a *****

SEJA BEM-VINDO ! SEJA BEM-VINDA! VOCÊ ESTÁ EM PASSARELA CULTURAL, a sua revista on-line semanal, fundada em 02/07/2004. ***** Esta é a edição nº 616, referente ao período de 23 a 29 de abril de 2017. ***** Editor: Daslan Melo Lima ***** Timbaúba, Pernambuco, Brasil ***** Telefones: (81) 99612.0904 (Tim) e (81) 99277.3630 (Claro) ***** WhatsApp: +55 81 99612.0904 ***** E-mail: daslan@terra.com.br

sábado, 4 de maio de 2013

PAUSAS NA PASSARELA

REFLEXÃO
"Quando em dúvida, diga a verdade." 
- Mark Twain (1835-1910), escritor americano.
*****
MEMÓRIA

         
FAZ 23 ANOS – Nesta terça-feira, 07 de maio, faz 23 anos da morte de  Elizete Cardoso, uma das maiores intérpretes da MPB de todos os tempos.  ***** Nascida no Rio de Janeiro, em 07/07/1920, seu pai  era seresteiro e tocava violão e sua mãe gostava de cantar.  ***** Iniciou na Rádio Guanabara, por intermédio de Jacob do Bandolim, fazendo seu teste no "Programa Suburbano" ao lado de Aracy de Almeida, Vicente Celestino, Moreira da Silva, Noel Rosa e Marília Batista. *****  Era  chamada carinhosamente de "A Divina", título criado por Haroldo Costa. Teve vários outros apelidos: "A Magnífica", criado por Mister Eco; "Enluarada", criado por Hermínio Bello de Carvalho; "Mulata maior"; "Lady do Samba"; "A Noiva do samba-canção" e "Machado de Assis da Seresta". ***** Em 1987, quando estava em uma excursão no Japão, os médicos japoneses diagnosticaram um câncer no estômago, que obrigou a cantora a uma cirurgia. Apesar disso, a doença ainda a acompanharia durante os três últimos anos de vida. Elizete Cardoso morreu no dia 07/05/1990, na Clínica Bambina, no bairro carioca de Botafogo. Foi velada no Teatro João Caetano, onde compareceram milhares de fãs. Foi sepultada no Cemitério da Ordem do Carmo, no bairro carioca do Caju. ***** Para ouvi-la cantar "Eu não existo sem você", de Tom Jobim e Vinicius de Moraes, clique neste link, http://www.youtube.com/watch?v=oAxa5bFkVVU

*****
HUMOR - DE OLHO NO MEIO AMBIENTE

*****
PASSARELA ANIMAL



*****

Nenhum comentário: