a *****

SEJA BEM-VINDO ! SEJA BEM-VINDA! VOCÊ ESTÁ EM PASSARELA CULTURAL, a sua revista on-line semanal, fundada em 02/07/2004. ***** Esta é a edição nº 620, referente ao período de 21 a 27 de maio de 2017. ***** Editor: Daslan Melo Lima ***** Timbaúba, Pernambuco, Brasil ***** Telefones: (81) 99612.0904 (Tim) e (81) 99277.3630 (Claro) ***** WhatsApp: +55 81 99612.0904 ***** E-mail: daslan@terra.com.br

sábado, 30 de novembro de 2013

PÃO FRANCÊS COM MANTEIGA


PÃO FRANCÊS COM MANTEIGA – Acordei mais cedo do que de costume e fui ao quintal varrer as folhas que caíram do meu pé de manga-rosa durante a noite. De repente, um delicioso cheiro de café misturado ao de pão francês torrado na manteiga, vindo da casa ao lado, invadiu o meu quintal e o meu estômago. Saí à rua, bati no portão do meu vizinho e pedi uma fatia daquele pão. Depois de agradecer a DEUS por estas coisas singelas que só as cidades pequenas do interior proporcionam, voltei a varrer o quintal como se tivesse comido o mais gostoso pão francês com manteiga da minha vida. **** Daslan Melo Lima, na manhã do últmo dia de novembro de 2013, em Timbaúba, Pernambuco.

*****

DE TIMBAÚBA PARA O MUNDO

MEMÓRIA TIMBAUBENSE


Aniversário de Adriana Brandão Morais Cavalcanti, três anos de idade. No casarão da Rua Dr. Alcebíades, pausa para uma foto antes do "Parabéns pra você", Toca (in memoriam), Vitória Andrade, Ivanise Morais, Risalva Brandão, Isabel, Jaqueline,Tonica, Nilda, Rebeca, Penha, Tereza Queiroz, Erika Neves e Fernando.
                                     *****

ROTEIRO POÉTICO DE TIMBAÚBA
ESPAÇO PARA SONHAR - Praça João Pessoa, espaço para sentar e sonhar. Igreja Matriz de Nossa Senhora das Dores, espaço para rezar e sonhar. - Daslan Melo Lima. ***** Foto: Jorge de Moura.  
*****

sábado, 23 de novembro de 2013

PÁSSAROS LIVRES

Daslan Melo Lima


         Nem sempre a juventude d’alma  combina com a idade cronológica.  Há 20 anos, em Timbaúba, as circunstâncias foram cúmplices do adolescente que não fui em São José da Laje. O destino me apresentou a Israel (no meio) Clóvis Eduardo (sorrindo) e José Antônio (Toinho Bicudo, de calça branca, in memoriam). Pelos  calendários criados pelos homens, eu era mais velho do que eles, mas foi em sua companhia que aprendi algumas coisas interessantes, inclusive que as tardes cinzas de domingo podem ser azuis, se uma moto ao lado convida para pegar a estrada na companhia do vento.

        Encontrei esta foto ontem, perdida no meio de centenas de imagens. Lembrei-me de um poema que criei na época,  “Pássaros Livres”, onde digo: “Eram três pássaros livres / e deles me aproximei para ouvir melhor os seus trinados / que também eram os meus cantos tantas vezes não cantados. “ Lembrei-me dos rumos que nossas vidas tomaram depois daquele verão de 1991 e agradeci a DEUS pelas lições da caminhada.     

*****

DE TIMBAÚBA PARA O MUNDO

FATOS EM FOCO

FESTIVAL DE LUZES - Decoração natalina da Faculdade de Ciências de Timbaúba, um festival de luzes. (Foto: Facebook/Lucia Tavares).
-----    

TOQUES - Dia 13 de dezembro, às 19:00h, na livraria Letras com Café, em frente da Igreja Matriz de Nossa Senhora das Dores, acontecerá a Noite de Autógrafos do lançamento do livro TOQUES, de Maria Rocha, radialista e técnica de enfermagem natural de Carpina e radicada há muitos anos em Timbaúba. A autora é mais conhecida pelo pseudônimo de Cíntia Rocha. Valor: R$ 10,00.
***** 

ROTEIRO POÉTICO DE TIMBAÚBA




UM BANCO, ALGUÉM E NINGUÉM A tarde morre e a noite nasce. / Um banco espera alguém que espera alguém. / Um banco espera alguém que não espera ninguém. /// A noite morre e a manhã nasce. / Um banco sorriu por alguém que encontrou alguém. / Um banco chorou por alguém que voltou sem ninguém. – Daslan Melo Lima, em nome dos bancos da Rua Maciel Pinheiro, Timbaúba, Pernambuco.

*****

MEMÓRIA TIMBAUBENSE
     
ANA GLÓRIA - Na lista dos aniversariantes desta semana, quinta-feira, 28, destaque para Ana Glória Ferreira de Araújo, nutricionista timbaubense radicada no Recife, filha de um casal que marcou época em Timbaúba, Joel Monteiro de Araújo e Maria da Glória Ferreira de Araújo.
   Nas suas mais gratas lembranças, ela guarda as dos domingos timbaubenses, quando  ia com  o irmão Teotônio fazer visitas nas casas das senhoras que trabalhavam na sua casa e moravam no Alto da Independência. Sempre tinha um bolo feito com muito amor e tapioca de coco ou cocada com café para tomar.  Outros momentos da trajetória de Ana Glória, repletos de referências timbaubenses,  podem ser conferidos neste link http://passarelacultural.blogspot.com.br/2011_11_01_archive.html . ***** Na foto, D.Glorinha, Teotônio e a aniversariante.
_______

REGINALDO PESSOA -  No final da década de 1960, o movimento musical Jovem Guarda estava no auge. O eixo Rio-São Paulo era o destino de centenas de jovens do país inteiro que sonhavam com o estrelato.  Se o sul tinha nomes famosos como Roberto Carlos, Erasmo Carlos, Wanderley Cardoso, Jerry Adriani e Wanderléa, o Recife aplaudia Luiz Carlos Clay, Luiz Carlos Magno, Carmen Artoni e Kátia Cilene
    Nesse contexto,  Timbaúba orgulhava-se de Os Líderes  e de um rapaz talentoso que cantava e encantava: Reginaldo Pessoa, um orgulho timbaubense que consegui um honroso lugar no cenário nacional. Para rever a reportagem dedicada a ele há dois anos em PASSARELA CULTURAL, clique neste link : http://passarelacultural.blogspot.com.br/2011/11/de-timbauba-para-o-mundo.html ***** A matéria foi enriquecida com os links para o Youtube dos maiores sucessos da sua carreira. Você vai ouvir Reginaldo Pessoa cantar canções inesquecíveis como "Nossa vida está toda errada". Vale a pena conferir.
*****

SESSÃO NOSTALGIA - Meyrielle Abrantes, Miss Pernambuco 2003, aquela noite em Timbaúba

Daslan Melo Lima


PRÓLOGO


          Um assunto está em evidência em todas as rodas sociais pernambucanas, no Recife, no agreste, no litoral, na mata norte, na mata sul, no sertão...Trata-se das fotos de Meyrielle Abrantes, Miss Pernambuco 2003, capa e recheio da revista Playboy deste mês, em fotos feitas por J.R. Duran. A edição está circulando com duas capas. Nesta Sessão Nostalgia, recordo a Meyrielle Abrantes que conheço um pouco e que encantou Timbaúba numa certa noite há dez anos.

MEYRIELLE ABRANTES, 
MISS PERNAMBUCO 2003

Meyrielle Abrantes Barbosa, Miss Vitória de Santo Antão, eleita Miss Pernambuco 2003. Natural do Recife, onde nasceu em 13/08/1982, aluna de Psicologia da Faculdade Integrada do Recife, 62 kg, 87cm de busto, 65 cm de cintura e 99 cm de quadris. 
-----
Primeira página do Diario de Pernambuco, 07/04/2003.

          O Miss Pernambuco 2003 foi realizado no Clube Português do Recife, na noite de 05 de abril.  Vinte jovens disputaram o titulo que no ano anterior tinha sido conquistado por Milena Ricarda de Lima Lira, Miss Bom Jardim, terceira colocada no Miss Brasil 2002 e representante brasileira no Miss Internacional. Eu não estava lá, no Clube Português do Recife, mas com base nas imagens postadas  nos jornais, pensei que a vitoriosa seria Mayra Ferreira Leite, Miss Pesqueira, uma índia da tribo Xucuru de Ororubá, que acabou em segundo lugar e meses depois representou Pernambuco no Miss Terra Brasil. O terceiro lugar do Miss PE 2003 ficou com Luiza Furtado, Miss Bom Jardim, filha da modelo Sílvia Furtado. Detalhe: Sílvia Furtado chegou a ser apontada como forte candidata ao Miss Pernambuco 1988, mas não disputou o título pelo fato de ser mãe solteira, assunto abordado na época pela revista Veja. A vencedora do Miss Pernambuco 2003 foi Meyrielle Abrantes Barbosa, representante da cidade de Vitória de Santo Antão.    

MEYRIELLE ABRANTES, 
AQUELA NOITE EM TIMBAÚBA


     Em setembro daquele ano, fiz contato com Miguel Braga, coordenador do Miss Pernambuco, a fim de Meyrielle  Abrantes compor a comissão julgadora do concurso Rei e Rainha dos  Estudantes  de Timbaúba, evento beneficente promovido por mim no Sesi, local onde hoje funciona a EREMT, Escola de Referência em Ensino Médio de Timbaúba.  Ele  exigiu apenas transporte de ida e volta e  um jantar após a festa.  Confesso que Meyrielle  encantou a todos com sua passarela, simpatia, humildade,  sorriso cativante e um discurso impecável.  Detalhe: no Miss Pernambuco 2003 não houve aquelas controvertidas “entrevistas” às cinco finalistas.



      Depois do concurso, ao lado de Josenildo Batista, convidado especial e coordenador do Miss Beleza Regional, fomos jantar no Bar do Bode, um restaurante típico, simples e aconchegante, a poucos metros da minha casa. Natal (isso mesmo, ele se chama Natal), o dono do estabelecimento, guarda com muito carinho as fotos que tirou ao lado de Meyrielle, assim como a cadeira onde ela se sentou.

EPÍLOGO


   Pelo que sei, Meyrielle Abrantes soube investir em conhecimento nestes dez anos. Concluiu três cursos superiores e aprendeu  a falar três idiomas. 
         Gostei da forma elegante como a Playboy apresentou aos leitores aquela jovem que encantou Timbaúba naquele setembro de 2003. 
        Leiam o que diz a matéria da revista:


-----
   Meyrielle Abrantes, 31 anos, tem aquele sotaque malemolente dos pernambucanos, uma doçura natural e uma firmeza de espírito que não deixam dúvida: é uma grande mulher. Não se pode deixar também de falar da sua beleza, que encantava os salões da República, onde por dez anos ela circulou na companhia do senador Jarbas Vasconcelos, 71, a quem se uniu quando era miss Pernambuco e ele, governador do estado.   

     Está aqui, portanto, uma dessas raras ocasiões em que se descortina a beleza fora do mundo da TV, do esporte e das artes, onde muitas mulheres ganham projeção. Desde sempre, ela (a beleza) frequenta também os palácios e os círculos do poder, onde é protegida como os segredos de estado. Justamente ao sair desse meandro, Meyrielle se torna a grande revelação da política brasileira em 2013. 

     Meyrielle Abrantes era Miss Pernambuco quando conheceu o então governador do estado, Jarbas Vasconcelos. Era o mês de abril de 2003. Apenas seis meses depois, o poder se juntava à beleza no circulo onde, desde os senhores de engenho, implantou-se uma das mais tradicionais aristocracias do Brasil. Não sem um certo frisson: quando passaram a viver juntos, Meyrielle tinha, então, 21 anos. E o governador, 61. Durante dez anos, Meyrielle (assim mesmo, com dois “L”, embora algumas vezes ela própria use apenas um) viveu em regime de união estável com o político pernambucano, hoje senador, um dos expoentes da vida nacional. Sua beleza e vivacidade exuberante enchiam os salões da República, embora ela preferisse evitar a capital. “Brasília me dá rinite”, diz. “É muito seca.”

     Protegida por uma “redoma de cristal”, como ela mesmo diz, Meyrielle começou a retormar a vida que deixou fora da redoma. E seu sorriso, que iluminou as mesas dos restaurantes onde o brinde com champanhe em flûtes de cristal selava políticos, revela agora o sentido suave, doce e belo do maior e mais verdadeiro poder: ser livre e, sendo livre, realizar todos os sonhos.

 *****

domingo, 10 de novembro de 2013

ROSA MASTER, A GRANDE NOITE DO XANDDY

O Grupo Alves de Andrade, empreendimento genuinamente timbaubense, do qual faz parte a empresa Rosa Master, proporcinou aos seus funcionários e convidados uma inesquecível noite de confraternização na AABB-Timbaúba, na noite de ontem, sábado, 09. Entre as atrações musicias, DJ Bolha, prata da casa, banda Aquarius e a grande sensação da noitada, Xanddy e o seu grupo baiano Harmonia do Samba.

Entre as personalidades convidadas, Patrícia Lane, Abel da  Hora, Tereza Cesse, Maria Rita de Holanda, Marcos Auto e Luciana Brasileiro. ***** Luciana  é presidente da CADSCH - Comissão de Apoio à Diversidade Sexual e Combate a Homofobia da OAB-PE. Maria Rita é vice-presidente da CADSCH e presidente do IBDFAM-Instituo Brasileiro de Direito da Família.
Diego Barbosa Franklin e os pais Edmara e Marciano.
Alline Cecília Tavares, Miss Timbaúba 2002, e Xanddy.
Edmara Barbosa, Maria Eduarda e Cleide Medeiros.
Márcia Tarciana ladeada pelos padrinhos Christina Dias e Júlio Alfredo.
Genilson e Cleide Medeiros ladeados pelos filhos Maria Eduarda e Gilson Neto.

Júlio Alfredo e Fanildes.
----------
O sentimento de religiosidade, independente de religião, norteia a confraternização, pois a farra só começa depois que músicas religiosas são entoadas em meio a palavras de gratidão a DEUS proferidas por Márcia Tarciana Andrade, vice-presidente do Grupo Alves de Andrade.
----------
Vereador Guel Barbosa e a esposa Gilma Dias.

Os funcionários do grupo Alves de Andrade passam o ano inteiro sonhando com a confraternização de final de ano. Além das surpresas musicais, o pessoal participa de sorteios de brindes valiosos. Em 2011, Beto Barbosa foi a atração musical principal, no ano passado, Gaby Amarantos.  


*****

sábado, 9 de novembro de 2013

DEUS LHE FAÇA FELIZ

  Daslan Melo Lima 
 
      Na parede da casa da minha prima Rosinilda, um poster eterniza as bodas de prata de um casal que marcou época na sociedade alagoana de São José da Laje-AL,  José Francisco da Silva (Galego) e Maria da Soledade Lima e Silva, a Tia Dade, irmã da minha mãe. Ele, alfaiate e dono de loja; ela, parceira na gestão da casa comercial e dona de casa. Esta é a primeira imagem do novo álbum que criei  no Facebook, “Família Melo Lima da Silva”, recanto sentimental das minhas memórias envolvendo meus familiares paternos e maternos. 
      Do Galego ficaram as lembranças do seu bom humor. Da Tia Dade ficaram muitas lembranças, a maior delas é da sua voz, aquela voz maravilhosa que eu adorava ouvir ao lhe pedir a benção. Quando eu lhe pedia a benção, ela respondia simplesmente tudo aquilo que o menino que fui desejava ouvir: “Deus lhe faça feliz”.
     
*****
 

DE TIMBAÚBA PARA O MUNDO - CORREIO DE NOTÍCIAS, NOVEMBRO/2013


Já está circulando a edição de novembro do jornal CORREIO DE NOTÍCIAS, focalizando muita coisa importante sobre a cena social-cultural-econômica-política de Timbaúba. Clique neste link e tenha acesso a todo o conteúdo da publicação, www.jcnoticias.net . Em destaque:  

- Funjader presta reconhecimento cultural a Zé da Silva e Ferreirinha;
- Rafael Gleison e Carol Sena no ensaio fotográfico da Kara Nova;
- Mestre Superior da PL visita Timbaúba;
- Timbaúba Futebol Clube, outros domingos virão;
- Aluno da Faculdade de Direito de Timbaúba faz defesa em cordel;
- Marcos Antônio, um exemplo da dimensão da missão da Ossam;
- Baile dos Casais, a mais bela festa de 2013.

*****

SESSÃO NOSTALGIA - HOJE TEM JAKELYNE EM MOSCOU

Daslan Melo Lima

      

          A imagem acima, postada na página do Facebook do Roberto Macêdo na manhã deste sábado, acrescida do seu comentário “Que hoje o Brasil inteiro vibre com a repetição de uma manchete como essa! Parabéns e boa sorte Miss Brasil, Jakeline Oliveira”, serviu-me de inspiração para compor o texto a seguir, divulgado na minha página no Facebook, ilustrado com duas fotos da nossa Miss Brasil 2013.



HOJE TEM JAKELYNE EM MOSCOU - A final do concurso Miss Universo 2013 acontece nesta tarde de sábado, em Moscou, Rússia. O evento será transmitido ao vivo pela TNT, a partir das 16 horas (horário brasileiro de verão) e retransmitido pela BAND às 22h15min. ***** Sou de uma geração que teve o privilégio de ver o Brasil parar em época de concursos de Misses, quando o interesse da midia pelo assunto era idêntico ao do que hoje é pela Copa do Mundo. Uma pena que alguns grandes veículos de comunicação do país ignorem a existência de milhares de pessoas que se interessam pelo assunto. ***** Lembro-me daquele abençoado 13/07/1968, quando o Jornal do Commercio, do Recife, postou esta frase em manchete: HOJE TEM MARTHA EM MIAMI, falando do orgulho nacional em ter no certame de Miss Universo 1968 a baiana Martha Vasconcellos, que tinha tudo para vingar a derrota de sua xará conterrânea Martha Rocha no Miss Universo de 1954. Martha Vasconcellos tornou-se Miss Universo, a exemplo das gaúchas Yolanda Pereira, em 1930, e de Ieda Maria Vargas, em 1963. ***** O menino que fui vai estar atendo hoje à tarde a todos os detalhes, torcendo por Jakelyne Oliveira, Miss Mato Grosso, Miss Brasil 2013, pois ele é apaixonado por Misses. E como paixões são paixões, simplesmente paixões, não me cobrem explicações, rsrsrsrsrs... **** Daslan Melo Lima.

----------
     Com base nas imagens dos sites especializados, além de Jakelyne de Oliveira Silva, nossa Miss Brasil, minhas favoritas ao Top 5 do Miss Universo 2013, por ordem alfabética dos países que representavam, eram estas:


Miss Equador, Constanza María Báez Jalil
----------
Miss Grã-Bretanha, Amy Louise Willerton
---------


Miss Israel, Yitiyish Aynaw
----------
Miss Polônia, Paulina Krupińskad


       Tive a satisfação de ver duas delas no Top 5:  Miss Brasil, quinto lugar, e Miss Equador, terceira colocada. Miss Grã-Bretanha foi Top 10 e Miss Israel não obteve classificação. Vibrei a cada vez que a Miss Brasil avançava e ao ser anunciado o Top 5 pensei que o título ficaria entre Brasil e Espanha. 

TOP 5 - Da esquerda para a direita: Miss Venezuela, María Gabriela de Jesús Isler Morales, primeiro lugar; Miss Filipinas, Ariella Hernandez Arida, quarta colocada; Miss Espanha, Patrícia Yurena Rodríguez Alonjo, segundo lugar; Miss Brasil, Jakelyne de Oliveira Silva, quinta colocada; e Miss Equador, Constanza María Báez Jalil, terceiro lugar. 
----------
Quando a venezuelana e a espanhola ficaram frente a frente, torci para que a vencedora fosse Miss Espanha, semifinalista no Miss Mundo 2008, mas venceu Gabriela Isler, a sétima Miss Venezuela a ganhar o tíitulo de Miss Universo.
----------

Patricia Rodríguez, Miss Espanha, vice-Miss Universo 2013
----------


Gabriela Isler, Miss Venezuela, Miss Universo 2013.

----------

        E lá se foi mais um concurso de Miss como tantos que já se foram. Em 1968 teve Martha em Miami e ela saiu vitoriosa. Hoje teve Jakelyne em Moscou e ela saiu com um honroso quinto lugar. Outros concursos virão e o menino que fui, com a graça de DEUS, haverá de estar atento a outros detalhes, outras misses, outros palcos, outras passarelas, pois ele é apaixonado por Misses. E como paixões são paixões, simplesmente paixões, não me cobrem explicações. 

*****

domingo, 3 de novembro de 2013

TIMBAÚBA FUTEBOL CLUBE, OUTROS DOMINGOS VIRÃO


Domingo com final melancólico em Timbaúba. O Timbaúba Futebol Clube não conseguiu alcançar um lugar na elite do Campeonato Pernambucano da Série A, mas outros domingos virão até o sonho virar realidade. Djalma Almeida, comentarista esportivo, poeta cordelista e estudante de Direito da Faculdade de Timbaúba, deu o seguinte depoimento à PASSARELA CULTURAL:  

       O Timbaúba fez uma campanha excelente. A diretoria, a comissão técnica e os atletas fizeram tudo o que deveriam fazer, e o que não foi feito hoje foi porque não foi possível. Embora revendo várias vezes o vídeo que eu mesmo gravei atrás do gol do Vitória, eu me convença que realmente o zagueiro evita o gol timbaubense com a mão, mesmo que tenha havido a falha na saída de bola que gerou o gol adversário, não há a quem culpar. 
      O Timbaúba enfrentou um time muito bem armado na defesa. De tal forma que os nossos meias e atacantes não conseguiam sequer limpar um lance que possibilitasse um arremate de fora da área, tal era a eficiência da cobertura feita pelo Vitória. A equipe timbaubense precisava mais do que nunca das famosas cobranças de falta de Djalma, e este pelo menos em duas levou grande perigo ao arqueiro adversário.
      Mas talvez não merecemos ainda estar na primeira divisão do futebol pernambucano. A torcida, apesar de comparecer em bom número, demonstrou não estar ainda educada para um certame profissional. Durante a partida jogaram garrafas de água mineral no goleiro do Vitória, e após levarmos o gol, choveu até latas de cerveja e várias outras garrafas. O resultado disso todos já estão carecas de saber, provavelmente será a perda do mando de campo. E quem vendeu a cerveja e água mineral sem respeitar a norma que é colocar em um copo plástico, com certeza hoje está lamentando não poder vender seus produtos em jogos maiores no próximo ano.
      Assim enquanto não houver uma consciência coletiva para apoiar o Timbaúba de todas as formas e em qualquer situação, como fez a torcida do Santa Cruz, não mereceremos o acesso e a bola continuará a punir o nosso futebol. O Timbaúba deveria ter sido aplaudido de pé no final da partida, pois foi de pé que caiu.

*****

sábado, 2 de novembro de 2013

É NOVEMBRO OUTRA VEZ

Daslan Melo Lima

     
       O Dia de Finados em Timbaúba amanheceu cinza e chuvoso, um clima melancólico que contribui para disseminar ao redor as recordações de tantos entes queridos que DEUS convocou para outras missões em outras dimensões. 
      A maior lição de conforto para minh’alma vem do meu pé de acácias amarelas. Porque é novembro, todas as folhas estão caindo. Logo mais, a minha árvore de ouro estará totalmente despida, mas em compensação o amarelo-esperança de suas flores dominará a paisagem. Quando alguém imagina que ele está morto, engana-se, meu pé de acácias amarelas apenas se retrai para novamente desabrochar com generosidade. 
        É novembro outra vez. 
        Amém! 
        Assim seja!

______
Timbaúba, PE, 02/11/2013.

DE TIMBAÚBA PARA O MUNDO - OS 91 ANOS DA BANDA 1º DE NOVEMBRO

OS 91 ANOS DA BANDA 1º DE NOVEMBRO 

A Banda 1º de Novembro celebrou 91 anos de fundação na sexta-feira, Dia de Todos os Santos. 
A data foi comemorada na sede da Sociedade de Cultura e Musical 1º de Novembro, no bairro de Timbaubinha, ocasião onde a tradicional Pé de Cará, sob a regência do maestro Jean José, executou um repertório aplaudidíssimo. 
Edjane e Carmen, avós de Pedro, filho de Jorge Melo e Karol Nascimento.  O pai é músico e concorda que quanto mais cedo estimular as crianças para o belo, melhor.
Alunos  da Escolinha de Música Amaro Jorge, sob a regência do maestro Jean José, executaram "A Banda", de Chico Buarque de Holanda. Se depender destes garotos, a banda nunca deixará de cantar coisas de amor. 
Depois do concerto, uma pose exclusiva dos aprovados no vestibular para o curso de Licenciatura em Música pela Faculdade Claretiano de Alagoas. Da esquerda para a direita: Mauricio Rodrigues, Fábio Paz, Flávio Ferreira e Jean José.  Os anos de estudos que os esperam irão apenas aperfeiçoar o dom que DEUS lhes deu. 
A veha escultura em barro de Santa Cecília foi restaurada e ganhou um espaço especial na sede da 1º de Novembro.
----------
HINO DA BANDA MUSICAL 1º DE NOVEMBRO, música de Diógenes Soares e letra de Simplício Ferreira.
Companheiros na grande jornada / Desta vida de luta e de glória, / Não devemos temer na cruzada, / Para os louros  colher da vitória. 
/// 
(Refrão): Que este canto de doce ternura / Seja o hino de amor destes céus / E possua a harmonia e a doçura / Das orquestras regidas por Deus. 
/// 
Exaltemos nos mestres famosos / A beleza imortal e a magia / Dos poemas, dos sons gloriosos, / Na conquista maior da harmonia
/// 
Companheiros se nesta jornada / Sucumbirmos um dia afinal / deixaremos na santa cruzada / O exemplo melhor de um ideal.
*****

MEMÓRIA TIMBAUBENSE


Timbaúba, 1973 - Com o violão, Careca, apesar da imensa cabeleira. Ao seu lado, Paulo do Baixo e Ligeirinho
*****
PASSARELA CULTURAL pergunta: 
1 - Quais os seus nomes completos?
2 -  Por onde andam? 
3 - O que fazerm? 
***** 
Contatos: : daslan@terra.com.br ***** 
Foto: Acervo/Josafá de Freitas. 
*****