a *****

SEJA BEM-VINDO ! SEJA BEM-VINDA! VOCÊ ESTÁ EM PASSARELA CULTURAL, a sua revista on-line semanal, fundada em 02/07/2004. ***** Esta é a edição nº 649, referente ao período de 11 a 17 de dezembro de 2017. ***** Grato por sua atenção.

sábado, 23 de julho de 2011

SESSÃO NOSTALGIA (ESPECIAL) - CONCURSO MISS BRASIL 2011

      

 Daslan Melo Lima

PRÓLOGO

                        E lá se foi mais um concurso Miss Brasil. Todos nós sabemos que é muito difícil o resultado de um certame de beleza agradar a todos. É raro haver unanimidade. Vou registrar meus  comentários, mas quero deixar claro que, das 27 concorrentes ao título máximo da beleza brasileira, conheço pessoalmente apenas três delas, Vanessa Gabriella Rocha, Miss Bahia; Leydiane Vasconcelos, Miss Pernambuco, e Priscilla Durand, Miss Paraíba.  Como afirmei na minha crônica da semana passada, sei muito bem que uma coisa é opinar por imagens nos sites e na televisão e outra é emitir uma opinião depois de conhecer todas as Misses pessoalmente. Minha análise é com base no que vi pela televisão. Talvez, se eu estivesse assistindo ao evento lá no HSBC, em São Paulo, o teor dos meus pontos-de-vista fossem outros. 


TOP 10

               
               Antes de assistir ao concurso pela televisão, a minha lista das 10 mais era a seguinte, por ordem alfabética dos Estados: Miss Amazonas, Tammy Cavalcante; Miss Bahia, Vanessa Gabriella; Miss Ceará, Anastácia Duarte; Miss Distrito Federal, Alessandra Baldini; Miss Paraíba, Priscilla Durand; Miss Piauí, Renata Lustosa; Miss Santa Catarina, Michelly Bohnen; Miss Rio Grande do Norte, Daliane Menezes; Miss Rio Grande do Sul, Priscila Machado; e Miss São Paulo, Rafaela Butareli.
               Durante o programa na TV, revi minha lista e fiz algumas modificações. Seis misses da minha relação original foram incluídas no Top 10 da comissão julgadora: Miss Amazonas, Miss Bahia, Miss Distrito Federal, Miss São Paulo,  Miss Rio Grande do Norte e Miss Rio Grande do Sul. Lamentei as ausências de Miss Piauí, Renata Lustosa, e de Miss Santa Catarina, Michelly Bohnen, mas gostei de ver no Top 10 Miss Acre, Daniele Knidel, e Miss Mato Grosso do Sul, Raiza Vidal.  

TOP 5

                
               Fazer a minha lista do Top 5 não foi fácil, mas terminei optando por Miss Bahia, Miss Distrito Federal, Miss Rio Grande do Norte, Miss Rio Grande do Sul e Miss São Paulo. O Top 5 anunciado foi: Miss Bahia, Miss São Paulo, Miss  Acre,  Miss Rio Grande do Sul e Miss Amazonas.  Lamentei a não inclusão de Miss Distrito Federal e Miss Rio Grande do Norte. Acredito que Miss Mato Grosso do Sul também seria uma boa opção para o Top 5. Fiquei satisfeito de ver Miss Acre e Miss Amazonas entre as cinco mais. Pelo conjunto, e pela resposta na entrevista, torci para que a Miss Amazonas fosse eleita, mas ela ficou apenas em quinto lugar. Devido à sua simpatia e jovialidade, a vitoriosa também poderia ter sido Miss Acre, terceiro lugar. Nenhuma jovem da minha lista original para Top 3 (Miss Ceará, Miss Distrito Federal e Miss São Paulo) ficou entre as três mais. A paulista conseguiu apenas o quarto lugar. 

 

               Quando Miss Bahia e Miss Rio Grande do Sul ficaram frente a frente  aguardando o resultado final, fiquei de pé e comecei a gritar Bahia ! Bahia! Bahia ! As vozes de três amigos que estavam ao meu lado fizeram coro comigo: Bahia ! Bahia! Bahia!  A baiana Gabriella Rocha ficou em segundo lugar e Priscila Machado, Miss Rio Grande do Sul, foi eleita Miss Brasil 2011.

                                                      DETALHES

 .....
1)                                     1 - Gostei das personalidades convidadas para a comissão julgadora, foto acima, entre elas o modelo Paulo Zulu, a Miss Brasil 2005 Carina Beduschi e a atriz Angelita Feijó. Um título de Miss é para sempre. Quando anunciaram o  nome de  Angelita estranhei não terem  dito que ela é a Miss Fernando de Noronha 1986. 2 - Gostei da segurança da apresentadora Adriane Galisteu. Quanto à Nayla Micheriff, Miss Brasil 1997, evoluiu bastante como apresentadora. Notei seu rosto estranho, como se estivesse inchado devido a alguma recente intervenção cirúrgica. 3 - Adorei  o discurso e o poder de comunicação de Débora Lyra, Miss Brasil 2010. Pelo que li numa revista, Débora enfrentou  problemas sérios em sua vida pessoal durante o seu reinado. Teve depressão, ganhou alguns quilos, o pai e a mãe perderam seus empregos e  o seu veículo foi tomado durante um assalto. 4 -  Desnecessárias as palavras de Nayla Micheriff ao dizer que Débora Lyra tinha perdido os 15 quilos que tinha adquirido durante o seu reinado. 5 -   Achei o evento dinâmico, mas dispensaria os bailarinos. 6 -  Gostei de ver Renata Lustosa, Miss Piauí,  recebendo o título de Miss Simpatia Lux e lamentei o fato dela ter ficado fora das semifinalistas. 7 -  Sou contra a forma como as perguntas são feitas ao Top 5. Para mim, a fórmula ideal seria uma pergunta única para cada Miss, de modo que as outras ficassem numa cabine à prova de som, a fim de não escutarem as respostas das outras. 8 -  Como a segunda e a terceira colocadas irão representar o país em outros concursos internacionais, Miss Beleza Internacional e Miss Continente Americano, respectivamente, isso deveria ser dito por uma das apresentadoras. 9 - No momento de anunciar o resultado final, entendo que  o Top 5 deveria estar com seus vestidos longos. 10 - O excessivo piscar de olhos da vencedora. Tique nervoso?

                                                                       
EPÍLOGO

                           
                     Desejo boa sorte a você, Priscila Machado, Miss Rio Grande do Sul, Miss Brasil 2011. Você não estava na minha lista para o Top 3, mas vou torcer para que tenha uma boa classificação no Miss Universo. Não tenho dúvida que  fará todo o possível para representar muito bem o nosso imenso país-continente no concurso Miss Universo.   
                Desejo que saiba aproveitar o seu reinado com sabedoria e  que use sua beleza em campanhas que visem a construção de um mundo melhor .
                Desejo que daqui a uns anos a nova geração de missólogos  possa ter boas e mágicas recordações de você, iguais às que tenho de várias Misses Rio Grande do Sul que um dia foram eleitas Miss Brasil.

                                                                          *****    

9 comentários:

DASLAN MELO LIMA disse...

E-mail enviado por Gabriel Chaves, timbaubense radicado no Rio de Janeiro.
>>>>>>>>>>

Caríssimo Daslan

Bom dia!

Lembrei de você no sábado a noite quando vi o concurso Miss Brasil.
Eu disse a Christiane, minha esposa: tenho certeza que tem um timbaubense amigo meu que deve estar vidrado, talvez até vestido socialmente em frente à televisão assistindo e vibrando com esse concurso. Ele é o nosso maior pesquisador de misses, ouso até a dizer que ele poderia estar lá, julgando e sendo um dos mais criteriosos...

Quando abri sua coluna hoje já pude ver que não me enganei, assistiu atentamente a tudo.

Parabéns ! O texto está ótimo !

Uma semana iluminada para você e muito sol para essa nossa Timbaúba!

Forte abraço !

Gabriel.

>>>>>>>>>>

DASLAN MELO LIMA disse...

E-mail enviado por Muciolo Ferreira, via e-mail
>>>>>>>>>>

Daslan, segue meu comentário para o blog sobre o concurso. É uma opinião pessoal, madura, sem emoção, mas escrita conforme o que vi no vídeo.


O resultado causou surpresa e perplexidade em todos os foristas e missólogos, porque a gaúcha não era citada nem entre as cinco finalistas em nenhum fórum e ou sites especializados.

Em nenhum momento a coloquei no meu Top-5. Será mais um fracasso no Miss Universo, porque sediar o certame não dá direito a anfitriã ser escolhida entre as finalistas.

Sua eleição, se não foi uma tremenda zebra, pode ser creditada como um equívoco inquestionável, pois tinham várias candidatas superiores a gaúcha.

O pior de tudo foi a vaia estrondosa da platéia ao anunciarem o resultado. Lembrou os anos de 1958, com Adalgisa Colombo; 1965, com Maria Raquel de Andrade; e 1967, com Carmem Silvia Ramasco.

Só que neste ano, a revolta se estendeu até o hotel onde as misses estavam hospedadas. Familares e vários coordenadores das outras candidatas não economizaram nas vaias e xingamentos ao aguardarem no saguão do hotel a chegada da nova Miss Brasil.

Uma resposta que todo missólogo gostaria de ter: Por que a coordenação do concurso não revela mais as medidas das misses? Muito estranho esse procedimento. Nem mesmo a altura da candidata, o peso, os centímetos de quadril e busto ninguém sabe quais são, o que põe em dúvida a seriedade da atual competição.

A revolta do público, mediante vaias, ficou feio para a organização do concurso, porque daqui a um mês o país sediará o Miss Universo. então, vai uma pergunta: O que estará pensando a essa altura o dono do MU, Donald Trump?

Bjs,

muciolo

>>>>>>>>>>

Roberto Macêdo disse...

Daslan,

Faltou acrescentar a presença no júri de uma das brasileiras mais lindas de todos os tempos: Adriana Zselinsky, hoje assinando Haider por sobrenome, Miss Rio Grande do Sul 1980, quarta colocada no Miss Brasil. No Rainha das Piscinas do RS 1979 ela empatou em 1º lugar com Adriana Alves de Oliveira, que depois se consagraria Miss Brasil 1981. Adalgisa Colombo desempatou em favor da Oliveira.

Roberto Macêdo disse...

E com esse epílogo, não tenho dúvidas de que você irá para o céu!!! :-)
Todo o país está comentando o real motivo da vitória gaúcha...

Silveira/Pel disse...

Lendo sua análise sobre o concurso, tenho a felicidade de constatar e de afirmar que você é um exemplo de equilíbrio, de uma classe verdadeiramente admirável, mesmo diante de um resultado que foi adverso em relação a sua opinião pessoal. Aguarde meu pronunciamento sobre o Miss Brasil vencido por Priscila, no voy Miss Rio Grande do Sul, ainda que possa demorar mais um pouco, em razão de dificuldades de ordem pessoal, além de técnicas em meu computador.

DASLAN MELO LIMA disse...

Das 10h do dia 24/07/2011 às 10h do dia 30/07/2011, permaneceu on-line, em PASSARELA CULTURAL, uma enquete sobre o resultado do Miss Brasil 2011.

Votaram 66 pessoas, assim distribuídas:
- 18 (27%) disseram que adoraram, pois Priscila Machado, Miss Rio Grande do Sul, era sua favorita;
- 22 (33%) afirmaram que não gostaram do resultado, já que havia outras candidatas superiores;
- 26 (39 %) dissseram que a vitoriosa não era a sua favorita, mas que o título estava em boas mãos.

JOAO RICARDO disse...

Daslan

Só agora pude ler sua coluna com seus aguardados comentários do MBU 2011 . Estive prsente no concurso, e morando praticamente ao lado do hotel macksond Plaza, pude ver a s meninas quase que diariamente. O descontetamento e a indignaçao para quem viveu estas duas semanas "de perto", sao inquestionaveis : O Brasil errou feio em coroar esta menina, que nem de longe, tem perfil para s er anfitria ....sua antipatia e o eterno olhar de "fugitiva"fazem dela algo alem das vaias estrondosas......vaiei muito...vai nao apenas sua eleicao, mas a estrutura falida e suspeita da organizacao . Apos o vexame, um coquetel no proprio HSBC foi cancelado....nao existia mais clima....as meninas saindo super descontentes, clima pesado com as chaperonas , coordenadores, e jornalistas. A ultima a sair foi exatamente a Miss Brasil....saiu como uma fugitiva, entrou em um carrinho prata , e ficou entreolhando pelo vidro o mundo lah fora..... quanta tristeza meu amigo ! Acabaram a festa e as esperancas de termos sucesso .... espero que esta historia nao tenha acabado ai.....vamos aguardar surpresas ! Um abraco!

Antonio disse...

Sabe o que penso? Que é decepcionante o concurso de Miss Brasil. Antes, é aquele oba-oba, para no final darem o titulo para o Rio Grande do Sul. Penso que o concurso é desnecessário. É só fazer o Miss Rio Grande do Sul/Brasil e pronto. Assim, as gaúchas já saem direto de Porto Alegre e vão direto para o Miss Universo. Pelo menos os outros 26 Estados Brasileiros não ficam indo a São Paulo para "fazer graça pros outros". Boa noite.

Anônimo disse...

Daslan,

Revendo o voy Miss RS, voy.com/220235 , no arquivo 2, existe um texto meu dirigido à Priscila, no qual faço uma referência a você. Está na segunda parte do “Congratulações, Priscila”... Você e Marcos 56 são duas pessoas não gaúchas que muito eu respeito, que tiverem a coragem de se referir sem agressão a nossa Miss Brasil do ano passado.
Diga-se de passagem, que até hoje, não consegui saber dos dizque dizque referentes aos cambalachos que alguns apenas insinuam que teriam levado à eleição de Priscila no Miss Brasil. E aí, por vezes fico pensando se só eu, por ser gaúcho é que nunca se animaram a me contar a respeito dessas supostas sujeiras que envolvem o nome de Priscila. Para haver tanto ódio quanto a ela, por vezes fico a pensar se ela teria, porventura, antes de eleita, comportamento de prostituta e só eu é que não sei, também.

Desejo que você nunca tenha tido motivos posteriores para se arrepender daquelas belas palavras que escreveu sobre ela em seu voy, logo depois dela vencer o Miss Brasil.

Silveira/Pel

--------------------
Congratulações pela vitória de Priscila - Parte 2. -- Silveira/Pel, 28.34.65 - 06.31.11, 06:47:55 08/01/11 Mon [1]

Tenho a convicção de que o Brasil estará muito bem representado no Miss Universo. Na medida em que as candidatas forem chegando e o efeito fotoshop de concorrentes hoje consideradas favoritas for se desfazendo, acho que Priscila deverá se consolidar como uma candidata digna de ótima avaliação.

Priscila, quero me congratular mais uma vez por tua vitória, reconhecer e elogiar teus esforços, tua obstinação para chegares onde chegaste. Esta tua garra bem gaúcha me enche de orgulho. Priscila, tu estás pronta e, como diz o velho ditado popular, em time vencedor, não se deve mexer. Espero que neste Miss Unioverso desfrutes de um ambiente propício para que possas te mostrar mais descontraída, mais alegre e, portanto, até com mais desenvoltura ainda para te comunicar e desfilar.

Quero concluir esta mensagem tomando a liberdade de fazer minhas as palavras de alguém que é um exemplo de equilíbrio, de maturidade, de uma categoria admirável, exemplar, quando assim se pronunciou a respeito de Priscila:

"Desejo boa sorte a você, Priscila Machado, Miss Rio Grande do Sul, Miss Brasil 2011. Você não estava na minha lista para top 3, mas vou torcer para que tenha uma boa classificação no Miss Universo. Não tenho dúvida de que fará todo o possível para representar muito bem o nosso imenso país-continente no concurso Miss Universo.
Desejo que saiba aproveitar o seu reinado com sabedoria e que use sua beleza em campanhas que visem a construção de um mundo melhor.
Desejo que daqui a uns anos, a nova geração de missólogos possa ter boas e mágicas recordações de você, iguais a que tenho de várias Misses Rio Grande do Sul que um dia foram eleitas Miss Brasil"

E que assim seja, Priscila. Tenho certeza que saberás absorver estes sábios conselhos. Quanto a mim, realmente, não tenho palavras, Daslan, para expressar o que sinto ao ler sua mensagem. Nem se considere jamais um quinta coluna por esta sua postura isenta de paixões. Diante dela, nada mais resta a acrescentar, senão que este seu gesto de grandeza sirva de exemplo também a essa nova geração de missólogos a quem você acaba se dirigindo, ao final de sua mensagem.

--------------------