUCO 1951/1954: 
Não houve concurso
----------

MISS PERNAMBUCO 1955
Alba Souza Leão - Foto: O Cruzeiro

----------

MISS PERNAMBUCO 1956


Nelbe de Souza - Foto: A Cigarra

----------

MISS PERNAMBUCO 1957


Zayra Pimentel - Foto: Arquivo Pessoal

--------

MISS PERNAMBUCO 1958

Sônia Maria Campos - Foto: Arquivo

----------

MISS PERNAMBUCO 1959

Dione Oliveira - Foto: Manchete

----------


          Na próxima semana, as listas dos concursos de 1960 a 1969. Um abraço a todos e dias iluminados.

*****

domingo, 13 de janeiro de 2013

NOVO REI NO TRONO, SUA MAJESTADE O NENÉM



(Timbaúba-PE)  - O mais novo cidadão timbaubense chama-se Pedro Henrique Borges e Silva, filho dos meus amigos Walfredo (Wal Boy, criador do site Timbafest) e Janaína, nascido na quinta-feira, 10. ***** E foi lá atrás, no “Túnel do Tempo”, que fui buscar a legenda perfeita para esta imagem, a letra da música  Sua Majestade o Neném, de Klécius Caldas e Armando Cavalcanti, gravada pelo Trio Nagô. ***** Silêncio, ele está dormindo. / Vejam como é lindo, / Sua Majestade, o Neném. / A casa já tem novo dono, / novo rei no trono, / Sua Majestade, o Neném. /// Parece com o papai? / com a mamãe também? / Parece com a vovó ? Não ! / Não parece com ninguém ! / Ele, é ele só. / Sua Majestade, o neném.” ***** Para ouvir a linda música, basta um clique neste link www.youtube.com/watch?v=F0bhnCHmqKY


*****

NÃO ME ESQUEÇA NUM CANTO QUALQUER


Daslan Melo Lima

       Chico Buarque de Holanda e Toquinho são os autores de uma música chamada “O Caderno”, que fala do sentimento de um caderno diante de uma garota que um dia poderá esquecê-lo num canto qualquer.

“Sou eu que vou seguir você, / do primeiro rabisco até o beabá. / Em todos os desenhos coloridos vou estar. / A casa, a montanha, duas nuvens no céu / e um sol a sorrir no papel. /// 
Sou eu que vou ser seu colega, / seus problemas ajudar a resolver. / Sofrer também nas provas bimestrais junto a você. / Serei sempre seu confidente fiel, / Se seu pranto molhar meu papel. ///
Sou eu que vou ser seu amigo, / vou lhe dar abrigo se você quiser. / Quando surgirem seus primeiros raios de mulher. / A vida se abrirá num feroz carrossel / e você vai rasgar meu papel. /// 
O que está escrito em mim comigo ficará guardado, / se lhe dá prazer. / A vida segue sempre em frente. / O que se há de fazer? / Só peço a você um favor se puder: / Não me esqueça num canto qualquer. “

     Para muita gente, ter um caderno, agenda  ou diário para nele registrar emoções,  é uma atitude feminina, como se a sensibilidade não fosse peculiar a ambos os sexos. Confesso que já tive como fiéis companheiros vários cadernos. Eles me ajudaram muito a enxergar com perspectiva várias  situações que marcaram minha caminhada, quando a eles confiava emoções, amores, desamores, ilusões, desilusões...Todos aqueles cadernos permanecem comigo, bem guardados, alguns com páginas rasgadas, a fim de não expor situações  que possam um dia causar constrangimento a alguém.  

       O final da música é emblemático: “A vida se abrirá num feroz carrossel / e você vai rasgar meu papel. /// O que está escrito em mim comigo ficará guardado, / se lhe dá prazer. / A vida segue sempre em frente. / O que se há de fazer? / Só peço a você um favor se puder: / Não me esqueça num canto qualquer.” 

      Que bom que cheguei à maturidade da minha vida sem ter esquecido  os meus cadernos num canto qualquer.
______
Na manhã do segundo domingo do ano de 2013, enquanto chove lá fora, torrencialmente chove, ouvindo Chico Buarque Holanda, www.youtube.com/watch?v=-f4kKXebjm0 

 *****


DE TIMBAÚBA PARA O MUNDO

FATOS EM FOCO


Thamyres Alves de Araújo, 17 anos, filha do saudoso Toinho Bicudo e de Tânia Alves,  passou em três vestibulares: UFPB, UEPB e UPE,  todos eles com opção para  Serviço Social.
-----

Ana Lygia passou as festividades de final de ano no Rio de Janeiro. A foto acima registra o instante em que ela passava na frente do famoso Edifício Chopin, em Copacabana. Isabelita dos Patins estava por lá e se apaixonou pela blusa que Ana Lygia usava, mostrando a imagem de Carmem Miranda. Isabelita queria a todo custo que a timbaubense lhe desse o traje.
-----
Já está circulando a nova edição do jornal CORREIO DE NOTÍCIAS, focalizando assuntos sociais, culturais  políticos e econômicos de Timbaúba e região. Para conferir todo o conteúdo, basta clicar neste link : http://www.jcnoticias.net/

*****
MEMÓRIA TIMBAUBENSE


ALTO DO CRUZEIRO - Quem poderá me ajudar a construir a legenda desta imagem?  Contatos através do e-mail daslan@terra.com.br
*****
ROTEIRO POÉTICO DE TIMBAÚBA

UMA CHUVA ABENÇOADA - Para compensar o intenso calor, cai uma chuva inesperada. Uma senhora para e abre uma sombrinha. Como ela sabia que ia chover? Sua fé dizia que, a qualquer momento, DEUS mandaria uma chuva abençoada.   
*****

sábado, 5 de janeiro de 2013

O OTIMISMO É A FÉ QUE LEVA À REALIZAÇÃO. NADA PODE SER FEITO SEM ESPERANÇA OU CONFIANÇA.


(Timbaúba-PE) –  Irlândia Lemos, Landinha, ao lado do filho José Monteiro Neto, fruto do seu casamento com Givanildo Monteiro. ***** A foto foi escolhida para capa da primeira edição de PASSARELA CULTURAL de 2013 por um detalhe especial: nada mais emblemático do que a relação  mãe  e filho. A cumplicidade de ambos pode simbolizar a confiança e o otimismo que devemos depositar em DEUS diante das interrogações de um Ano Novo. Já disse alguém: O otimismo é a fé que leva á realização. Nada pode ser feito sem esperança ou confiança. ***** A propósito, Irlândia é um exemplo timbaubense de superação de adversidades, haja vista sua fé e determinação quando enfrentou e saiu vitoriosa de uma luta contra o câncer. 

*****

É JANEIRO OUTRA VEZ


Daslan Melo Lima

          Gosto destes primeiros dias do Ano Novo. Janeiro é a transição de um ano que se foi e de outro que se inicia. Mesmo sabendo que o tempo é eterno e que somos nós que passamos por ele, gosto de saborear esta sensação de renovação. Gosto de sentir que um ciclo foi concluído e que outro está ao nosso dispor, proporcionando oportunidades de reacender a fé, rever valores e renovar objetivos e esperanças.
         Tento reter em minh’alma cada dia de janeiro, pois num abrir e piscar de olhos daqui a pouco será dezembro de novo.   
         Enquanto ainda é janeiro, para o bem do meu coração, tento driblar a sensação de que há muito anos as horas começaram a passar rápidas demais, como se DEUS tivesse acelerado o movimento de rotação e translação da Terra.
         É janeiro outra vez. Ainda bem que moramos num país tropical, onde   o Ano Novo só começa a correr depois do Carnaval.
          É janeiro outra vez.  Assim seja!

__________
Timbaúba-PE, onze dias depois do Natal de 2012. 

*****

DE TIMBAÚBA PARA O MUNDO

FATOS EM FOCO

Da esquerda para a direita: Junior Rodrigues (vice-prefeito) e sua esposa Trícia, Marinaldo Rosendo de Albuquerque (prefeito) e sua esposa Analice, durante o evento de posse dos gestores municipais e vereadores, na Câmara Municipal, dia 1º.  ***** Em seu discurso,  o prefeito reeleito declarou que o seu grupo empresarial doou R$8.000.000,00 (oito milhões de reais) , quantia devidamente registrada em cartório, à Prefeitura Municipal de Timbaúba, a fim de proporcionar equilíbrio nas contas do município. (Foto: Facebook/Prefeitura Municipal de Timbaúba). 
-----
Com a determinação que lhe é peculiar, a empresária de moda Solange Barros, na foto ao lado do esposo Flávio,afirma: "Esse ano eu vou seguir em frente.Vou incansavelmente correr atrás de meus sonhos.Vou acreditar mais em mim, confiar mais em mim, me amar mais.ou amar mais a minha família, os meus amigos.Vou voar o mais alto que Jesus permitir, e não parar de sonhar. 
Deus está comigo, nada temo.

Sou forte, não desisto, acredito.
Que assim seja, Jesus meu amado".

-----


Thays Maranhão, da sociedade de São Vicente Férrer-PE, está radicada em Boa Vista, Roraima, onde estuda Odontologia na Faculdade Cathedral. No mês passado,Thays esteve em Timbaúba e não hesitou passar na Escola Santa Maria, a fim de matar um pouco as saudades do educandário onde concluiu o Ensino Médio. Como era dezembro, os frutos ainda verdes da mangueira fizeram questão de aparecer na foto. 
  
-----
Na contagerm regressiva para o Carnaval de Timbaúba 2013,  o bloco As Piruas  já está  fechando  suas cotas de patrocínio. A Disvesa está entre as empresas que estão dando o seu apoio cultural. A concentração no dia da saída, 03 de fevereiro, será no antigo Braseiro, nas imediações da Estação Rodoviária. Maiores informações com Sandro César, telefone (81) 9328.1700, e-mail aspiruasdetimbauba@gmail.com .    
*****
ROTEIRO POÉTICO DE TIMBAÚBA


ESTIAGEM – O calor é grande, a chuva é pouca e o vento tem saudade do verde. A fé é grande, a esperança é muita e logo mais DEUS vai mudar a paisagem.  Amém ! 

*****
MEMÓRIA TIMBAUBENSE




Timbaúba-PE, 03 de junho de 1960. A professora Domerina Bezerra de Menezes, a Dona Dó, reuniu os alunos para uma foto. Todos estavam atentos para recepcionar o novo bispo diocesano de Nazaré da Mata.  Esta imagem é uma das relíquias do acervo de Josafá de Freitas, timbaubense radicado em São Paulo, o quarto da esquerda para a direita, na primeira fila. 

*****