a *****

SEJA BEM-VINDO ! SEJA BEM-VINDA! VOCÊ ESTÁ EM PASSARELA CULTURAL, a sua revista on-line semanal, fundada em 02/07/2004. ***** Esta é a edição nº 649, referente ao período de 11 a 17 de dezembro de 2017. ***** Grato por sua atenção.

domingo, 10 de fevereiro de 2008

SESSÃO NOSTALGIA - MISS PERNAMBUCO 1987

Margarida Brasileiro
Miss Pernambuco 1987
          
          A imprensa pouco falou no concurso Miss Pernambuco 1987. Muita gente se surpreendeu quando João Alberto, na sua coluna do Diário de Pernambuco de 14 de março de 1987, comentou que a TV ia levar ao ar o concurso e que a nova Miss PE já tinha sido eleita. A nota dizia assim:


A jovem Margarida Brasileiro é a nova Miss Pernambuco 87, escolhida no programa “Carmen Peixoto Especial”, que irá ao ar neste sábado, a partir das 12:15 horas.
O jurado que escolheu a beleza máxima pernambucana, que foi presidido por Alberto Lopes, diretor da TV Tropical, contou também com a participação do figurinista Paulo Carvalho, da pintora Sylvia Pontual, do empresário Assis Farinha, do pintor Josael de Oliveira, da primeira dama de Caruaru, Carminha Oliveira e da universitária Raquel Andrade.
Margarida, agora, se prepara para o Miss Brasil, que se realizará no dia quatro de abril, no centro de Convenções do Anhembi, em São Paulo.


          Margarida Brasileiro, 18 anos, manequim e modelo fotográfico, tinha sido eleita Rainha do Baile Municipal no ano anterior. Meg, como era chamada na intimidade, pertencia ao quadro de modelos e manequins da Ele & Ela Modas, tradicional loja de vestuário do Recife. Morava no bairro de Piedade e adorava uma praia. Margarida Brasileiro não se classificou entre as semifinalistas do Miss Brasil e chorou copiosamente por causa disso. Enquanto ela chorava, todo o Brasil , através das imagens do SBT, assitia o seu pranto , uma vez que ela foi bastante focalizada quando chorava. O seu vestido de gala foi uma criação do saudoso Marcílio Campos e ganhou o troféu de o mais belo vestido do concurso. Diante das câmaras, o apresentador Silvio Santos disse que no exterior Meg seria apontada como a Sônia Braga brasileira, devido à semelhança com aquela famosa atriz do cinema e da televisão.

          A segunda colocada no Miss PE 1987 foi Jaíra Rodrigues, Miss Caruaru, 22 anos, estudante de História da Faculdade de Filosofia de Caruaru. Em 1983, Jaíra tinha sido eleita “ A Mais Bela Estudante de Caruaru “ e três anos depois foi escolhida Miss Itaú Caruaru, Miss Itaú Pernambuco e ficou entre as sete finalistas do Miss Itaú Brasil, realizado no Ilha Porchat Club, em São Paulo.
          A terceira colocada no Miss PE 1987 foi Tereza Catarina Santos Coelho, 20 anos, representante do jornal The New Look. Tereza Catarina desfilava para uma das mais conhecidas lojas de moda da Galeria Vila Real, no bairro de Boa Viagem, a Jane Boutique, da lojista Jane Negromonte , e foi indicada pela jornalista Socorro Carrilho, redatora do referido jornal.

          Testemunhei as lágrimas de Meg Brasileiro no ano seguinte, no Clube Internacional do Recife, quando ela se despedia do seu título para passar faixa , coroa e manto para a belíssima negra Ana Maria Guimarães, Miss Pernambuco 1988. Em seu discurso de despedida, Meg afirmou que as pessoas tinham se esquecido dela no ano em que foi Miss. Voltei a rever Meg no ano seguinte, quando ela esteve em Timbaúba para um desfile de modas da Tok Especial, realizado na AABB, ocasião onde ganhei dela um beijo e um autógrafo. 

          Gostaria que ela tomasse conhecimento desta Sessão Nostalgia e derramasse lágrimas de alegria por saber que, 21 anos depois, seu nome não foi esquecido.

*****

Crédito da foto : Revista MODA VIVA,Ano 3,nº 05,1987.

4 comentários:

Instituto disse...

Nos bastidores do Miss PE 87 houve um tumulto iniciado por uma das misses inconformada com o fato de Assis Farinha e a primeira dama de Caruaru estarem na Comissão. Meg desfilava para a loja Ele & Ela de Assis Farinha e Jaira era a Miss Caruaru. Tereza Catarina desfilou com conjuntivite, vestia um vestido prateado da Visage (Corta Jaca), de Edinir Maia Gondim, era a favorita, mas ficou em terceiro lugar. No ano seguinte, concorreu novamente, mas ficou somente entre as 10 finalistas. Na segunda vez que Tereza Catarina concorreu,no Internacional, vestiu um dos mais belos vestidos de Ricardo de Castro, hoje no acervo do transformista Brisa, um furtacor branco, inspirado nas atrizes de cinema, com uma cauda. Nesse ano de 1988, a atual artista plástica,psicóloga e jornalista Valerie la Verne representou o Sport e ficou em terceiro lugar. A vencedora do Miss PE 1988, uma candidata afro descendente, no centenário da abolição,fez pela primeira vez uma negra ganhar o certame do Miss PE. Jane Boutique alguns anos depois fechou sua loja, deixando saudades na clientela. Carmem Peixoto quando encerrou o programa disse do Miss PE disse "foi um pouco tumultuado" pois houveram vaias (cortadas na edição), no estúdio, quando Meg ganhou. Apesar da favorita do Miss PE 87 ser Teresa Catarina, Meg representou brilhantemente nosso estado.

Tania Mara disse...

Por onda Meg Brasileiro,pois sou amiga dela a muitos anos do Paraná, e gostaria de ter noticias...
Tania Mara

DASLAN MELO LIMA disse...

Recado para Tania Mara: a informação que me deram há três anos é a de que Meg Brasileiro mora em Campinas-SP, onde é feliz ao lado do esposo e do casal de filhos.

Ronaldo Oliveira disse...

Gostaria de ver fotos das candidatas ao título de miss Pernambuco 87