a *****

SEJA BEM-VINDO ! SEJA BEM-VINDA! VOCÊ ESTÁ EM PASSARELA CULTURAL, a sua revista on-line semanal, fundada em 02/07/2004. ***** Esta é a edição nº 624, referente ao período de 18 a 24 de junho de 2017. ***** Editor: Daslan Melo Lima ***** Timbaúba, Pernambuco, Brasil ***** Telefones: (81) 99612.0904 (Tim) e (81) 99277.3630 (Claro) ***** WhatsApp: +55 81 99612.0904 ***** E-mail: daslan@terra.com.br

sábado, 17 de agosto de 2013

DE TIMBAÚBA PARA O MUNDO - A polêmica do Case - Pizzas em Sampa

DE OLHO NA CONSTRUÇÃO DO CASE
 

        Na terça-feira, 13, na Câmara Municipal de Vereadores, foi realizada uma reunião onde o assunto primordial girou em torno da construção de um CASE, Centro de Atendimento Socioeducacional,   em Timbaúba. O Dr. Marcos Vasconcelos esteve presente e relatou para PASSARELA CULTURAL, através de e-mail, o que se segue: 
          Infelizmente não pude enviar o e-mail ontem porque a reunião (e o pós) só terminou por volta das 23h30min e hoje, dia 14, logo cedo, 06h30min, 06h30 min,  vim para Recife com Luciano Lyra, a fim de cumprir compromisso na Assembleia Legislativa com o Secretário de Ressocialização Pedro Eurico, mentor da instalação do CASE em Timbaúba,  e seu staff, incluindo o Secretário Executivo de Coordenação Geral Albézio de Melo Farias e o diretor responsável pela construção do CASE sob a supervisão do Presidente da ALEPE deputado Guilherme Uchôa. Esse encontro-reunião foi agendado pelo Prefeito Marinaldo Rosendo para que essas autoridades explicassem o que será/seria o CASE.
          Ontem, na Câmara de Vereadores, no espaço denominado TRIBUNA DO POVO, a Maçonaria se fez presente com 16 integrantes, incluindo o Venerável Luciano. Todos os 13 vereadores estavam presentes à sessão. Tivemos oportunidade de expor os motivos pelos quais a Maçonaria estava lutando, esclarecendo que não somos contra o projeto. Somos contra o local - no centro da cidade - onde ele está sendo construído, pelos prejuízos que causarão a nossa cidade e principalmente à população das áreas adjacentes (Loteamentos César Augusto e Ozanam, Jardim Guarani, Três Cocos e Sapucaia). Falaram pela Maçonaria Luciano Lira (Venerável) e Marcos Vasconcelos.
         Na ocasião, o vereador Guel apoiou a iniciativa da Maçonaria dizendo que a câmara tinha perdido uma grande oportunidade  de sair na frente dessa luta e havia pecado por isso, mas que se engajava na luta em defesa do que a Maçonaria estava pretendendo. Felipe Vasconcelos também falou sobre o assunto e deu os parabéns aos maçons pela iniciativa. Falaram ainda em apoio os vereadores Josinaldo, Ulisses, Jurandir, Bernardo(Zé da Rua e  Paulo de Genésio. Após os debates foi entregue aos referidos vereadores cópias das LISTAS DE ASSINATURAS que estão sendo coletadas para serem entregues ao Promotor de Justiça Dr. Alexandre Saraiva, responsável pela área de defesa dos interesses da cidadania juntamente com o MEMORIAL em que a Maçonaria pede que o DD. Promotor  aja no sentido de barrar a construção ingressando, se for o caso, com ação civil pública. Os vereadores declararam que também irão coletar assinaturas e se engajarão nessa luta.
          Ficou combinado que após a reunião na ALEPE informaremos ao Presidente da Câmara, vereador João Tubarão, o que soubermos acerca do projeto e quais as medidas que serão adotadas pelas autoridades acima referidas em relação à construção do CASE.
          Consideramos que as duas reuniões, tanto na câmara de vereadores quanto na assembléia legislativa,  foram produtivas , pois o secretário Pedro Eurico comprometeu-se a vir em Timbaúba explicar para a comunidade, em reuniões diversas a serem agendadas, o que é o CASE e tentar justificar a construção desse centro em nossa cidade. Vamos informar aos vereadores e à população o que obtivemos como notícias e aguardar o momento certo para agirmos dentro da legalidade.
Abraços.
Marcos Vasconcelos
_________
ENTENDA O PORQUÊ DA CELEUMA SOBRE A CONSTRUÇÃO DO CASE
MANIFESTO OFICIAL DA MAÇONARA
 
Local onde está sendo construído o CASE, vizinho ao cemitério de Santa Cruz, próximo ao centro da cidade e dos bairros Jardim Guarani, Três Cocos, Ozanan, César Augusto e Três Cocos. ***** Foto/fonte: timbaubaagora.com.br/2013/07/maconaria-de-timbauba-declara-repudio.html

MEMORIAL DE PROTESTO - À POPULAÇÃO DE TIMBAÚBA
Timbaubenses,

          Dirigimo-nos a todos vocês, em nome da LOJA MAÇÔNICA OBREIROS DO NORTE Nº 07, para apresentar de forma unanime, nosso mais veemente protesto e repúdio à construção de uma unidade do CASE – CENTRO DE ATENDIMENTO SÓCIO EDUCATIVO destinado à internação de menores apreendidos em toda a região da Mata Norte. Nossa rejeição à construção desse centro (que, na verdade, se trata de uma espécie de presídio destinado à internação de menores infratores) está refletida nos incontáveis danos que advirão para a população de Timbaúba quando esse centro estiver em funcionamento, não só porque para nossa cidade serão trazidos menores infratores de toda a região, o que aumentará, sem sombra de dúvidas, os índices de criminalidade, como também pelos exemplos que temos tido de outras unidades dessa espécie certamente seremos vítimas de novas formas de delitos. Além dessas péssimas qualidades, o local escolhido para a construção desse tipo de “presídio”, quase no centro da cidade e em área urbana privilegiada acarretará sérios transtornos à população de toda a área circunvizinha.
         Assim, ao levar nosso descontentamento, nosso protesto e nosso repúdio ao conhecimento da população, estamos, também, expressando toda a angústia, a revolta e toda a apreensão de todos os timbaubenses que, em momento algum, foram consultados sobre a construção desse centro que, diga-se de passagem, não trará nenhum, benefício a nossa gente. É preciso que levemos nosso inconformismo às ruas, às praças, às escolas, ao comércio, às entidades representativas, às igrejas, às redes sociais, enfim, a todos as pessoas que realmente vivem e amam nossa cidade para barrar essa monstruosidade que o governo do estado está construindo em Timbaúba.
 NÃO VAMOS FICAR CALADOS -VAMOS NOS MOVIMENTAR - VAMOS FAZER UM PROTESTO PELAS RUAS DA CIDADE. 
 LOJA MAÇÔNICA OBREIROS DO NORTE Nº 07

*****
UMA CONFERÊNCIA, QUATRO EIXOS E OITO DELEGADOS CULTURAIS

Nos dias 8 e 9 de agosto aconteceu a II Conferência Municipal de Cultura, uma realização da Secretaria de Cultura, Esportes, Turismo e Lazer e Prefeitura Municipal. Tema: ''Uma política de estado para a cultura: Desafios do Sistema Nacional de Cultura''. ***** Quatro eixos foram discutidos:Implementação do Sistema Nacional de Cultura, Produção Simbólica e Diversidade Cultural, Cidadania e Direitos Culturais e Cultura e Desenvolvimento. ***** Também foi realizada a eleição para escolha dos oito delegados municipais que irão representar o município na Conferência Estadual, agendada para o final do próximo mês, no Recife, cinco titulares da sociedade civil e três da sociedade governamental. Para alguma eventualidade que se fizer necessária, cada um tem o seu suplente. ***** Os delegados culturais da sociedade civil são Daniel Oliveira, Daslan Melo Lima, Edvaldo Melo, RômuloRibeiro e Dona Vera do artesanato.
*****
PIZZAS EM SAMPA
Dezenas de timbaubenses ganham a vida trabalhando em pizzarias paulistas. Jarbas Dias é um deles. Nosso amigo trabalha na L'Osteria do Piero , localizada na Alameda Franca, 1509, esquina com a  Rua da Consolação,  www.losteriadopiero.com.br/

Dilson e Nilza Simões, quando estiveram em  São Paulo na última vez,  saborearam  uma pizza na Pizzaria Dona Veridiana, em Higienópolis, www.veridiana.com.br/ , onde encontraram um timbaubense que residiu no  bairro de Timbaubinha.   
          Fica a dica para quem for a São Paulo: ao chegar numa pizzaria perguntar se ali trabalha algum pernambucano de Timbaúba. Para quem vive longe dos seus referenciais,  o sotaque  de um conterrâneo é uma oportunidade de matar um pouco as saudades da amada terra natal.
*****
 
MEMÓRIA TIMBAUBENSE

Na semana passada PASSARELA CULTURAL perguntou  quem era a garotinha acima, que também aparecia em outra foto ao lado de uma amiga. Mais de 150 pessoas enviaram sugestões. Apenas uma acertou. A garotinha é Paula Francinete e sua amiga é Sofia Crescêncio.  A pessoa que deu a resposta correta foi Maria do Rosário Dutra de Morais (Professora Zarinha).
Paula Francinete, filha de um casal que marcou época em Timbaúba, Mário Cruz e Zezita Bordadeira. Ele era sócio da Fábrica de Calçados Mascote e músico da Euterpina.

Paula Francinete e Sofia Crescêncio.
*****
ROTEIRO POÉTICO DE TIMBAÚBA
 
AO SABOR DO PENSAMENTO - Na tarde ensolarada, o marrom dos telhados das casas do Alto da Independência  contrasta com o branco das nuvens. O  Vento sopra lento e a inspiração flui ao sabor do pensamento. 
- Daslan Melo Lima.
*****
 

Nenhum comentário: