a *****

SEJA BEM-VINDO ! SEJA BEM-VINDA! VOCÊ ESTÁ EM PASSARELA CULTURAL, a sua revista on-line semanal, fundada em 02/07/2004. ***** Esta é a edição nº 624, referente ao período de 18 a 24 de junho de 2017. ***** Editor: Daslan Melo Lima ***** Timbaúba, Pernambuco, Brasil ***** Telefones: (81) 99612.0904 (Tim) e (81) 99277.3630 (Claro) ***** WhatsApp: +55 81 99612.0904 ***** E-mail: daslan@terra.com.br

sábado, 3 de julho de 2010

SESSÃO NOSTALGIA - Alba Cavalcanti, Miss São José da Laje 1980

Daslan Melo Lima


PRÓLOGO

     No final da tarde fria e chuvosa pernambucana de Timbaúba, 23 de junho, enquanto minh'alma chorava pelo sofrimento de São José da Laje, a cidadezinha alagoana onde nasci, atingida pelas inundações de 18 de junho, recebi do Roberto Macêdo, arquiteto, jornalista e missólogo baiano, o e-mail abaixo:


Daslan,

Nesses dias de tanta tristeza por conta das enchentes em Alagoas e Pernambuco, envio essas reportagens para alegrarem um pouco o seu coração: a eleição da Miss São José da Laje 1980 e sua participação no Miss Alagoas.

Um abraço e feliz São João,

Roberto

     Desnecessário dizer que adorei o presente do Roberto Macêdo: recortes do  Jornal de Alagoas, edições de 07 e 09 de maio de 1980, um documento precioso para a memória lajense. A SESSÃO NOSTALGIA desta semana é dedicada a vocês, amados conterrâneos.


MISS SÃO JOSÉ DA LAJE 1980

     Cinco jovens participaram do concurso Miss São José da Laje 1980, realizado no dia 03 de maio, no Clube Gente Nossa, promovido pelo Lions Club local, com total cobertura do Jornal de Alagoas, representado pelo chefe de reportagem Afrânio Godoy e o editor da Página dos Municípios, Mauro Sélvio
     As concorrentes foram: Alba Cavalcanti, Miss Clube Gente Nossa, 1º lugar; Lúcia de Fátima, Miss Usina Serra Grande, 2º lugar; Marigleide de Souza, Miss Prefeitura Municipal, 3º lugar; Socorro Montenegro; e Tânia Montenegro.


 Alba Cavalcanti, Miss São José da Laje 1980.(Jornal de Alagoas, 07/05/1980)

     Com torcida organizadas, Marigleide e Lúcia de Fátima disputavam a preferência do público presente, porém o consenso da comissão julgadora, da qual o Jornal de Alagoas não tomou parte, julgou Alba Cavalcanti como a mais bela lajense de 1980. A escolha foi justa, levando em conta as medidas da nova miss, o seu palminho de rosto, sua desenvoltura no desfilar e, principalmente, a sua simplicidade.


Marigleide Souza, 2º lugar.  (Jornal de Alagoas, 07/05/1980)

      A comissão julgadora foi formada exclusivamente por representantes do Lions Club de Maceió, tendo a organização da festa ofertado toda a renda em benefício das entidades filantrópicas locais..As domadoras do Lions Club foram as grandes responsáveis pela bem organizada apresentação das candidatas, com a senhora Maria do Rosário Cavalcante Silva se destacando à frente da organização da festa. Cícero Peixoto foi apresentador do desfile, tendo várias vezes se referido ao bom trabalho que o Jornal de Alagoas vem desenvolvendo em prol da divulgação daquele Município. Fez alusões especiais aos jornalistas Afrânio Godoy e Mauro Sérvio, e destacou o trabalho do cabeleireiro Petrúcio Rios, responsável pelo penteado de todas as candidatas. 

 Lúcia de Fátima, 3º lugar. (Jornal de Alagoas, 07/05/1980)


     Alba Cavalcanti, aquela que seria eleita no final da noite, apresentou-se em lindo vestido azul, o qual bem combinou com o “rósseo” de sua pele. Após a apresentação individual, as candidatas se apresentaram todas juntas, perante a comissão julgadora, ainda em traje longo. O ponto culminante da noite foi o desfile de maiô, com as cinco candidatas se apresentando individualmente, e logo após em grupo. Alba Cavalcanti voltou a desfilar de azul, desta vez, em maiô. A decisão da comissão julgadora foi bastante difícil. Três nomes despontavam em condições de representar o município no Concurso Miss Alagoas: Marigleide, Lúcia de Fátima e Alba Cavalcanti. 

Waldelice Pereira Marinho, Miss Alagoas 1978, e Alba Cavalcanti, Miss São José da Laje 1980(Jornal de Alagoas, 07/05/1980)

A Miss Alagoas/78, Waldelice Pereira Marinho, foi quem coroou Alba Cavalcanti, a Miss São José da Laje. Toda a parte referente à apresentação das candidatas, maquilagem e coordenação do desfile, esteve a cargo do jornalista Élio Lessa e da professora Ângela Maria, que deram sua contribuição para o b rilhantismo da noite. No intervalo do desfile, a Escola de Samba Jangadeiros Alagoanos apresentou um verdadeiro show, com a apresentação de sua ala de samba, sua bateria de percussão e suas mulatas, destacando-se a presença da jovem Iracema Verdino, a Miss Mulata/77. 

Após os resultados e as comemorações, Alba Cavalcanti e Afrânio Godoy, chefe de reportagem do Jornal de Alagoas, conversaram demoradamente sobre as perspectivas da representante de São José da Laje conseguir uma boa classificação para o município. Da conversa, ficou uma certeza, “Alba é uma forte candidata”, declarou Afrânio Godoy.
(Jornal de Alagoas, 07/05/1980)
 
      Alba Cavalcanti foi a quarta colocada no Miss Alagoas, perdendo o título máximo da beleza alagoana para Alda Torres Tenório, Miss São Miguel dos Campos, primeiro lugar; Eliane Santos, Miss Maceió, segundo; e Maria de Fátima, Miss Atalaia, terceiro lugar.

EPÍLOGO

Avenida Arlinda Veras, São José da Laje-AL - Foto: Leonardo Freitas/Cortesia, cadaminuto.com.br

      Vulcão? Terremoto? Tsunami? Guerra? Não, apenas reflexos da desarmonia do Planeta Terra. Assim ficou a principal avenida de São José da Laje, após a recente cheia do Rio Canhoto.

        O britânico Bertrand Russell (1871-1970), Prêmio Nobel de Literatura de 1950, disse um dia: "Quando tudo estiver perdido ainda resta o futuro."


       Minh'alma ainda chora por São José da Laje, mas DEUS vestiu-me de verde-esperança. Tenho certeza que a cidade onde nasci, a "Princesa das Fronteiras", voltará a viver seus dias de Rainha, com lindas garotas disputando o título mágico de Miss, garotas como Alba Cavalcanti, Miss São José da Laje 1980.

*****

5 comentários:

DASLAN MELO LIMA disse...

Comentário de Muciolo Ferreira, jornalista, via e-mail
>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>

Olá Daslan,

Vamos renascer das cinzas como uma Fênix, pois a cada acordar é um novo desafio e não importa se nuvens escuras marquem os céus.

Confesso ter ficado surpreso e alegre com a Sessão Nostalgia desta semana destacando o concurso Miss São José da Laje de 1980. E graças ao nosso amigo Roberto Macêdo, indiscutivelmente o maior conhecedor e pesquisador dos concursos de miss em todo o país que se tem conhecimento. Minhas congratulações ao amigo Roberto Macêdo por esta pérola de reportagem bem guardada e, principalmente, por ele ter lhe enviado num momento de dor e sofrimento.

Daslan, as enchentes se foram deixando um rastro de destruição, tristezas e incertezas, mas a sua alegria de viver permanece por meio dos amigos e de nossas eternas misses que você tão bem sabe destacar, contar suas histórias e imortalizá-las.

E, como lhe diria o Presidentre Lula, não será uma marola que ofuscará a alma do poeta.

E parabéns pelos 200 mil acessos do Passarela Cultural, da qual sou um leitor e colaborador permanente.

Muciolo Ferreira - direto do Recife

>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>

DASLAN MELO LIMA disse...

Comentário de Luciana dos Santos Bezerra Cavalcanti, de Santos-SP, via e-mail
>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>

Que maravilha! Fantástico! Eu era adolescente e estava no Clube Gente Nossa na noite da eleição de Miss São José da Laje-80.

Nunca pensei que um dia pudesse ver essas fotos e me emocionar tanto ao lembrar-me daquele tempo.
Abençoado seja este jornalista da Bahia que tanto ama as Misses e a você que colocou o passado na internet.

Um abraço. Nosso povo é forte e com a ajuda de Deus vai superar esta tragédia.

Luciana
Santos/SP
>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>

m.selvio disse...

Ao ler esta reportagem sobre a Miss São José da Laje-1980, Alba Cavalcanti, revivi aquela bela noite no Clube Gente Nossa de minha amada terrinha natal.
Sou testemunha ocular da dificuldade da Comissão Julgadora em escolher uma dentre tantas belas conterrâneas que ali disputavam o cetro. Emoção pura, Daslan! ( Jornalista Mauro Sélvio)

Mauro Sélvio disse...

Ao ler a matéria sobre a Miss Alba Cavalcanti, fiz uma breve viagem no tempo e revivi aquela belíssima noite de festa realizada no Clube Gente Nossa, de minha amada terra natal.
Fui testemunha ocular da dificuldade da Comissão Julgadora sobre a escolha de uma entre tantas belas para receber o cobiçado cetro.( Jornalista Mauro Sélvio/ Maceió-AL/ 29-01-2011 )

Gilberto Alves Paulino Filho disse...

Em 1980 eu estudava no Colégio Moreira e Silva em Maceió. Minha colega de classe, Idelta Rodrigues, de S. J. da Lage, me apresentou a outra estudante e amiga, Marigleide que havia disputado o Miss S. J. Lage. Soube depois que Marigleide havia disputado o Miss Alagoas 1980 representando Messias. O concurso Miss Alagoas 1980 aconteceu em S. M. Campos, quem foi me contou que foi muito mal organizado e que a miss local iria ganhar de qualquer jeito apesar da Miss Maceió, Eliane Santos ser a mais bonita de todas. Essa mesma Eliane depois foi homenageada por Martinho da Vila nos versos do samba Só em Maceió que dizia assim
Teka, rendeira
Eliane, praiera
Vamos pra Paripueura
Vamos pra Paripueira
Vai ter sururu
Vai ter sururu
E o Maré fica na beira
Da Lagoa de Mundaú