a *****

SEJA BEM-VINDO ! SEJA BEM-VINDA! VOCÊ ESTÁ EM PASSARELA CULTURAL, a sua revista on-line semanal, fundada em 02/07/2004. ***** Esta é a edição nº 645, referente ao período de 12 a 18 de novembro de 2017. ***** Editor: Daslan Melo Lima ***** Timbaúba, Pernambuco, Brasil ***** Telefone: (81) 9.9612-0904 (Tim). ***** WhatsApp: +55 81 9.9612.0904 ***** E-mail: daslan@terra.com.br

domingo, 13 de julho de 2014

PARABÉNS, ALEMANHA! TÍTULO JUSTO E INCONTESTÁVEL

    
 Mais uma vez quem venceu foi o futebol

      Em 2010, quando a Espanha levantou aquela Copa, eu dizia que o futebol venceu. Sim, por ser aquela uma Copa em que as equipes jogavam bastante retrancadas, e a Espanha mostrou um futebol ofensivo, de toque de bola e organização. Hoje, mais uma vez o futebol venceu, e desta vez com mais um exemplo de que quando se está no caminho certo, da verdade, da ética, da humildade e solidariedade, o universo conspira a favor. 
      A Alemanha foi profissional em tudo. Trabalhou, trabalhou e trabalhou muito para chegar onde chegou, enquanto que os nossos fizeram da concentração um verdadeiro Big Brother. Eles, assim como os argentinos, se concentraram de verdade na disputa e foram premiados com uma grande final.  
      Nesta final tivemos uma aula de como é feito o futebol. De um lado, uma equipe forte, habilidosa, solidária, organizada, séria e ao mesmo tempo feliz. Do outro, uma equipe briosa, orgulhosa, batalhadora e humilde, que mostrou que no futebol a queda só é digna quando se cai de pé. 
       Infelizmente, a euforia dos brasileiros por ter substituído sua seleção pelo seu algoz na final, pode agora apagar o vexame que passamos e o alerta pode ter sido só temporário. E tudo continuará como sempre foi. E a cada Copa que passa o futebol das outras seleções estão se tornando mais profissionais e, consequentemente, mais fortes, e o futebol brasileiro continua mais amador e, consequentemente, mais fraco.

           PARABÉNS, ALEMANHA, título justo e incontestável.

           PARABÉNS, ARGENTINA, pela honra e dignidade.

_______
Texto: Djalma Xavier de Almeida
Imagem: AP Photo/Fabrizio Bensch

Nenhum comentário: