a *****

SEJA BEM-VINDO ! SEJA BEM-VINDA! VOCÊ ESTÁ EM PASSARELA CULTURAL, a sua revista on-line semanal, fundada em 02/07/2004. ***** Esta é a edição nº 641, referente ao período de 15 a 21 de outubro de 2017. ***** Editor: Daslan Melo Lima ***** Timbaúba, Pernambuco, Brasil ***** Telefone: (81) 9.9612-0904 (Tim). ***** WhatsApp: +55 81 9.9612.0904 ***** E-mail: daslan@terra.com.br

sábado, 19 de setembro de 2015

DE TIMBAÚBA PARA O MUNDO


Dona Santa e o segredo da felicidade: "tenho alegria todo dia"
 

         
          Na tranquilidade de um rosto marcado pelas linhas de quem já ultrapassou oito décadas de vida está uma mulher simples e generosa. Em 1996, Santina Pessôa Bezerra, ou simplesmente Dona Santa Pessôa, coordenadora paroquial da Pastoral da Criança, em parceria com o então pároco de Timbaúba, o Cônego Orlando do Nascimento Silva e com o Movimento Mãe  Rainha, inaugurou a Creche Mãe Rainha, organização não governamental, com personalidade jurídica de direito privado, filantrópico de caráter beneficente, assistencial e educacional, sem fins lucrativos. Inicialmente, a creche foi instalada numa pequena residência cedida por Lucy Pessoa Bezerra, na Vila da Cohab, atendendo doze crianças com idade de zero a seis anos. Diante da grande procura das mães carentes, o espaço tornou-se pequeno e passou a funcionar na APA - Ação Paroquial de Assistência, até que em 2012 instalou-se  num imóvel de propriedade de Emilinha Melo, na  Praça Jáder de Andrade, 89, atendendo hoje uma média de 80 crianças.
       Nascida no dia 20/03//1924, Dona Santa foi criada no seio de uma família numerosa, doze irmãos, fez o curso  ginasial e sempre demonstrou vocação religiosa. Sonhava ser freira e não casou. O destino deu outro rumo à sua caminhada. Aposentada como costureira, acorda cedo e passa o dia inteiro na creche. Fala pouco de si, limitando-se a informar que tem alegria todo dia, mas os olhos ganham um brilho especial quando o assunto é a missão da instituição. 
      “A administração da casa é formada por uma diretoria eleita para um período de dois anos. Temos a colaboração de um médico pediatra, um assistente social, uma psicóloga, um advogado e outros voluntários. Conforme a nossa proposta de trabalho, os pais são estimulados a participar das reuniões mensais de avaliação e desenvolvimento das crianças e também incentivados a colaborar nas atividades da creche, quando necessário.  Servimos quatro refeições por dia.  Aos que desejarem colaborar conosco, peço que façam contato através do e-mail crechemaerainha1996@gmail.com, ou pelo telefone (81) 3631.0756.”
        Dona Santa tem no seu currículo dois prêmios importantes: o Troféu Madalena Arraes,  de Mulher do ano de 2009; e a Comenda Isnar Cabral de Moura, outorgada pela Funjader - Fundação Jáder de Andrade, em 2014. Honrarias mais que merecidas para uma pessoa iluminada que diz ter alegria todo dia e que encontrou o segredo da felicidade: fazer o bem e contribuir para a construção de um mundo melhor.  
   
*****

MEMÓRIA TIMBAUBENSE




TÚNEL DO TEMPO – Naquele 1968, o nosso País vivia uma delicada transição política.  Os estudantes iam às ruas em protesto contra o governo militar que estabeleceu o Ato Institucional nº 5, suprimindo direitos políticos e individuais em prol do fortalecimento da repressão. Nesse clima conturbado, Nilza Simões, o irmão Nicomedes (em memória) e a amiga Verônica Lucena passaram alguns dias no Rio de Janeiro. 
A foto em preto e branco é testemunha de um tempo onde, por coincidência, uma das músicas mais tocada chamava-se "Retrato em Preto e Branco", de Chico Buarque de Holanda, que diz "Eu trago o peito tão marcado / De lembranças do passado / E você sabe a razão / Vou colecionar mais um soneto / Outro retrato em branco e preto / A maltratar meu coração.”

    *****
Roteiro poético de Timbaúba


A embarcação e um mar sereno. Tudo azul, tranquilamente azul. O pequeno mural de azulejos afixado na varanda da Creche Mãe Rainha, na Praça Jáder de Andrade, leva nossos sentidos para navegar ao lado da brisa do mar das nossas fantasias, azuis ou multicores.    

*****

Nenhum comentário: