a *****

SEJA BEM-VINDO ! SEJA BEM-VINDA! VOCÊ ESTÁ EM PASSARELA CULTURAL, a sua revista on-line semanal, fundada em 02/07/2004. ***** Esta é a edição nº 632, referente ao período de 13 a 19 de agosto de 2017. ***** Editor: Daslan Melo Lima ***** Timbaúba, Pernambuco, Brasil ***** Telefone: (81) 9.9612-0904 (Tim). ***** WhatsApp: +55 81 9.9612.0904 ***** E-mail: daslan@terra.com.br

sábado, 13 de dezembro de 2014

SESSÃO NOSTALGIA - Solange e Vera, a mais perfeita síntese da mulher carioca

Daslan Melo Lima

       Síntese da beleza no cenário tropical, elas se harmonizam apesar do contraste”, assim começa a legenda de uma foto que ocupa duas páginas da revista Manchete, nº 681, ano 13, de 08/05/1965.  Quem são elas? A loura Solange Dutra Novelli, Rainha do IV Centenário do Rio de Janeiro, e  a mulata Vera Lúcia Couto Santos, Miss Renascença Clube, Miss Guanabara, vice-Miss Brasil e terceiro lugar no Miss Beleza Internacional 1964.


       E a legenda conclui “... lado a lado, elas formam a mais perfeita e acabada síntese de beleza da mulher carioca. Juntas, seus encantos se completam e suas graças se muliplicam. Isto porque, conforme já acentuou o poeta Drumond, ... mas as coisas findas, muito mais do que as lindas, essas ficarão.”

       Além da página dupla, Solange e Vera estão na capa em foto de Nicolau Drei.

       E para finalizar em grande estilo a antepenúltima Sessão Nostalgia de 2014, nada melhor do que essa imagem, também extraída do referido número da Manchete. Vera Lúcia Couto dos Santos vestindo um traje de Hugo Rocha, um sari  indiano confeccionado em organza dourada,  e como complemento um rubi na testa.



      O que dizer diante de tanta beleza? Gritar Amém, Assim seja,  em silêncio, e  declamar ao lado do vento o texto completo do poema Memória, de Carlos Drumond de Andrade.  

Amar o perdido
deixa confundido
este coração.

Nada pode o olvido
contra o sem sentido
apelo do Não.

As coisas tangíveis
tornam-se insensíveis
à palma da mão.

Mas as coisas findas,
muito mais que lindas,
essas ficarão.

*****

2 comentários:

Anônimo disse...

Estou impressionado com esta foto de Vera Lúcia Couto vestida num sari.
O que é isso, gente?
Uma visão? Uma deusa? Uma rainha?
Divaaaaaaa!!!

C.Rocha de Floripa

Anônimo disse...

Esta sim é uma negra lindíssima. Uma miss de verdade, digna de ter nos representado nos concursos internacionais com categoria, classe e distinção. Nunca teve seu nome envolvido em fofocas de revistas ou sites de sub-celebridades participantes de Big Brother ou Fazendas da vida.

O diferencial de Vera Lúcia Couto dos Santos com relação às misses genéricas é que ela não se projetou na mídia como namoradinha de cantores de segunda categoria,de jogadores ou rebolando como Rainha de Bateria.

Por tudo isso, viva nossa Diva, Verinha - para sempre Verinha do Renascença - da Guanabara, do Brasil, do Mundo !

Muciolo Ferreira - fã incondicional da desua de ébano.