a *****

SEJA BEM-VINDO ! SEJA BEM-VINDA! VOCÊ ESTÁ EM PASSARELA CULTURAL, a sua revista on-line semanal, fundada em 02/07/2004. ***** Esta é a edição nº 638, referente ao período de 24 a 30 de setembro de 2017. ***** Editor: Daslan Melo Lima ***** Timbaúba, Pernambuco, Brasil ***** Telefone: (81) 9.9612-0904 (Tim). ***** WhatsApp: +55 81 9.9612.0904 ***** E-mail: daslan@terra.com.br

sábado, 31 de agosto de 2013

DE TIMBAÚBA PARA O MUNDO - Valmor e Zarinha, uma história de amor - Anatilde Macêdo, os 90 anos de uma mulher feliz


VALMOR BARRETO E ZARINHA COUTINHO, UMA HISTÓRIA DE AMOR CHEGA AOS 50 ANOS


Timbaúba-PE, 24/08/2013 - A história de amor de Maria do Rosário Coutinho (Zarinha), fina flor da alta sociedade timbaubense, e de Valmor Barreto, um sergipano que chegou em Timbaúba nos anos 60 para trabalhar no Banco do Brasil, completa 50 anos.


Tudo começou no dia 1º de julho de 1961, quando chegou a Timbaúba um belo rapaz chamado Valmor Barreto, sergipano de Itaporanga d’Ajuda, onde nasceu em 08/06/1941. Ele chegava para trabalhar na agência do Banco do Brasil sem saber que estava predestinado a criar raízes fecundas em Timbaúba. ***** Maria do Rosário Coutinho nasceu em 12/02/1944, na localidade conhecida como Serrinha, em Juripiranga, Paraíba. Primogênita do renomado médico João Gomes Coutinho e de Maria de Lourdes Jacques Coutinho, veio morar em Timbaúba ainda bebê e aqui nasceram seus 13 irmãos. ***** Valmor e Zarinha se conheceram e começaram a namorar em outubro de 1961. Casaram em 20/08/1963. Ele estava com vinte e dois anos de idade e ela com dezenove. Zarinha conta que foi amor à primeira vista e que superou os cuidados esmerados dos pais, próprios dos anos 60, quando os valores eram outros, o mundo era outro. “Somos almas gêmeas. Adoramos viajar pelo mundo e gostamos muito de música romântica. Eu tenho todos os discos de vinis e cds do Agnaldo Timóteo e ele tem todos os do Roberto Carlos”, confessa com lágrimas nos olhos.

O casal, acima nas Bodas de Prata, tem cinco filhos: Carlos Augusto, Cláudio José, Clóvis Eduardo, Carmem de Lourdes e João Francisco, treze netos e dois bisnetos. ***** Qual o segredo de uma longa e feliz vida conjugal? Resposta de Zarinha: “Temos muita fé em Deus. O amor e a compreensão são os segredos da nossa felicidade há 50 anos”.


A celebração das Bodas de Ouro de Valmor Barreto e Zarinha Coutinho teve início com a Santa Missa na capela da Escola Santa Maria. Em seguida, o casal, familiares e convidados seguiram para a AABB, local da recepção. A chuva fez uma pausa e a Lua apareceu para adornar o céu e aguardar a chegada de Valmor e Zarinha. Parecia um cenário de novela onde se desenrolaria mais um capítulo de uma ficção, mas era a realidade de uma história de amor timbaubense.


O casal entrou no salão de festas da AABB ao som do conjunto musical cantando "Esse cara sou eu". Os olhos de Valmor e Zarinha brilhavam de felicidade e ele renovou os votos de amor à amada.
Valmor-Zarinha e seus descendentes (filhos, acima, netos e bisnetos, abaixo).


*****
ANATILDE, 90 ANOS,UMA MULHER FELIZ
    

      Quando os primeiros raios de sol começavam a aquecer a bela manhã do dia 07/09/1923, em Barra de Guabiraba, na época povoado de Bonito-PE, nascia no lar de João Augusto Barbosa e de Ana Cavalcante Barbosa, o oitavo fruto do casal: Anatilde Cavalcante Barbosa.
       A menina cresceu no seio de uma família simples e rica em virtudes, onde a boa educação, os bons costumes e o respeito a Deus e ao próximo eram valores que estavam acima de tudo. Em 1936, aos 13 anos de idade, morando em Malhada, atual Passira, naquela época distrito de Limoeiro-PE,  e cursando a quinta série  primária,  foi avaliada por uma banca examinadora e habilitada para exercer o cargo de professora primária municipal. Em 1943, durante as festas juninas, encontrou Levino Braz de Macêdo, pecuarista paraibano da Fazenda Tatu, em Serra Branca. Quatro anos depois, em 03/07/1947, casaram em Moreno-PE. Daí, agora senhora Anatilde Cavalcante de Macêdo,  foi morar com o seu amado em Limoeiro-PE, por curto tempo ,indo depois  para a Fazenda Tatu. Após dois anos, o casal retornou para Limoeiro, a fim de lidar com o comércio de vendas de roupas e tecidos. O espírito de luta sempre levou  Levino e Anatilde para situações  melhores, tanto que, em 13/12/1955,  migraram para Timbaúba.  Aqui chegando, alugaram a Padaria Nabuco e se tornaram conhecidos e respeitados. Progrediram na atividade e compraram um terreno onde construíram um imóvel para residência e comércio,  local onde funciona até hoje a Padaria Santa Izabel.
    No dia 25/01/1983, quando se encontrava em Juazeiro do Norte-CE em visita ao Padre Emerson, seu sobrinho, uma nuvem de tristeza tomou conta da vida de Anatilde, ao saber da morte do seu esposo, que perdeu a vida num acidente de carro. Com fé e resignação, encarou a realidade e conseguiu aos poucos superar a tragédia. Em maio de 1997, com mais de 70 anos, ao lado da irmã mais velha Maria Augusta e da cunhada Josefina, fez as malas e rumou para sua primeira grande viagem-aventura da sua vida, foi à  Europa e fez um roteiro inesquecível por Lisboa, Paris e outras cidades.
     Lúcida, tranquila, de bem com a vida, Anatilde Cavalcante de Macêdo  desempenha suas atividades do lar, costura, borda, ajuda na criação do netos e participa de atividades de um grupo da terceira idade e atua como missionária da missão da  Mãe Rainha. Para os filhos, Maria José (Zélia), Izabel Cristina, Ana Glória, Sérgio e Sílvio, que já  lhe deram dez netos (Ana Cristina, Elias Neto, Alberto Junior, Elaine Cristina, Aline Caroline, Levino Neto, Isabela Silvana, Rafael, Raquel e Gabriel) e seis bisnetos (Mariana, Felipe, Letícia, Mateo, Dana e Camila). Todos são unânimes quando afirmam:  Nós que a conhecemos e com ela convivemos temos o dever de, não só seguir seu exemplo, como transmiti-lo às gerações futuras para que a nossa família continue unida e solidária . Cremos que e aí onde mora da felicidade. Nossa mãe é, sem sombra de dúvida, uma mulher feliz.  
*****

3 comentários:

Anônimo disse...

Pense em um casal amado e admirado por toda Timbaúba e adjacências ...
Mais uma vez parabenizo esses amigos tão queridos pelos 50 anos de vida em comum, vida essa construída sob fortes pilares de simplicidade, companheirismo, honestidade e amor ao próximo. Parabéns Pinho, Ningô, Bia, Carmem e Joca pelos pais maravilhosos vocês tem, ELES SÃO UM VERDADEIRO PRESENTE DE DEUS.
Beijos, Ana Lygia

Anônimo disse...

D. Anatilde,
Um exemplo de vida a ser seguido...
Amor a Deus, simplicidade, perseverança, alegria... suas virtudes são tantas que é impossível descrever. Parabéns pelo seus 90 anos de vida bem vivida com a graça de DEUS !!!!
Parabéns Zélia, Bel, Ana, Silvio e Sergio pela MÃE MARAVILHOSA QUE VOCÊS TEM !!!
Ana Lygia

Carmem Coutinho disse...

Obrigada Ana Lygia pelo carinho de suas palavras. Abraços da nossa família, Carmem Coutinho.