a *****

SEJA BEM-VINDO ! SEJA BEM-VINDA! VOCÊ ESTÁ EM PASSARELA CULTURAL, a sua revista on-line semanal, fundada em 02/07/2004. ***** Esta é a edição nº 646, referente ao período de 19 a 25 de novembro de 2017. ***** Editor: Daslan Melo Lima ***** Timbaúba, Pernambuco, Brasil ***** Telefone: (81) 9.9612-0904 (Tim). ***** WhatsApp: +55 81 9.9612.0904 ***** E-mail: daslan@terra.com.br

sábado, 31 de agosto de 2013

PAUSAS NA PASSARELA - De Alagoas para o Mundo


APOLÔNIO PEREIRA CARDOSO, ASSIM É A VIDA  - Perdas e desilusões acontecem todos os meses, independente de agosto, mas quando ocorrem no oitavo mês do ano não há como jamais deixar de atrelar agosto a desgosto. Na manhã de hoje, em Maceió, um colapso cardíaco fulminante tirou a vida do meu amigo Apolônio Pereira Cardoso, conterrâneo-contemporâneo.
      Não o verei mais em janeiro, em São José da Laje, no tradicional Encontro de Lajenses, e nem nos janeiros e encontros que virão. Choro nesta manhã de agosto, a rimar com desgosto.
      O que fazer diante dos mistérios da vida e da morte? Tento repetir como um mantra o que dizem os franceses: "Cést la vie", assim é a vida, mas não me controlo e choro neste agosto que rima com desgosto.
_____Daslan Melo Lima, em Timbaúba-PE, na manhã chuvosa de 31/08/2013.
----------


ZITA DE ARAÚJO PEREIRA, UM ORGULHO LAJENSE - Zita se foi no penúltimo dia deste agosto que rima com desgosto. De repente,um vendaval de recordações de São José da Laje emergem do túnel do tempo: Zita tranquila, Zita elegante, Zita secretária do Ginásio São José,  onde estudei todo o curso ginasial.
      Copiei do Facebook da minha amiga Angélica Lyra uma foto antiga onde Zita aparece, assim como uma reportagem publicada no “Correio Lagense”, ano I, nº 4, segunda-feira, 15/01/1951. A matéria fala sobre a cerimônia de entrega dos certificados aos concluintes da primeira série ginasial, realizada na noite de 20/12/1950, no Clube Gente Nossa. João Pinheiro de Andrade Lyra (1912-1955), professor de Matemática do Ginsásio São José, disse no seu discurso:
“... Provarão estes documentos que vós, alunos e alunas, iniciastes a conquista do Saber, a única riqueza que está segurada, pela sua própria natureza, contra furto e contra confisco, a única riqueza que, se vo-la tomarem, não servirá ao tomador, e se acabará com o seu dono, sendo portanto, a única riqueza totalmente fiel ao seu possuidor. Cultivai, com zelo e carinho, e enriquecei a vossa caixa-forte que não pode ser roubada, o vosso cérebro, com os grandes elementos de que dispondes para tal: dedicação aos livros, assiduidade às aulas, atenção aos ensinamentos dos vossos mestres. E não esqueçais uma outra considerável, enorme vantagem do Bem que estais adquirindo: gastai dele à vontade, passando-o aos outras, e, ao contrário do que acontece com outros bens, ele não diminuirá. A vós todos eu quero desejar que na segunda série, no ano vindouro, estudeis mais, muito mais ainda, para mais e melhor, muito melhor, ajudardes os vossos mestres; e que nunca deixeis que vos fuja da memória o provérbio citado, lembrando-vos de observar quanto o mesmo é aplicável na vida diária: acendei, diante de um espelho, a vela de um sorriso se a escuridão do desânimo ameaçar vosso horizonte íntimo, e vereis como essa mágica luz exterior penetrará os vossos “eus”, vos clareando por dentro.’
            Estas palavras devem ter calado fundo nos corações dos concluintes da primeira série do curso ginasial da terra que me viu nascer. Zita de Araújo Pereira, um orgulho lajense, tinha obtido a média geral de nove e sete décimos e estava destinada a marcar época na história da “Princesa das Fronteiras”.
________     
Daslan Melo Lima, na noite chuvosa de 30/08/2013, em Timbaúba, Pernambuco.

*****

Nenhum comentário: