a *****

SEJA BEM-VINDO ! SEJA BEM-VINDA! VOCÊ ESTÁ EM PASSARELA CULTURAL, a sua revista on-line semanal, fundada em 02/07/2004. ***** Esta é a edição nº 641, referente ao período de 15 a 21 de outubro de 2017. ***** Editor: Daslan Melo Lima ***** Timbaúba, Pernambuco, Brasil ***** Telefone: (81) 9.9612-0904 (Tim). ***** WhatsApp: +55 81 9.9612.0904 ***** E-mail: daslan@terra.com.br

sábado, 9 de julho de 2011

DE TIMBAÚBA PARA O MUNDO


MARLUCE BRANDÃO DE ALBUQUERQUE,
"Alfabetizar foi minha maior realização"
.....
                
               Tranquila, ela completou 50 anos de idade no último dia 06, surpresa diante do espelho por achar que o tempo passou rápido e por entender que, mesmo aposentada como professora da Escola Santa Maria, ainda tem muito o que fazer na área da educação. Filha de Epifânio Batista Brandão, falecido em 1980, e de Severina da Silva Brandão, falecida em 2008, irmã de Ramiro Brandão e Madalena (filhos do primeiro matrimônio do seu pai) e de Gaudêncio Batista Brandão, Marluce teve um infância feliz na Praça de Timbaubinha. Estudou nos educandários Elizabeth Lyra, Timbaubense, Industrial e Santa Maria. Lecionou no Colégio Timbaubense e na Escola Santa Maria. Formou-se em Geografia na Universidade de Pernambuco (Faculdade de Formação de Professores de Nazaré da Mata) e está exercendo a função de diretora da Escola Municipal Dulce Rodrigues. É esposa de Rosinaldo Bezerra de Albuquerque, motorista autônomo, e mãe de Moema (concluinte de Enfermagem da Universidade Federal da Paraíba)  e de Mayara (estudante de Serviço Social da mesma Universidade).
 
Marluce, esposo e filhas. Da esquerda pra a direita, Moema, Marluce, Rosinaldo e Mayara
                Educadores que a história timbaubense guardou: José Mendes da Silva e Dulce Rodrigues /// Educadores que a história timbaubense vai guardar: Dalva Ribeiro, Carminha Brito e Prof. Guedes //// Uma personalidade que é a cara de Timbaúba: Celma Lucia Vasconcelos /// Comida: Frutos do mar /// Bebida: Vinho doce /// A maior invenção do homem: O computador ///  A pior invenção do homem: As Armas /// A palavra mais bela da língua portuguesa: Mãe /// A palavra mais feia da língua portuguesa: Ódio. É doloroso ouvir alguém dizer que odeia outro  /// Maior defeito: Teimosia /// Maior virtude: Gratidão /// O que mais admira em uma pessoa: A lealdade /// O que não suporta em uma pessoa: A deslealdade /// Sonho de consumo: Conhecer Argentina e Cuba /// Cor preferida: Amarela /// Um ponto turístico de Timbaúba: A Igreja de Mocós /// Um ponto turístico de Pernambuco: Olinda /// Um motivo de orgulho: Minhas filhas Moema e Mayara //// Um homem bonito: Luciano Szafir /// Uma mulher bonita: Luiza Brunet /// Um ator: Marcos Caruso /// Um Programa de TV: Os jornalísticos /// Um cantor: Tim Maia /// Uma cantora: Gal Costa e Maria Bethania /// Filmes inesquecíveis: Um Sonho Possível e Mãos Talentosas /// Um cidade inesquecível: Natal-RN /// Uma música inesquecível : De Volta pro Aconchego /// Livro de cabeceira: Ágape, do Padre Marcelo Rossi.

 Marluce ladeada pelas filhas Moema e Mayara
               
"Não cheguei a conhecer minha irmã Madalena, filha do primeiro casamento do meu pai. Ela morreu muito cedo. Eu tinha muita vontade de ter uma irmã.  O meu maior sonho de criança era dividir meu quarto com uma irmã.  Quando minhas filhas nasceram, fiz questão de que elas não tivessem quartos separados. " 

"Não gosto de Carnaval. Meu irmão Gaudêncio foi atropelado por um carro aos 9 anos de idade, em pleno Carnaval. Minha mãe ficou traumatizada e não queria de modo algum que saíssemos  nas ruas durante os festejos. Excedia-se em cuidados e eu cresci distanciada do frevo."

“Se eu fosse Presidente da República investiria tudo em Educação. A maior alegria que tive na vida como educadora foi dar aulas de alfabetização. Fico muito emocionada quando alguém se aproxima de mim e diz : A senhora  foi minha professora.” 

"Viver é estar bem consigo e morrer é partir e deixar tristeza para os que ficam. Sou católica e devota de Nossa Senhora de Fátima. Em todos os momentos da minha vida tenho em mente o Salmo 23: O Senhor é o meu pastor e nada me faltará”.

               E assim conhecemos um pouco da educadora Marluce Brandão de Albuquerque que tem a satisfação de revelar para os leitores de PASSARELA CULTURAL o seu segredo para chegar em boa forma aos 50 anos de idade: “Ter discernimento e muita fé em DEUS para saber administrar bem os altos e baixos da vida.”
*****

                  

Nenhum comentário: