a *****

SEJA BEM-VINDO ! SEJA BEM-VINDA! VOCÊ ESTÁ EM PASSARELA CULTURAL, a sua revista on-line semanal, fundada em 02/07/2004. ***** Esta é a edição nº 649, referente ao período de 11 a 17 de dezembro de 2017. ***** Grato por sua atenção.

sábado, 7 de maio de 2016

DE TIMBAÚBA PARA O MUNDO - Geo Moura, do Alto da Independência para Paris

            


Geandro de Moura Silva, o Geo Moura, nasceu em 19/10/1987, em Timbaúba, PE, filho do caminhoneiro Benedito José e da dona de casa Maria Madalena.Quatro irmãos, oriundo de uma família humilde do Alto da Independência, um dos morros que circundam a cidade, Geo cresceu arrodeado de expressivos valores culturais. José Manoel, seu avô paterno, adorava  promover festas em casa ao som de forró. Israel José, seu avô materno, era cirandeiro.

           Geo Moura foi aluno da Escola Professor José Mendes da Silva (Colégio Industrial) e estudou música na Euterpina. Cursou licenciatura em música, no IBEC, mas trancou a matrícula devido às dificuldades de conciliar a sala de aula com os compromissos profissionais, inclusive o de professor de acordeom em São Vicente Férrer, PE. Geo já excursionou por vários Estados brasileiros e participou de shows ao lado de grandes artistas, tais como Cristina Amaral, Elba Ramalho, Petrúcio Amorim e Maciel Melo. Atualmente,  também está envolvido com a gravação de um cd.


            Recentemente, pela segunda vez, Geo integrou a Orquestra Sanfônica Balaio Nordeste na excursão que o pessoal fez à Europa, onde colheu muitos aplausos no Le Festival Printemps das Bretelles, em Illkirch-Graffenstaden , região metropolitana de Strassburgo,na França, fronteira com a Alemanha, de 11 a 20 de março. Depois do festival, Geo Moura passou três dias em Paris, onde se apresentou no Salão de Livros da Embaixada do Brasil e no Teatro da Casa do Estudante do Brasil.
         Qual sua maior emoção nesta excursão? Emocionado, ele não hesita em afirmar que foram muitas, “principalmente presenciar o púbico ir ao delírio ao tocarmos Brasileirinho e Tico-tico no Fubá”
       Ao finalizar nossa conversa,  Geo Moura fez questão de mencionar os nomes  de todos os integrantes da viagem,  “uma equipe sintonizada da qual muito me orgulho, desde o maestro Lucilo da Silva Souza aos músicos Bianca Ricardo da Nóbrega; Ely Porto Bezerra;  Francismar de Sousa Junior; Geraldo Figueiredo de Santana Junior;  Katiusca Lamara dos Santos Barbosa; Lucas Daniel de Melo Silva; Marie Claire Heinis; Nívea Maria Santos; Rivaldo Ribeiro de Souza Filho; Rodrigo Machado Pereira e Saulo Gomes Torquato; além das acompanhantes do grupo, Joana Alves e Melina Bonfim, jornalista e fotógrafa.”
________

      O jornal CORREIO DE NOTÍCIAS, Ano 10, nº 103, edição de maio/2016, está circulando com o conteúdo acima postado na página Perfil. Trata-se praticamente da mesma matéria. Na versão para o blog foi acrescida mais uma foto e corrigido uns lapsos sutis de digitação. 

*****

MEMÓRIA TIMBAUBENSE


TÚNEL DO TEMPO – As garotinhas, alunas da Escola Santa Maria, nem se davam conta naquele ano, o primeiro da década de 1960, que seriam testemunhas de uma época marcante para o Brasil e para o planeta Terra. Entre os fatos históricos, a Guerra do Vietnam; as mortes de John Kennedy e Martin Luther King; a chegada do homem na lua; a minissaia; os títulos de Miss Universo conquistados pela gaúcha Ieda Maria Vargas e pela baiana Martha Vasconcellos; a Palma de Ouro do Festival de Cannes concedida ao filme brasileiro “O Pagador de Promessas”, dirigido por Anselmo Duarte; o golpe militar; os festivais de música; a Jovem Guarda... Aquelas garotinhas nem se davam conta de que um dia, lá longe, acessariam PASSARELA CULTURAL e entrariam no túnel do tempo com os olhos marejados de lágrimas, lágrimas de saudades de um tempo que se foi, para sempre se foi. ***** Foto: Cortesia.

*****

Nenhum comentário: