a *****

SEJA BEM-VINDO ! SEJA BEM-VINDA! VOCÊ ESTÁ EM PASSARELA CULTURAL, a sua revista on-line semanal, fundada em 02/07/2004. ***** Esta é a edição nº 633, referente ao período de 20 a 26 de agosto de 2017. ***** Editor: Daslan Melo Lima ***** Timbaúba, Pernambuco, Brasil ***** Telefone: (81) 9.9612-0904 (Tim). ***** WhatsApp: +55 81 9.9612.0904 ***** E-mail: daslan@terra.com.br

sábado, 5 de fevereiro de 2011

SESSÃO NOSTALGIA - MARIA EUTHYMIA, MISS BAHIA 1959, A MAIS PERNAMBUCANA DAS BAIANAS


Daslan Melo Lima

 Maria Euthymia Manso Dias, Miss Bahia 1959. (Foto: Revista O Cruzeiro, 04/07/1959)
     “Ainda estou surpresa com a minha escolha para terceira colocada. Que bom, meu Deus!”. Segundo a revista Manchete, de 11/07/1959, essa foi a feliz expressão de Maria Euthymia Manso Dias, Miss Bahia, muito satisfeita com o terceiro lugar conquistado no concurso Miss Brasil 1959, realizado no Maracanãzinho, Rio de Janeiro, na noite de 20/06/1959. 
 
Maria Euthymia em 20/06/1959, na passarela do Maracanãzinho, na noite do concurso Miss Brasil 1959. ( Foto: O Cruzeiro, 04/07/1959)
 
As três finalistas do Miss Brasil 1959 na capa da revista O Cruzeiro: Maria Euthymia Manso Dias, Miss Bahia, terceiro lugar; Vera Regina Ribeiro, Miss Distrito Federal, primeiro; e Dione de Oliveira, Miss Pernambuco, segundo lugar. As demais finalistas foram Teresinha Rodrigues, Miss São Paulo, quarto lugar, e Vânia Beatriz Diniz Gotlib, Miss Minas Gerais, quinto lugar.
      
     Maria Euthymia fez parte da comitiva que acompanhou a  pernambucana Dione Oliveira,  vice-Miss Brasil 1959 e representante do Brasil no Miss Mundo,  no seu retorno a Caruaru, desfilando em  carro aberto pelas ruas principais da terra do Mestre Vitalino. Naquele ano, em 08 de dezembro, na Igreja de Nossa Senhora de Nazaré, em Salvador-BA, Maria Euthymia casou com o empresário Tácito Pimentel. Radicada há muitos anos em Pernambuco, onde reside na Praia de Piedade, Jaboatão dos Guararapes, região metropolitana do Recife, Maria Euthymia Manso Pimentel, ou simplesmente Maria Euthymia Pimentel,  é uma das senhoras mais elegantes e queridas da sociedade pernambucana.
Maria Euthymia e o esposo Tácito Pimentel em abril de 1990, na Capela dos Montes Guararapes, em Prazeres, Jaboatão dos Guararapes-PE, no casamento do seu filho Tácito Pimentel Júnior com Mary Ann Carneiro da Cunha Hennessey. (Foto: Coluna de João Alberto, Diario de Pernambuco, 12/04/1990)
 
Maria Euthymia Pimentel em 10/07/1995, na passarela do Mar Hotel, no Recife, usando o mesmo vestido com o qual desfilou no Maracanãzinho na noite de 20/06/1959. A foto foi feita na tarde beneficente intitulada No Tempo das Passarelas. (Imagem: Coluna de Alex, Jornal do Commercio-Recife, 24/07/1995)
 
Maria Euthymia Pimentel na tarde que teve o nome de No Tempo das Passarelas. Da esquerda para a direita: Zilene de Sá Torres, Miss Pernambuco 1977; Maria Euthymia , Miss Bahia 1959; Ana Lúcia Caldas de Souza,  Miss Pernambuco 1980; e  Simone Valença Duque, Miss Pernambuco 1982.  A renda do evento, organizado por Fernando Machado, Muciolo Ferreira e Odenilda Souza, foi destinada para os aidéticos do Hospital Oswaldo Cruz e teve o patrocínio da Associação Amigos da Esperança. (Foto: Fernando Machado)
Maria Euthymia Pimentel (de roupa estampada), em 23/07/2010, no Restaurante Almoxarifado, Clube Internacional do Recife, no aniversário da artista plástica Anete Cunha. As demais damas da sociedade pernambucana são, da esquerda para a direita: Herlanda Cavalcanti, Anete Cunha, Lúcia Cunha, Elisa Castro e  Isis Santini. (fernandomachado.blog.br, 26/07/2010)
Maria Euthymia Pimentel (Imagem: fernandomachado.blog.br)
     Todas as vezes que vejo fotos da senhora Maria Euthymia Pimentel nas colunas sociais, transmitindo elegância, classe e categoria, lembro-me de uma pequena entrevista  sua publicada na revista  O Cruzeiro: “De Salvador prefere o Senhor do Bonfim...  Esta professorinha adora efó, xinxim de galinha....  
     Não tenho dúvida que  a Miss Bahia 1959, nascida em um 27 de junho, jamais esqueceu suas origens,  e que o Senhor do Bonfim está sempre ao seu lado. Mas depois de tanto tempo morando em Pernambuco, Maria Euthymia Pimentel  também prefere Nossa Senhora do Carmo,  padroeira do Recife, e adora bolo Souza Leão e as tapiocas de Olinda. 
*****

4 comentários:

Anônimo disse...

Continua linda.gostei de ver Miss PE 1980.Está , até, mais bonita.Naquele ano 80 MRJ,SP,PE,MG estavam no páreo.A pernambucana:o melhor corpo.RJ eSP iguais.Venceu, talvez a experiência de palco de Eveline.Abraços, Japão

DASLAN MELO LIMA disse...

Comentário de Muciolo Ferreira, jornalista, Recife-PE, via e-mail.
>>>>>>>>>>

Uma bela lembrança da Sessão Nostalgia à mais pernambucana de todas as misses baianas, Maria Euthymia Pimentel, Miss Bahia 1959.

Ela esteve soberba, elegantérrima, tanto na noite em que foi consagrada como a terceira mulher mais linda do Brasil, como muitos anos depois, na passarela do Mar Hotel, contribuindo com uma causa tão nobre.

Parabéns, Daslan, por homenagear Maria Euthymia e por ter citado o meu nome entre os promotores da tarde beneficente, juntamente com meu amigo Fernando Machado e a Relações Públicas, Odenilda Souza.

Um grande e fraterno abraço semanal em todos os seus leitores,

Muciolo Ferreira
>>>>>>>>>>

Edson disse...

Gostei tbm de ver a miss Pernambuco 80, naquele ano outra nordestina fez parte do Top 10: a miss Sergipe. Compuseram o Top 10 também as misses do Pará, Goiás e M. Gerais. A miss Esp. Santo, Shirley Ziquer, era bela, mas nao se classificou. Venceu a loura de beleza alemã Eveline Schoroeder que representou o Estado do Rio, seguida por São Paulo, Brasília, R. G. do Sul (o mais belo rosto,) e em quinto a miss Mato Grosso. Lembro que no show de intervalo Fafá de Belem cantou para o publico do Ginasio Pres. Médici. Valeu, tanta nostalgia!

Anônimo disse...

Dalan parabéns pela lembrança da Miss Bahia 1959 Maria Euthymia, uma das mais belas e que melhor se destacaram no concurso de Miss Brasil em todos os tempos. Sei que ela está feliz em Pernambuco. Mas saiba que aqui mesmo na Bahia tem seus admiradores fiéis. Receba você também nosso carinho a todas as misses do passado.
MARCIO LANDIN