a *****

SEJA BEM-VINDO ! SEJA BEM-VINDA! VOCÊ ESTÁ EM PASSARELA CULTURAL, a sua revista on-line semanal, fundada em 02/07/2004. ***** Esta é a edição nº 633, referente ao período de 20 a 26 de agosto de 2017. ***** Editor: Daslan Melo Lima ***** Timbaúba, Pernambuco, Brasil ***** Telefone: (81) 9.9612-0904 (Tim). ***** WhatsApp: +55 81 9.9612.0904 ***** E-mail: daslan@terra.com.br

sábado, 10 de março de 2012

SESSÃO NOSTALGIA - Grazielle Massafera, Miss Brasil Beleza Internacional 2004, Menina de Subúrbio


Daslan Melo Lima

  

        No último dia 02, estreou em circuito nacional Billi Pig, filme nacional rodado no Rio de Janeiro, dirigido por José Eduardo Belmonte. Ainda não vi o filme, porém li que o enredo fala de Marivalda, personagem de Grazi Massafera, uma mulher  suburbana sem talento, mas que sonha a todo custo ser uma grande atriz. Wanderley, seu marido, vivido por Selton Mello, é um vendedor de seguros fracassado que não mede qualquer esforço para realizar os desejos da amada, dona de Billi Pig, um porco de brinquedo falante. Logo na primeira cena, ela aparece numa cerimônia recebendo um prêmio. Não se trata de uma premiação, mas de magia. Com a estatueta em mãos, a moça diz não medir esforços para alcançar seu objetivo. 
.....
 Grazi Massafera em uma das cenas do filme Billi Pig.
  .....
  Grazi Massafera, Miss Paraná, Miss Brasil Beleza Internacional 2004. 
.....
.....Grazi Massafera, nome artístico de Grazielli Massafera, é uma cinderela moderna do concurso Miss Brasil. Garota humilde de Jacarezinho, Paraná, foi Miss Paraná e conquistou o terceiro lugar no Miss Brasil 2004, recebendo o título de Miss Brasil Beleza Internacional e o direito de representar o país no Miss Beleza Internacional, evento que a levou ao Japão e à China.

Grazi Massafera e Jean Willys, no BBB, em 2004, na TV Globo.
 .....
.....Simples, determinada, disciplinada, antes de ser Miss Paraná, Grazi foi babá, manicure e balconista. Depois que voltou do exterior, após ter disputado um dos mais antigos e prestigiados concursos de beleza do mundo, participou do reality show BBB, Big Brother Brasil, da Rede Globo, e ficou em segundo lugar, com 40% dos votos, perdendo apenas para o jornalista e professor baiano Jean Willys, também de origem humilde, hoje Deputado Federal..A TV Globo apostou em Grazi e investiu em sua carreira de atriz. O BBB do qual ela participou foi o único programa do gênero que me interessei em acompanhar. Na minha opinião não houve até hoje no BBB nenhuma personalidade mais culta e mais inteligente do que Jean Willys e nenhuma cinderela como Grazi Massafera. As trajetórias das vidas de ambos mexem com meus sentimentos, pois sei muito bem o que é pertencer a um lugar que fica "abaixo da linha da pobreza". Durante minha infância e adolescência, eu, meu irmão, meu pai e minha mãe, sobrevivemos com menos, muito menos, de um salário mínimo por mês.
..... 
 .........
.....Quando José Eduardo Belmonte passava pelo Núcleo Bandeirantes, feira dos sábados em Brasília, onde reside, escutou uma canção que tocava ao alto-falante e não teve dúvida que ela seria ideal para compor a trilha sonora de Billi Pig. Tratava-se de Menina de Subúrbio, de Moacir MendesPaulo Coelho, um dos maiores sucessos da carreira do cantor Fernando Mendes, acima, na capa do LP de 1977, onde consta a referida música, que tem uma letra simples, direta, real e romântica.

Trabalhou o dia inteiro, sem tempo pra sonhar. / A menina do subúrbio espera encontrar / o seu príncipe encantado e entregar seu coração. / E faria qualquer coisa pela sua ilusão.
.....
Quando alguém se oferece para em casa a levar, / ela diz que tem seu carro, para não se preocupar. / Pois não quer que ninguém saiba que ela mora muito além. / Finge que não quer carona e vai pegar o trem.
.....
Lê as colunas sociais, / sonha com seu nome nos jornais. / Espera o convite para ser atriz / e pede a Deus para ser feliz.
.....
Ouve música estrangeira, sentada na janela. / Não entende uma palavra, mas pensa que é pra ela. / Finge que é importante pras meninas lá na rua / e não vê que no subúrbio a vida continua.
.....
Lê as colunas sociais,/ sonha com seu nome nos jornais./ Espera o convite para ser atriz / e pede a Deus para ser feliz.
..... 
Grazi Massafera e o namorado Cauã Reymond, ator.
.....
       Ainda não assisti ao filme Billi Pig, mas farei isso logo mais. Quero ver Grazzi Massafera, Miss Paraná, Miss Brasil Beleza Internacional 2004 na tela, ao som de Menina do Subúrbio. Quero continuar acreditando que, com esforço, disciplina, dedicação, humildade e, acima de tudo, fé, muita fé em DEUS, todos os sonhos poderão ser realizados. Principalmente os sonhos de pessoas do caráter de Grazi Massafera.

*****

4 comentários:

Anônimo disse...

Fiquei emocionada com esta matéria.
A Grazzi Massafera é um nome que orgulha a história do Miss Brasil. Discreta, soube aproveitar a visibilidade no BBB sem apelação.
O Jean Williams tornou-se um ícone gay, angariando o respeito de todos aqueles que acompanharam o BBB de 2005.
Enfim, eu também nasci numa família humilde e sei o que ir para a escola com fome.
Venci com a graça de DEUS !
Vou transformar esta reportagem em trabalho de classe para os meus alunos.
Parabéns, Daslan, por tudo!

Judite/Recife

Anônimo disse...

A Grazzi Massafera é uma das poucas misses da era Gaeta que se firmou no cenário artístico. Aliás, é a terceira representante brasileira nos concursos internacionais de beleza que se tornou numa atriz de sucesso. As outras são Vera Ficher, miss Brasil-Universo de 1969, e Suzy Rêgo, vice-miss Brasil-Universo e Mundo em 1984.

Daslan, obrigado pela nossa foto publicada no Passarela Cultural desta semana com a fantasia que desfilamos na Império Serrano.

Uma ótima semana a todos os leitores.

Muciolo Ferreira

Vera Lúcia disse...

Grazi Massafera, minha conterrânea, sou fã de carteirinha dela e é umas das misses preferidas que gosto de colocar no blog Ponto Cruz Ponto com Misses e Literatura. Acompanho sua trajetória desde o BBB em que ela ficou em 2º lugar, que inclusive, assim como você Daslan, foi o único que acompanhei.
Obrigada pela matéria, gostei muito. Parabéns.
Abraços e ótima semana a todos.

Edson - M. Gerais disse...

O concurso de Miss Brasil 2004 foi um dos mais divulgados da Band. Ele veio na esteira de misses que causaram sensação, como a gaúcha Juliana Borges, eleita em 2001, pela polêmcica das plásticas; da Joseane de Oliveira que foi destituída do trono e passou para a catarinense Taíza Thonsen em 2002; da eleição da brilhante Gislaine Ferreira, mineira eleita pelo Tocantins, e Top 10 no Panamá em 2003. Assim, nso 50 anos do concurso em 2004, a cobertura foi perfeita. Grazi estava lá, entre candidatas fortes, e brilhou com sua terceira posição. Grazi já mostrava alegria e naturalidade. E o concurso teve seu ponto de emoção quando Ellen de Lima cantou o Hino das Misses, para mais de trinta ex-misses do Brasil, que compareceram , desde Martha Rocha até Gislaine Ferreira. Foi muito bom!