a *****

SEJA BEM-VINDO ! SEJA BEM-VINDA! VOCÊ ESTÁ EM PASSARELA CULTURAL, a sua revista on-line semanal, fundada em 02/07/2004. ***** Esta é a edição nº 624, referente ao período de 18 a 24 de junho de 2017. ***** Editor: Daslan Melo Lima ***** Timbaúba, Pernambuco, Brasil ***** Telefones: (81) 99612.0904 (Tim) e (81) 99277.3630 (Claro) ***** WhatsApp: +55 81 99612.0904 ***** E-mail: daslan@terra.com.br

sábado, 17 de dezembro de 2011

SESSÃO NOSTALGIA – INGRID BUDAG, MISS BRASIL 1975, UMA MULHER DE FÉ

Daslan Melo Lima

PRÓLOGO

          Noite de 21 de junho de 1975. No lugar do Maracanãzinho, Rio de Janeiro, o Ginásio de Esportes Presidente Médici, Brasília. Pelo terceiro ano consecutivo, a capital do Brasil foi transformada no templo da beleza nacional. A maioria do público não ficou satisfeita com o resultado do concurso Miss Brasil 1975, que deu o primeiro lugar a Ingrid Budag, Miss Santa Catarina. Outras garotas estavam mais cotadas para o título, a exemplo de Leila Tancredi, Miss Rio de Janeiro, quarto lugar; Lizane Guimarães Távora, Miss Brasília, segunda colocada; Jane Bezerra, Miss Rio Grande do Sul, que não ficou entre as oito finalistas; e Zaida Souza Costa, Miss Bahia, terceira colocada. Ingrid Budag, no entanto, soube contornar com classe e simpatia o descontentamento da plateia. Ficou entre as   12 semifinalistas do Miss Universo e cumpriu o seu reinado de forma exemplar.


Nas duas fotos do alto, Ingrid Budag, Miss Santa Catarina, de branco. Ao lado, Lisane Guimarães Távora, Miss Brasília. Nas duas fotos de baixo, vestindo azul, Zaida Costa, Miss Bahia, e Leila Tancredi, Miss Rio de Janeiro, de cabelos soltos.
 Jane Bezerra, Miss Rio Grande do Sul.
.....
INGRID BUDAG, UMA MULHER DE FÉ

           Quem leu no ano passado uma reportagem publicada pelas revistas Fatos & Fotos e Manchete sobre a colonização alemã em Santa Catarina reconhecerá em Ingrid Budag a garota que aparece em várias fotografias. Seus cabelos muito louros e os olhos verdes não deixam dúvida quanto a sua ascendência germânica. Realmente, seus avós emigraram da Alemanha e formaram um núcleo colonizador em Santa Catarina. Garota do interior, Ingrid foi eleita Miss Santa Catarina/75 em 24 de maio, concorrendo por Blumenau. Antes do título, já fora escolhida Miss Simpatia, entre outras 14 candidatas de várias regiões do Estado.

            Mesmo antes de se tornar Miss, ela já era bastante conhecida dos catarinenses, pois estudou piano, violão, e flauta, além de posar por algum tempo como modelo fotográfico. Cursa atualmente o 2º Grau e trabalha na Cetil S.A. Processamento de Dados. Apaixonada por aviação, Ingrid freqüentou o aeroclube de sua cidade e brevetou-se m piloto civil. Fala fluentemente inglês e alemão, desfazendo a imagem das misses que declaram falar várias línguas apenas para ganhar mais pontos. Ela fez uma incursão na vida artística, aparecendo numa ponta da novela Supermanoela, em seus primeiros capítulos. Para os mais interessados, aqui vão suas medidas: altura, 1,73m; peso, 55 Kg; coxas, 50 cm; quadris, 84 cm; busto, 84 cm; cintura, 60 cm; tornozelo, 42 cm; manequim, 42 e calça 37. É solteira, óbvio.”  (Fatos & Fotos/Gente)
.....
          Protestante convicta, a loura catarinense rezou muito nos bastidores enquanto aguardava a decisão do júri. Suas colegas não entendiam o porquê de suas orações: “Sou uma mulher de fé. Com fé exteriorizo minha vida interior e assim me transformo numa bela mulher”! Para Ingrid, o Chevette que ganhou não é muito importante. “O que importa mesmo é sentir a faixa de Miss Brasil, o grande sonho de minha vida”. Com sua fé, ela vai em busca do Miss Universo.  (Fatos & Fotos/Gente)
.....
O TOP 3 DE 1975 
 
           O ano de 1975 mostrou ao mundo mais uma vez o potencial da beleza brasileira.  Setenta e uma jovens disputaram em Sal Salvador, El Salvador, no dia 19/07/1975, o Miss Universo, e entre as 12 semifinalistas estava Ingrid Budag, no ano em que Anne-Marie Pohtamo, Miss Finlândia, foi a vencedora.  No Japão, no dia 03/11/1975, entre 48 candidatas, Lisane Guimarães Távora, Miss Brasilia, vice-Miss Brasil, conquistou um honroso quinto lugar no Miss Beleza Internacional, cuja vencedora foi Lidija Vera Manic, Miss Iugoslávia. Em 20/11/1975, na capital da Inglaterra, Londres, Zaida Costa, Miss Bahia, terceira colocada no Miss Brasil,  mostrou com charme o que é que a baiana tem. Foram 67 candidatas disputando o Miss Mundo. Zaida esforçou-se, mas não obteve classificação e o título foi para a mulata  Wilnelia Merced Cruz, Miss Porto Rico.
.....

UM GINÁSIO LOTADO É PASSÍVEL DE EQUÍVOCOS

           Talvez muitos nem se lembrem, mas o Miss Brasil 1975 foi marcado por algumas polêmicas: do problema com o som do Ginásio de Brasília, falhando em plena transmissão ao vivo pela TV Tupi , até a resposta da jurada salvadorenha Ana Luiza Gonzales ao apresentador Carlos Zara - que em tom de brincadeira perguntou nos momentos finais se já podiam revelar o veredito final. Ela levou a sério a pergunta e acabou revelando: “Miss Santa Catarina” !  Daí por diante, o descontentamento geral da plateia de 15 mil pessoas irrompeu o silêncio numa estrondosa vaia. Leila Tancredi, Miss Rio de Janeiro - a favoritíssima - ficara num singelo 4º lugar. Apesar da vaia, Ingrid conseguiu mostrar seu porte e nobreza germano-brasileira de uma maneira bem especial.  Ingrid Budag foi semifinalista em El Salvador, no Miss Universo, vencido pela finlandesa Anne Marie Pohtamo. A bela catarinense neta de alemães provou por A + B que um ginásio lotado é passível de equívocos.
 (João Ricardo Camilo Dias, www.missesdobrasil.tripod.com/miss/id140.html)
 .....
           Uma a moça simples e ao mesmo uma grande mulher porque já naquela época, aos 18 anos, já era muito culta e de personalidade marcante. Além de tocar piano, falava vários idiomas, dentre os quais inglês e francês. Ficou na minha memória a entrevista feita na noite em que ela passou a faixa para Kátia Moretto, quando o saudoso Paulo Max lhe fez a seguinte pergunta: - “Ingrid você acha que ser mulher é melhor do que ser homem”? - ela respondeu sorrindo quase numa gargalhada – “Ser mulher é maravilhoso, agora homem eu não posso responder porque nunca fui”! Estava belíssima de vestido vermelho e era uma simpatia em forma de mulher. (Evandro Silva, Misses na Passarela Blogger, www.evandrosilvabr.blogspot.com, 06/11/2009)
.....
           No Miss Universo ela não era muito cotada e quando foram chamadas as doze semifinalistas, Bob Baker chamava “Miss Brazil”  e Ingrid continuava no seu lugar, e já na terceira chamada ela por fim se deu conta que era uma das doze. As gargalhadas soavam no auditório e Bob Baker explicava que Ingrid estava tentando descer da pirâmide, pois o cenário montado em San Salvador, El Salvador, era uma enorme pirâmide.  (Evandro Silva, Misses na Passarela Blogger, www.evandrosilvabr.blogspot.com, 28/05/2009)
.....
 
EPÍLOGO

           Por onde andará a Miss Brasil 1975? Soube que continua bonita e é uma mulher feliz, envolvida em outra missão, a de  missionária evangélica  nos Estados Unidos, onde está radicada há muitos anos

             
               Quando “viajo” no Túnel do Tempo para a década de 1970, através dos meus álbuns de recortes sobre Misses, gosto de reler a declaração de Ingrid Budag, Miss Brasil 1975, uma das mais belas já ditas por uma rainha da beleza: “Sou uma mulher de fé. Com fé exteriorizo minha vida interior e assim me transformo numa bela mulher”.

***** 

4 comentários:

DASLAN MELO LIMA disse...

E-mail enviado por Muciolo Ferreira
>>>>>>>>>>

Daslan,

Não vou discutir se foi justo ou injusto a vitória da Miss Santa Catarina, Ingrid Budag. Porque o importante da Sessão Nostalgia é o resgate dos lindos anos de ouro do Miss Brasil.

Mas não posso deixar de destacar o porte da Miss Brasília, Lisiane Guimarães, que era tão bonito e, mesmo sem ostentar a coroa e faixa, a morena destacou-se das demais na foto de capa da Revista Fatos & Fotos.

Uma boa semana a todos e que tenha um Natal cheio de luz, assim como foi o nascimento do Menino Jesus.

Beijos,

muciolo ferreira - do Recife

>>>>>>>>>>

Vera Lúcia disse...

Prezado Daslan, Ingrid é das mais belas misses que Santa Catarina elegeu. Sou sua admiradora, gosto muito dessa miss e quero agradecê-lo por ter feito essa matéria aqui na Sessão Nostalgia.
Quero desejar FELIZ NATAL a você e toda sua família, com muita paz e saúde.
Abraços.

Anônimo disse...

Para quem mais noticias de Ingrid Budag veja no facebook.. ela estara lancando um livro . Dia 25 e Agosto sera ela estara autografando seu livro..
http://www.facebook.com/QueensofthekingdomRoyalGrace/info

Miguel Luz disse...

Indiscultivelmente a Miss Rio de Janeiro, Leila Tancredi perdeu o trono injustamente.