a *****

SEJA BEM-VINDO ! SEJA BEM-VINDA! VOCÊ ESTÁ EM PASSARELA CULTURAL, a sua revista on-line semanal, fundada em 02/07/2004. ***** Esta é a edição nº 616, referente ao período de 23 a 29 de abril de 2017. ***** Editor: Daslan Melo Lima ***** Timbaúba, Pernambuco, Brasil ***** Telefones: (81) 99612.0904 (Tim) e (81) 99277.3630 (Claro) ***** WhatsApp: +55 81 99612.0904 ***** E-mail: daslan@terra.com.br

sábado, 13 de abril de 2013

VIOLETAS, ALMA LEVE, ESTRELAS E ESPAÇO

POR TODAS AS VIOLETAS DO MUNDO
        

       Estou triste com a notícia da morte da atriz e cantora espanhola Sarita Montiel, ocorrida na madrugada de ontem. A caminhada no planeta Terra tem destas coisas: passar pelo Tempo e encarar as perdas das referências mais caras das nossas fantasias, sonhos e ilusões.



           Só o silêncio sabe quantas vezes me emocionei assistindo Sarita Montiel no filme La Violetera cantando "Como aves precursoras de Primavera, em Madri aparece as violeteras, / que pregonando parecem golondrinas que vão piando, que vão piando..."
          Estou melancólico nesta manhã ensolarada de abril de 2013, uma melancolia do tamanho de todas as violetas do mundo, pois o menino que um dia eu fui tem certeza de uma coisa: Sarita Montiel jamais jogará um ramo de violetas para mim.
______ Daslan Melo Lima, em Timbaúba-PE, no nono dia de abril de 2013.
*****
DE ALMA LEVE
 
          

 
        Quinta-feira de calor intenso no centro do Recife. Passo nas imediações da Basílica de Nossa Senhora do Carmo, ouço cânticos religiosos e entro no templo onde os fieis batem palmas e cantam
 “Tem anjos voando neste lugar, / no meio do povo em cima do altar, / subindo e descendo em todas as direções. / Não sei se a igreja subiu ou se o céu desceu, / só sei que está cheio de anjos de Deus / porque o próprio Deus está aqui.”

          A imagem não mostra nenhum anjo, mas eu não tenho dúvida alguma que o espaço está cheio de anjos invisíveis.
__________Daslan Melo Lima, de alma leve, no décimo primeiro dia de abril de 2013, no Recife-PE.
                                                       *****
                                 ALÉM DAS ESTRELAS E DO ESPAÇO 
         

          Gosto de refletir e de meditar sobre os mistérios da vida e da morte diante das lápides dos velhos cemitérios existentes nos interiores das Igrejas Católicas do Recife. A poesia, a fé e a nostalgia tomam conta desses locais.



          Na Igreja do Divino Espírito Santo, na Praça 17, um poema expressa a dor de uma mulher diante da partida do esposo, mas fala também da esperança de um dia voltar a se unir a ele. 
 
 “Se a parca cruel com mão ímpia / O despiu do vigor que tinha outrora / Traz-me o sol sua imagem cada dia / E com ela Senhor minh'alma chora ! ///// Mais além das estrelas e do espaço, / Tem Deus marcado o termo aos escolhidos : / E eu peço Senhor que em novo laço / Dois esposos fiéis sejam unidos. “
          Diante desses versos, tento imaginar que, além das estrelas e do espaço, ela e ele estão trilhando juntos um caminho iluminado. Assim Seja!
__________Daslan Melo Lima, na décima segunda manhã azul de abril de 2013, no Recife-PE.
 *****

Nenhum comentário: