a *****

SEJA BEM-VINDO ! SEJA BEM-VINDA! VOCÊ ESTÁ EM PASSARELA CULTURAL, a sua revista on-line semanal, fundada em 02/07/2004. ***** Esta é a edição nº 624, referente ao período de 18 a 24 de junho de 2017. ***** Editor: Daslan Melo Lima ***** Timbaúba, Pernambuco, Brasil ***** Telefones: (81) 99612.0904 (Tim) e (81) 99277.3630 (Claro) ***** WhatsApp: +55 81 99612.0904 ***** E-mail: daslan@terra.com.br

sábado, 19 de março de 2011

A SIMPLICIDADE DE UM REI

Daslan Melo Lima


          Meu celular tocou cedo na manhã da terça-feira de carnaval. Era o meu amigo Ladorvane Cabral, conterrâneo-contemporâneo, querendo saber se eu estava assistindo pela televisão ao desfile da Beija-Flor de Nilópolis, cujo enredo homenageava o cantor Roberto Carlos.  Essa sintonia em torno de uma figura ímpar como Roberto Carlos foi geral, nada mais justo festejar um ser humano maravilhoso que marcou a vida de milhares de pessoas com suas simples e doces canções de amor.
A saudade vem pra reviver o tempo que passou / Ah! Essa lembrança  que ficou /
Momentos que não esqueci / Eu cheio de fantasias na luz do rei menino / Lá no seu Cachoeiro / E lá vou eu... De calhambeque a onde me levar /Na Jovem Guarda, o rock a embalar...Vivendo a paixão / Amigos de fé guardei no coração
         A letra do samba enredo, com versos citando frases das canções do Roberto, toca fundo nos corações dos seus fãs.
Quando o amor invade a alma... É magia/ É inspiração pra nossa canção... Poesia/ O beijo na flor é só pra dizer/ Como é grande o meu amor por você
          Conforme li na revista Na Poltrona, foi o presidente de honra da Beija-Flor de Nilópolis e amigo pessoal de Roberto Carlos, Anísio Abrão David, que indicou a vida do cantor como tema para ao carnaval da escola. Mesmo contrariando a comissão de carnaval – que não via como criar um desfile sobre Roberto Carlos, já homenageado na avenida há alguns anos - , o assunto foi levado ao cantor, que diante do convite preocupou-se unicamente em saber se sua história de vida seria capaz de dar o título de campeã à escola. Com a demonstração de humildade, acabaram-se as dúvidas: a simplicidade do rei seria o melhor tema que a escola poderia levar para a avenida. E a reação do cantor acabou por dar título ao enredo. E a Beija-Flor sagrou-se campeã do carnaval carioca.
Nas curvas dessa estrada a vida em canções / Chora viola! Nas veredas dos sertões / Lindo é ver a natureza / Por sua beleza clamou em seus versos / No mar navegam emoções / Sonhar faz bem aos corações / Na fé com o meu rei seguindo / Outra vez estou aqui vivendo esse momento lindo / De todas as Marias vêm as bênçãos lá do céu / Do samba faço oração, poema, emoção!
Meu Beija-Flor chegou a hora / De botar pra fora a felicidade / A alegria de falar do rei / E mostrar pro mundo essa simplicidade
          “A simplicidade é o último degrau da sabedoria”, disse um dia Aritides D’Avila. Bom seria se todas as pessoas arrogantes do universo se dessem conta disso. Que bom que a Beija-Flor de Nilópolis cantou para o Brasil e o mundo a simplicidade de Roberto Carlos. Ele é o máximo! Faço minhas as palavras do compositor  paulista Osvaldo Lacerda: “Quem é o máximo é simples”. 
*****

2 comentários:

tranquelino disse...

Daslan,

Eu e Fatima somos testemunho da simplicidade do Rei Roberto Carlos, pois tivemos a sorte de estar junto a essa pessoa iluminada e sentir sua simplicidade e seu carinho. Na hora da foto, ele disse: "Tranquelino agora voce fica ao lado da Fatima para tirarmos outra foto". O pouco momento que fiquei cara a cara com o Rei serão guardado na minha mente para sempre. Tem coisa que o dinheiro paga, mas tem outras que só com o cartão da Força do Universo, que é Deus faz acontecer.

Anônimo disse...

Você è o cara, só esqueceu de comprimentar o Obana.