a *****

SEJA BEM-VINDO ! SEJA BEM-VINDA! VOCÊ ESTÁ EM PASSARELA CULTURAL, a sua revista on-line semanal, fundada em 02/07/2004. ***** Esta é a edição nº 646, referente ao período de 19 a 25 de novembro de 2017. ***** Editor: Daslan Melo Lima ***** Timbaúba, Pernambuco, Brasil ***** Telefone: (81) 9.9612-0904 (Tim). ***** WhatsApp: +55 81 9.9612.0904 ***** E-mail: daslan@terra.com.br

sábado, 7 de janeiro de 2017

SESSÃO NOSTALGIA – Castro, a cidade natal de Marly Simon, Miss Paraná 1969


Daslan Melo Lima

     Quantas cidades ganharam mais visibilidade na mídia graças à vitória de uma jovem num concurso de Miss? Dezenas. Uma delas é Castro, terra natal de Marly Sauerzapf Simon, Miss Paraná 1969, localizada às margens do Rio Iapó, fundada em 1778, município com quase 71 mil habitantes, distante 159 km da capital Curitiba.

 ----------
----------

UMA CANÇÃO PARA CASTRO

Nandão Overdose interpreta “Castro Paraná”,


Vou voltar, vou voltar pra lá
Vou voltar pra Castro, Paraná.
Vou voltar, vou voltar pra lá
Vou voltar pra Castro, Paraná.

Vou seguindo a minha vida, vou lembrando de você
Passa o tempo não tem jeito, impossível te esquecer
A distância que machuca só aumenta a gratidão
Fui feliz mais que ninguém lá no meu velho rincão.

Me agarro na lembrança, eu te vejo ainda
Tão bonita e tão distante em minha imaginação
Canto alto, canto forte que é pra todo mundo ouvir
O tamanho da saudade que ainda mora em mim.

Vou voltar, vou voltar pra lá
Vou voltar pra Castro, Paraná.
Vou voltar, vou voltar pra lá
Vou voltar pra Castro, Paraná.

Pequenina e tão bonita, feito joia de valor
No caminho do tropeiro, a sua história vingou
Viajante assustado, eu um dia aqui cheguei
Mas foi logo enfeitiçado, me apaixonei por você.

Me agarro na lembrança, eu te vejo ainda
Tão bonita e tão distante em minha imaginação
Canto alto, canto forte, que é pra todo mundo ouvir
O tamanho da saudade que ainda mora em mim.

Vou voltar, vou voltar pra lá
Vou voltar pra Castro, Paraná.
Vou voltar, vou voltar pra lá
Vou voltar pra Castro, Paraná.

Vou seguindo a minha vida, mas você vai junto a mim
Esses anos se passaram, mas eu nunca te esqueci
Nos momentos mais difíceis, quando eu chorava só,
Me confortava a lembrança do meu rio Iapó.
Nos momentos mais difíceis, quando eu chorava só,
Me confortava a lembrança do meu rio Iapó.

Vou voltar, vou voltar pra lá
Vou voltar pra Castro, Paraná.
Vou voltar, vou voltar pra lá
Vou voltar pra Castro, Paraná.
----------

MARLY SIMON, MISS PARANÁ 1969


Marly Simon, 18 anos, 1,78 de altura, Miss Castro, eleita Miss Paraná 1969, na madrugada de 06/06/1969, e Tita Bastos, sua  treinadora. Vinte e quatro candidatas participaram do concurso.   ***** Foto: misscastrouniverso.blogspot.com.br/
----------

Marly Simon ladeada por  Heloísa Helena Camargo, à esquerda, segundo lugar, e Elaine Maria Paiva, terceira colocada, representante de Cornélio Procópio. ***** O júri esteve composto por Max Rosmann, Rudolf Kretsch, Diva Maria Stresser, João Milanez, Bráulio Pedroso, Gracy de Oliveira, Neli Fuganti, Raul Giudecelli, Marina Patitussi e Luís Gustavo (famoso por sua personagem na novela Beto Rockefeller). ***** Foto: revista O Cruzeiro, reprodução do missesnapassarela.blogspot.com.br
---------------
Acima, Marly Simon, em foto da revista Manchete, com o vestido que usou na passarela do Maracanãzinho, na noite do concurso Miss Brasil 1969, quando Vera Fischer, Miss Santa Catarina, saiu vitoriosa. ***** Abaixo, o link mostrando seu desfile triunfal pelas ruas de Castro, 

 ----------

Oi, Roberto, boa tarde.
Você não  imagina o quanto adorei assistir ao vídeo.
A música é tudo aquilo que eu gostaria de ter composto em homenagem à terra onde nasci, sem falar da emoção de  mergulhar no túnel do tempo e encontrar a Miss Paraná 1969.
Nostalgia pura.
Um abraço.
Daslan

        Esse foi o teor do e-mail que enviei para o Roberto Macêdo, agradecendo o envio, no dia 04, do link para música do Nandão Overdose enaltecendo Castro. Resposta do biógrafo de Martha VasconcellosTive a mesma impressão. rsrsrs. Ao contribuir para a inspiração da minha primeira SESSÃO NOSTALGIA de 2017, Roberto não precisava dizer mais nada, pois sabemos que paixões são paixões, simplesmente paixões, não se explicam.
    Guardando as devidas proporções, Castro lembra São José da Laje, às margens do rio Canhoto, a cidadezinha alagoana onde nasci, por isso a letra e a melodia passaram a dose certa de nostalgia que me emocionou tanto. 
      Um abraço para você, leitor, leitora, e que Deus abençoe nossa caminhada durante todos os dias de 2017. 

*****

2 comentários:

Vera Lúcia disse...

E porque paixões são paixões e essas não se explicam, é que digo pra você, amigo Daslan, que sou apaixonada por sua Sessão Nostalgia. É puro deleite mergulhar em fotos de uma época que os concursos de beleza eram mais valorizados. Mary Simon é a única Miss Castro eleita Miss Paraná, até o presente momento.
Abraços carinhosos.

DASLAN MELO LIMA disse...

>>>>>>>>>>

Comentário de Roberto Macêdo, via e-mail


Daslan, que surpresa.
Como sempre, você supremo nas suas crônicas.
Fico feliz por ter lhe enviado o e-mail com a notícia que lhe inspirou.
Abraço e feliz 2017, com muita e muitas crônicas que resgatam a história do mundo-miss.

>>>>>>>>>>