a *****

SEJA BEM-VINDO ! SEJA BEM-VINDA! VOCÊ ESTÁ EM PASSARELA CULTURAL, a sua revista on-line semanal, fundada em 02/07/2004. ***** Esta é a edição nº 624, referente ao período de 18 a 24 de junho de 2017. ***** Editor: Daslan Melo Lima ***** Timbaúba, Pernambuco, Brasil ***** Telefones: (81) 99612.0904 (Tim) e (81) 99277.3630 (Claro) ***** WhatsApp: +55 81 99612.0904 ***** E-mail: daslan@terra.com.br

sábado, 30 de julho de 2011

DE MACAPARANA PARA O MUNDO

MACAPARANA, O CHORO INVISÍVEL DOS ANJOS

Daslan Melo Lima

                 
                 Há um mês estive em Macaparana, essa hospitaleira cidade vizinha de Timbaúba, ex-distrito da Princesa Serrana. Disseram-me que a Igreja Matriz de Nossa Senhora do Amparo estava sendo restaurada e entrei no templo para conferir.  Tomei um choque como se tivesse levado um soco no estômago. O cenário me deprimiu e o que vi doeu no fundo da minh’alma. 

               Longe de mim a ideia de entrar em confronto com quem teve a iniciativa de "restaurar" a Igreja, mas quando entrei no templo o que vi foi a destruição de coisas que fazem parte do patrimônio religioso, histórico e sentimental de um povo:  o altar-mor, a sacristia, o mosaico, etc. Existe por aí tecnologia suficiente para ampliar. modernizar e melhorar as instalações de um bem imóvel sem prejuízo das suas características originais internas e externas. 

              Na semana passada, a fachada da Igreja desmoronou. Talvez tenha sido reflexo dos abalos na estrutura da obra. Não sou engenheiro e nada posso afirmar. Mas sou poeta e  algo me diz que foi  o resultado do choro invisível dos Anjos, inconsoláveis com a “restauração" da Igreja.
             ________

As pessoas dispostas a colaborar com a reconstrução do templo devem fazer suas doações para a Paróquia de N.S.do Amparo, através do Banco do Brasil, Ag. 2257 – 8, Conta Poupança 010011793 - 7.

*****

2 comentários:

Maria Veronica disse...

Me doeu ler o seu texto, mas, é a pura verdade.
Não sou filha desta terra mas a amo como se fosse...e para mim é triste, mt triste ver a casa da mãe do Amparo nestas condições!
Espero que os mesmo anjos que choram sejam os mesmos a tocar a comunidade macaparanense...acorda povo de Macaparana vamos falar menos e trabalhar mais pela nossa igreja!

CIA DE ARTES FIASCO disse...

Saudações

Somos da Cia. de Teatro Fiasco da Cidade de Porto Velho/Rondônia, e estamos com um espetáculo de teatro "O DRAGÃO DE MACAPARANA", escrito pelo dramaturgo e diretor Fabiano Barros, nascido e criado no nordeste, o espetáculo conta a história de dois artistas mambembes: Valdinho e Burluvio, que ganham a vida levando sua arte a varias cidades em cima de uma carroça e que sempre acabam saindo fugidos por causa das inúmeras confusões que aprontam em todos os lugares onde se apresentam. Esse texto é uma homenagem do próprio fabiano para seu pai e sua mãe de MACAPARANA, estamos enviando esse e-mail buscando ajuda ou alguma parceria para apresentarmos em Macaparana ou divulgar o nosso trabalho!!!Temos o nosso blog com imagens do trabalho da Cia. e especificamente desse trabalho. http://ciadeartesfiasco.blogspot.com/
Aguardo alguma resposta, muito obrigado pela atenção!


Cia de Artes FIASCO
(69) 8421-0414
fiascorondonia@gmail.com