a *****

SEJA BEM-VINDO ! SEJA BEM-VINDA! VOCÊ ESTÁ EM PASSARELA CULTURAL, a sua revista on-line semanal, fundada em 02/07/2004. ***** Esta é a edição nº 638, referente ao período de 24 a 30 de setembro de 2017. ***** Editor: Daslan Melo Lima ***** Timbaúba, Pernambuco, Brasil ***** Telefone: (81) 9.9612-0904 (Tim). ***** WhatsApp: +55 81 9.9612.0904 ***** E-mail: daslan@terra.com.br

sábado, 15 de março de 2014

SESSÃO NOSTALGIA - ANA LÚCIA CALDAS DE SOUZA, MISS PERNAMBUCO 1980: “SER MISS É COMO VIVER UM CONTO DE FADAS”

Por Daslan Melo Lima


      Uma morena chamada Ana Lúcia Caldas de Souza, nascida no Recife, em 25/05/1962, filha de Fernando Neves de Souza e Maria Lúcia Caldas de Souza, irmã de Mônica, Fernanda e Maria Claudia, foi eleita Miss Pernambuco 1980, representando o Clube Internacional do Recife. Divorciada, mãe de Anne Elizabeth e Luciana, e avó de Thiago, Maria Letícia e Gabriel, Ana Lúcia Caldas de Souza hoje é paisagista e mora em Candeias, Jaboatão dos Guararapes, PE.
        Eu estava naquela noite de 31 de maio de 1980, no Clube Português do Recife, palco da festa que elegeu a Miss Pernambuco 1980.  O evento contou com a participação de trinta jovens e teve como atrações musicais os cantores Ronnie Von e Elba Ramalho. Eu estava lá, sem imaginar que trinta e quatro anos depois haveria esta coisa fantástica chamada Internet, que eu seria editor de um blog, e que a vencedora me concederia esta entrevista exclusiva, ilustrada com imagens do seu acervo.

O TOP 3 DO MISS PE 1980 - Maria Eimar da Conceição, Miss BNB Clube, segundo lugar; Ana Lúcia Caldas de Souza, Miss Clube Internacional do Recife, primeiro; e Silvana Maria Ferreira Gomes, Miss Sport Club do Recife, terceiro lugar.  

Ginásio Presidente Médici, Brasília, Distrito Federal, 07/06/1980 - Eveline Schröeter, Miss Rio de Janeiro, eleita Miss Brasil, e três das cinco semifinalistas, Ana Lúcia Caldas de Souza, Miss Pernambuco; Sheyla Maria Chady, Miss Pará; e Mônica Tanus Paixão, Miss Minas Gerais. ***** Imagem: revista Fatos & Fotos.
  ______

PASSARELA CULTURAL - Quem você considerava a mais forte candidata ao título de Miss Pernambuco 1980?
ANA LÚCIA CALDAS DE SOUZA - Maria Izamiris Albuquerque, representante da cidade de Bonito, quarta colocada.
---------------------
PC - Quem você considerava a mais forte candidata ao título de Miss Brasil 1980?
ALCS - Loiane Rogéria Aiache, Miss Brasília, terceira colocada.
--------------------
PC – Você sentiu alguma forma de preconceito por ser uma concorrente do nordeste?
ALCSPor parte das minhas colegas de concurso e do público de Brasília, não senti nenhuma forma de preconceito, mas não posso dizer o mesmo da coordenação. Eu fui a segunda colocada. Isso foi dito por uma fonte confiável e confirmado depois pelos membros da comissão julgadora, mas o envelope com a decisão do júri foi trocado, não era o mesmo que estava nas mãos do apresentador Paulo Max.
--------------------
PC - Você tem contato com alguma ex-colega de passarela?
ALCS – Sim. Depois do concurso, eu e Loiane Aiache ficamos muito amigas, tenho um carinho muito grande por ela e estamos sempre nos falando. A outra é Márcia Meneses Mello, Miss Sergipe. Também sou amiga das minhas duas antecessoras, Ângela Agra Galvão, Miss PE 1978, e Anne Elizabeth Brasileiro, Miss PE 1979. Ângela Agra sempre foi minha inspiração para disputar o concurso, sempre admirei sua beleza e sempre que podemos estamos juntas. O nome da minha filha mais velha foi uma homenagem a Anne Elizabeth. Tenho muita admiração por ela, nossa amizade vai além do tempo e da distância.
--------------------
PC - Você acompanha os noticiários sobre os atuais concursos de Misses?
ALCS - Antes sim, agora não.
--------------------
PC - Qual a maior experiência de ter participado do concurso?
ALCS - A experiência do novo.  Eu era muito nova e muito tímida. Com o concurso fiquei mais comunicativa. O título me trouxe grandes emoções, muito aprendizado, inúmeras alegrias e maravilhosas amizades, além de proporcionar muitas viagens, acrescentando com isso mais cultura e experiência de vida. Ser miss é como viver um conto de fadas.
--------------------
PC - O que mudou em sua vida depois do título de Miss?
ALCS - Durante o período de 1980 a 1983, recebi vários convites para fotos em revistas; festas importantes,  como as da Ilha Porchat, em Santos, Hotel Copacabana Palace, no Rio; convite   para sair de destaque na Escola de Samba Beija Flor e muitos outros. Pude também disputar  vários títulos internacionais e ganhar alguns. Enfim, uma experiência única. E o mais importante de todas as experiências: saber que a beleza tem que ser total, corpo e alma. Uma mulher bonita não é aquela de quem se elogiam as pernas ou os braços, mas aquela cuja inteira aparência é de tal beleza que não deixa possibilidades para admirar as partes isoladas.
-------------------
PC - Você incentivaria uma neta ou outra garota da família para participar de um concurso de Miss?
ALCS - Se elas tivessem esse propósito, daria força, sim. Sinceramente, não gosto quando escuto algumas misses revelando que preferem esquecer que foram misses. Acho um pouco de hipocrisia, afinal, quando eram misses, adoraram ser admiradas, fotografadas, paparicadas e tal... E depois que passa o tempo, detestam?
-------------------
PC - Seus pais incentivaram você a ser Miss?
ALCS - Não, meu pai foi contra, mas depois liderou minha torcida e levou muitas pessoas para torcer por mim no Miss Brasil.  Já minha mãe me apoiou em tudo, foi minha companheira e amiga, acompanhando-me sempre a todos os eventos.
--------------------
PC - Quem são suas misses inesquecíveis?
ALCSPor ordem em que foram eleitas: Ieda Maria Vargas, Miss Brasil e Universo 1963; Martha Vasconcellos, Miss Brasil e Miss Universo 1968; Ângela Agra, Miss PE 1978; Anne Elizabeth, Miss PE 1979; e Loiane Aiache, Miss Brasília 1980. 
------------------
PC - Um motivo de arrependimento.
ALCS - Não tenho arrependimentos, pois todos os meus erros me serviram como crescimento.
--------------------
PC - Um motivo de orgulho.
ALCS - Minhas filhas, meus netos e minha família. 
------------------
PC - Em sua opinião, qual o diferencial, ou seja, qual a mudança maior nos concursos de Misses de 1980 para 2014?
ALCS - Hoje o que vejo e me deixa um pouco triste é que as meninas não querem ser misses, querem ser modelos. Ser miss para mim é bem diferente de ser modelo. Não sou a favor de candidatas com "cara de boneca fabricada em série”, com intervenções plásticas em excesso e silicone. A verdadeira beleza está na naturalidade do belo.

PING-PONG COM ANA LÚCIA CALDAS DE SOUZA

Comida preferida: Salmão com alcaparras e camarão de todas as maneiras. ***** Bebida: Vinho prosecco italiano e uma cervejinha bem gelada na praia. ***** Sobremesa: Delicia de abacaxi e torta de limão. ***** Cor: Branco e amarelo. **** Hobby: Plantas ***** Esporte: Caminhadas e Yoga. **** Clube esportivo: Clube Náutico Capibaribe. **** Um jogador de futebol: Kaká, como exemplo de comportamento.  ***** Um programa de TV: Encontro, com Fátima Bernardes; Globo Repórter; e Bem Estar, entre outros.   ***** Uma canção: Muito difícil escolher uma única música, pois a música é como trilha sonora na minha vida, mas vou escolher duas que adoro, She (Charles Aznavour) e Let me try again (Frank Sinatra). ***** Um frevo: O Hino do Elefante de Olinda, de Clídio Nigro e Clóvis Vieira. “Ao som dos clarins de momo, / o povo aclama com todo ardor. / O elefante exaltando as suas tradições   / e também seu esplendor. /// Olinda, este meu canto / foi inspirado em teu louvor. / Entre confetes, serpentinas, venho te oferecer / com alegria o meu amor. ///  Olinda! Quero cantar a ti esta canção. / Teus coqueirais, o teu sol, o teu mar / faz vibrar meu coração. / De amor a sonhar, minha Olinda sem igual / Salve o teu carnaval !”

Paisagista de muito talento, Ana Lúcia está de viagem marcada para a França. No próximo mês, em Paris, ela participará de um congresso internacional sobre sua atividade profissional. 

CantoresFrank Sinatra, Bryan Adams, Jason Mraz, Celine Dion, Paula Fernandes e Djavan. ***** Atores e atrizes: George Clooney, Richard Gere, Jennifer Aniston, Julia Roberts, Antonio Fagundes e Giovanna Antonelli. ***** Homem elegante: Frederik André, o príncipe da Dinamarca. ***** Mulher elegante: Maria Lúcia Caldas de Souza, minha mãe, principalmente no saber viver. ***** Homem bonito: George Clooney. ***** Mulher bonita: Giovanna Antonelli.   ***** Uma saudade: Meu neto Thiaguinho ****** Um ponto turístico de Pernambuco: Praia do Paiva, com suas piscinas naturais, em Jaboatão dos Guararapes, e o Marco Zero, no Recife Antigo. *****  Dia ou noite? Dia. ***** Samba ou frevo? Frevo. ***** O país dos seus sonhos: Grécia, com certeza. ***** Animal de estimação: Amo todos os animais, mas atualmente só tenho cachorros


Ana Lúcia durante viagem à Itália, nas fotos acima, e em Curitiba, abaixo.



Sonho de consumo: Viajar muito. Conheço nove países da Europa, oito da América do Sul e o Brasil inteiro. *****  ***** Se você fosse Presidente da República, o que faria para reverter o que desagrada a sociedade? É tão difícil falar sobre o que mudar no Brasil... Tantas coisas para mudar... Saúde, habitação, segurança, corrupção... Acho que teríamos que começar um novo Brasil. Mas a reforma no Código Penal seria o começo, com leis mais rígidas.   
        
ANA LÚCIA CALDAS DE SOUZA, 
UMA CHORONA ESPIRITUALISTA

Religião: Sou católica, pela minha vida de fé, e espiritualista, por essência. ***** Santos de devoção: Madre Vasconcelos, Santa Terezinha das Rosas, Santa Clara, São Bento e os anjos São Miguel, São Rafael e São Gabriel. ***** Superstição: Nenhuma. ***** Um filme: Nosso Lar, PS. I Love You, As Mães de Chico, Doce Novembro... *****  Um livro: Adoro ler. Entre os muitos bons livros que já li, escolho dois que me ajudaram a evoluir como pessoa: Ninguém é de Ninguém e Nada é por Acaso, ambos de Zibia Gasparetto. ***** Um escritor: Fernando Pessoa, Carlos Drummond de Andrade e Chico Xavier. ***** Livro de Cabeceira: Minutos de Sabedoria, de Carlos Torres Pastorino,  e O Evangelho Segundo o Espiritismo, de Allan Kardec. ***** Viver é... Uma bela oportunidade que Deus nos dá para sermos felizes. ***** Envelhecer é... Uma arte. Saber envelhecer é o mesmo que produzir uma obra de arte no dia a dia.  **** Morrer é... Apenas não ser visto. Morrer é a curva da estrada e não o final dela. ***** Uma frase: Chico Xavier tinha em cima da sua cama uma placa escrita “ISSO TAMBÉM PASSA” . Perguntaram a ele o porquê e ele disse que era para se lembrar que quando estivesse passando por momentos ruins, poder lembrar de que eles iriam embora e que ele teria que passar por aquilo por algum motivo. Mas essa placa também era para lembrá-lo que quando estivesse muito feliz, que não deixasse tudo para trás, porque esses momentos também iriam passar e momentos difíceis viriam de novo. E é exatamente disso do que a vida é feita: MOMENTOS! Momentos os quais temos que passar, sendo bons ou não, para o nosso próprio aprendizado, por algum motivo. Nunca me esqueço do mais importante: NADA É POR ACASO! Absolutamente nada. Por isso me preocupo em fazer a minha parte da melhor forma possível.  






Ana Lúcia gosta de se envolver em campanhas assistenciais, tais como fornecer alimentos para animais abandonados e sopas para moradores de ruas.





Personalidade: Madre Tereza de Calcutá. ***** O maior sonho da sua vida: O maior sonho da minha vida já foi realizado: o nascimento dos meus netos. ***** Palavra mais bonita da língua portuguesa: Solidariedade e Amor. ***** Palavra mais feia: Ingratidão e preconceito. ***** Seu maior defeito: Não pensar antes de falar e confiar demais, mas estou aprendendo. ***** Sua maior virtude: Alegria, solidariedade e humildade. ***** O que mais admira em um ser humano: Solidariedade, lealdade, humildade e gratidão. ***** O que não suporta em um ser humano: Falsidade, deslealdade, arrogância e ingratidão. ***** Se o mundo fosse acabar amanhã, o que faria hoje? Iria reunir minha família e orar muito, pedindo a Deus misericórdia para todos. *****  A última vez que chorou: Eu me emociono muito, sou uma chorona, choro com facilidade.
                                         
ANA LÚCIA CALDAS DE SOUZA, 
DE DENTRO PARA FORA


     O concurso Miss PE 1980 foi o último promovido pelos Diários e Emissoras Associados. Por conta disso, Ana Lúcia ganhou o manto e a coroa que foram usados por todas as suas antecessoras, preciosidades que ela guarda com muito carinho. As peças foram entregues em uma cerimônia linda e emocionante, pois ali acabava uma tradição do Diário de Pernambuco com as misses. No ano seguinte, em 1981, quando teve início na história do Miss Brasil o que se convencionou chamar de “Era SS”, o Silvio Santos chamou Ana Lúcia e propôs  para que não acontecesse o Miss PE, pois daria bastante trabalho, e lhe pediu para que representasse novamente Pernambuco na etapa nacional. Ela não aceitou, “o certame era único em tudo, receber o título de Miss Pernambuco sem concurso seria como uma princesa ser coroada sem baile”, confessa.

        Finalizando nossa entrevista, ao lhe perguntar quem era Ana Lúcia Caldas de Souza, a eterna Miss Pernambuco 1980 não hesitou em responder:


      Sou uma pessoa de dentro pra fora. Minha beleza está na minha essência e no meu caráter. Acredito em sonhos, não em utopia, mas quando sonho, sonho alto. Estou aqui para viver, cair, aprender, levantar e seguir em frente. Sou isso hoje, amanhã, já me reinventei. Reinvento-me sempre que a vida pede um pouco mais de mim. Sou complexa, sou mistura, sou mulher com cara de menina. E vice-versa. Me perco me procuro e me acho. E quando necessário, enlouqueço e deixo rolar. Não me doo pela metade, não sou tua meia amiga nem teu quase amor. Ou sou tudo ou sou nada. Não suporto meio termos. Sou boba, mas não sou burra. Ingênua, mas não santa. Sou pessoa de riso fácil. E de choro também! Sou muito agradecida a Deus, por tudo que ele me deu. Amo a vida e meus netos são os melhores presentes que já recebi. Com eles, volto a ser criança. Sou uma avó babona assumida!

*****


                                  

13 comentários:

Anônimo disse...

Para mim, independente de sua trajetória como Miss Pernambuco, o que fica ao ler esta reportagem maravilhosa é a sua lição de espiritualidade.

Parabéns, Miss PE 1980!

C.Rocha de Floripa

ANA... disse...

Obrigada amigo, pelo carinho...Adorei!!!Muita luz para vc.
Ana Lúcia Caldas

Rosimere Lisboa disse...

Parabens amiga!!! Linda trajetória e uma beleza digna do deu caráter.

Anônimo disse...

Os Diarios e Emissoras Associados encerraram suas promoções de concurso de Miss com chave de ouro em Pernambuco.

Em 1980, todas as classificadas no Top 5 poderiam ser Miss PE. Eimar, Miss BNB-Clube, era maravilhosa, enquanto a Miss da cidade de Bonito tinha um ar de princesa. A tranquilidade e a classe de Ana Lúcia acabou dando a ela a faixa de Miss PE.

Bom saber que ela está bem e que faz a diferença no planeta.

J.Linhares Silva
João Pessoa-PB

Luiz Henrique disse...

parabéns pelas lindas palavras , vc continua linda como sempre beijosssssss

Anônimo disse...

Eu tenho muito orgulho dela. Uma guerreira e sempre desposta a ajudar. Uma avó maravilhosa. Mãe te amo!

Anne Elizabeth

Pedro Manoel disse...

Ana Lúcia, você é - além de linda - um ser do bem! Parabéns por sua história de vida! Abraços.
Pedro Manoel

Anônimo disse...

A morena pernambucana poderia ter ido mais longe no Miss Brasil 1980, e outra garota maravilhosa também, a nossa gaúcha Adriana Zselinsky.

Carlos Monteiro
Porto Alegre, RS

Loiane Aiache disse...

Minha amiga do coração, obrigada pelas doces palavras a que se refere a mim ! Vc sabe que a recíproca é verdadeira ! Tenho vc no coração e sinto muita saudade da nossa convivência após o término do concurso . Admiro vc como ser humano que é. Iluminada e linda ! Um grande beijo.

Ana Mendonça disse...

Minha amiga linda, admirável e encantadora, humilde, iluminada, guerreira, amiga de todas as horas. A você meu carinho, respeito e admiração, por sua essência, por seu caráter e por você, pessoa linda que Deus criou e me permitiu conhecer e tê-la em meu ciclo de amizades, te amo minha grande amiga! Abraços

Anônimo disse...

Uma pessoa linda por dentro e por fora. Minha irmã, vc é uma mulher valente, personalidade forte, humana, caridosa, uma amiga de todas as horas. Tenho muito orgulho de ser sua irmã e de ter participado desse momento lindo da sua vida. Vc será uma eterna Miss. Continua lindíssima, e hoje, o tempo só te encheu de experiências e te deixou ainda mais sabia. Te amo muito. Bjs da sua irmã Nanda.

Anônimo disse...

Amei lê esta reportagem. Gostaria que tivesse fotos de todas as 31 candidatas do concurso. Um abraço!!

Anônimo disse...


Foi bom demais vê sua trajetória de vida após o concurso. Participei com vc e as outras 29 candidatas.
Éramos adolescentes cheias de sonhos.

Muitas bênçãos pra você!
Miss Paudalho 1980.