a *****

SEJA BEM-VINDO ! SEJA BEM-VINDA! VOCÊ ESTÁ EM PASSARELA CULTURAL, a sua revista on-line semanal, fundada em 02/07/2004. ***** Esta é a edição nº 624, referente ao período de 18 a 24 de junho de 2017. ***** Editor: Daslan Melo Lima ***** Timbaúba, Pernambuco, Brasil ***** Telefones: (81) 99612.0904 (Tim) e (81) 99277.3630 (Claro) ***** WhatsApp: +55 81 99612.0904 ***** E-mail: daslan@terra.com.br

sábado, 18 de agosto de 2012

DE TIMBAÚBA PARA O MUNDO - Ivana e José Ivanildo Cavalcanti de Morais. belos bravos brasileiros

IVANA E JOSÉ IVANILDO CAVALCANTI DE MORAIS, BELOS BRAVOS BRASILEIROS

          A tradicional família Cavalcanti de Morais, de expressiva atuação no contexto sociocultural e econômico das cidades de Timbaúba e Macaparana, sofreu neste mês de agosto, o mês que, infelizmente, rima com desgosto, duas grandes perdas: as mortes de Ivana Cavalcanti de Morais, no dia 07, e do seu pai José Ivanildo Cavalcanti de Morais, o Zé Ivanildo, no dia 08.


      

     José Ivanildo Cavalcanti de Morais nasceu no dia 19/01/1930, no Engenho Trás os Montes, em Timbaúba. Foi educado no Colégio Timbaubense e no Colégio Nóbrega, no Recife. Com seu espírito empreendedor, foi agropecuarista, usineiro, dono de siderúrgica e diretor do Grupo Miriri. Casou com Terezinha de Jesus, o grande amor da sua vida, que lhe deu uma dezena de frutos, seis filhas e quatro filhos. O bem sucedido homem de negócios não perdeu de vista o olhar para as coisas espirituais, tanto que o hino religioso Treze de Maio era uma das suas músicas preferidas. 

A treze de maio na cova da íria / No céu aparece a Virgem Maria /Ave, Ave, Ave Maria! / Ave, Ave, Ave Maria! / (...) / A mãe vem pedir constante oração / Pois só de Jesus vem a salvação/ Ave, Ave, Ave Maria! / Ave, Ave, Ave Maria!

     Ivana Cavalcanti de Morais nasceu no Recife, em 28/03/1966. Foi aluna da Escola Santa Maria , em Timbaúba, e do Colégio Salesiano, na capital. Formou-se em Agronomia pela Universidade Federal de Pernambuco, em 1989, e fez pós-graduação de três anos na Austrália. Bela e sensível, Ivana enveredou pelas artes plásticas e pela poesia. O poema Amar é um legado que retrata um pouco da sua personalidade.  

Não tenho medo de amar, / Mas pânico de ser / Amada, / Confundida, / Solicitada. / Cobrada, / Invadida, / Idealizada, / Responsabilizada / Por aquilo que se deixou cativar. /// A dependência assusta / Bilateralmente. /// Amo a maravilhosa sensação / De que ninguém depende de mim / para viver. /// Ninguém depende do meu amor, / de minha atenção / Mas usufrui plenamente / Sempre que / Possível. 

      Outro poema seu, Belos bravos brasileiros, diz: 
“Vivi, vivi e aí compreendi / Que a vida vivida / Tem que ser decidida. /// Idade, tempo, lentidão, /Beleza contando história / História  revelando ação. /// Velho, jovem, ancião, / Todos juntos formando a Nação. /// Beleza rara este tal camarada, / Cabra da peste / Jangada, caneta, serra, enxada / Belos; são homens guerreiros / aventureiros / Bravos; Bravos homens brasileiros. /// Peão, pescador, boiadeiro, usineiro, / Serralheiro, / Todos  / Formando o povo brasileiro." 


 O corpo de Ivana foi cremado e as cinzas jogadas no mar de Pontas de Pedra. 
O corpo de Ivanildo foi sepultado em Macaparana. 


      Belos bravos brasileiros, o título do poema de Ivana,  terminou sendo a melhor definição que encontrei para dar título a esta crônica. 
     O vento que sopra entre os canaviais neste mês de agosto concorda com a terra (túmulo de Zé Ivanildo)  e com o mar (túmulo de Ivana): ele e ela foram belos bravos brasileiros.

*****
O MINISTRO E O TIMBAUBENSE, ENCONTRO EM OLINDA
Em visita ao nordeste brasileiro, Celso Amorim, Ministro da Defesa, um dos homens mais cultos do Brasil, visitou o Seminário de Olinda. Ao seu lado, como cicerone do momento, Paulo Dutra de Morais, um timbaubense também culto, advogado e estudante de Teologia do Seminário.  Paulo é filho de Jailton e  Maria do Rosário Dutra (Professora Zarinha).A viagem de Celso Amorim não teve caráter oficial, uma vez que ele estava de férias.Nos diálogos, apesar do clima eleitoreiro que estamos vivendo atualmente, nada de política-partidária, apenas cultura, na melhor acepção da palavra 


O Seminário de Olinda é composto de edificações centenárias, constituindo-se da Capela Nossa Senhora da Graça, Instituto Filosófico-teológico e a residência seminarística. O Instituto Filosófico-teologico atual é o antigo Colégio Real de Olinda, fundado pelos padres jesuítas, a fim de catequizar e educar os índios e posteriormente as famílias nobres de Olinda e Região. (Fotos: Arquivo Pessoal e  flickriver.com).
*****
ROTEIRO POÉTICO DE TIMBAÚBA
A tarde de agosto morre na Ladeira dos Borge (não seria Ladeira dos Borges?). O que importa é mergulhar na beleza da tarde de agosto que morre na Ladeira dos Borges ou na Ladeira dos Borge.

*****
MEMÓRIA TIMBAUBENSE

Jogos Colegiais de 1966 - Quadra do CENEC – Josafá de Freitas, Artur Ferreira, Lusiwalter, Lusivan, Nélson, Luiz Henrique (Lula), Renato (interno do timbaubense) João Hélio, Dilson (professor), João Arruda, Ivan, Gonzaga,  João Mário e José Mário Guerra. Um documento de um tempo que se foi, para sempre se foi, quando eles nem se davam conta de que eram parte de uma década que mudou a face do planeta Terra. (Foto: Acervo de Josafá de Freitas)

*****

Um comentário:

LUNA FORJAT cutelaria disse...

Passado o tempo, mas nunca tarde demais para prestar minha homenagem, pois somente hoje (16/09/2015) que encontrei esta notícia, daqui do sul de nosso país, em Curitiba para ser mais exato.
Conheci à ambos, assim como as demais irmãs e seu fiel escudeiro "Garoto" de João Pessoa, conheci-os no interior da Bahia, Barreiras, fomos vizinhos de terra, casa de Zé Ivanildo vivia cheia, as meninas eram pequenas, lá com meus Pais e irmão fomos po diversas vezes.
Anos mais tarde qdo já casado, lá pelos anos 92, em passagem por Recife, o Zé não me deixou partir enquanto não ficasse hospedado em sua casa (na verdade apartamento de uma das filhas).
Pessoa de visão reta, clara e justa, conheci o Engenho em Timbaúba, sua filha, e seu marido.
Deixo aqui estas poucas palavras para com quem meu Pai tinha um grande respeito, quem sabe agora em outro plano eles consigam conversar com calma e jogar uma partidas de teteleco .....