a *****

SEJA BEM-VINDO ! SEJA BEM-VINDA! VOCÊ ESTÁ EM PASSARELA CULTURAL, a sua revista on-line semanal, fundada em 02/07/2004. ***** Esta é a edição nº 646, referente ao período de 19 a 25 de novembro de 2017. ***** Editor: Daslan Melo Lima ***** Timbaúba, Pernambuco, Brasil ***** Telefone: (81) 9.9612-0904 (Tim). ***** WhatsApp: +55 81 9.9612.0904 ***** E-mail: daslan@terra.com.br

sábado, 19 de outubro de 2013

DE TIMBAÚBA PARA O MUNDO - Tony Barboza, na Primavera ou em qualquer das estações

 LUTO - Timbaúba, segunda-feira, 21 de outubro de 2013




TONY

      A Princesa Serrana, amanheceu perplexa. Ao despertarmos para a labuta de uma nova segunda-feira, eis que uma notícia triste foi tomando conta de todos: a morte de Antônio Barboza dos Santos, o Professor Tony, gestor da EREMT, Escola de Referência em Ensino Médio de Timbaúba, desde 2006, vítima de refluxo esofágico. Tony era graduado em Licenciatura em Matemática (UPE), Especialista em Ensino de Matemática (UFPE) e Mestre em Estatística (UFPE). O sepultamento do corpo do professor Tony será realizado amanhã, terça-feira, no cemitério de Santa Cruz, saindo às 16h da Central de Velórios da Rosa Master. 

      Perdoe-me, Senhor do Universo, mas um educador não deveria morrer num outubro ensolarado assim, com tanto ainda a fazer para a construção de um mundo melhor. O que consola é a suposição que o Senhor convocou o Tony para outra dimensão mais carente do que este Planeta Terra, a fim de lá ensinar como se deve amar e educar.
----------
- Daslan Melo Lima

----------

LUTO - Timbaúba, terça-feira, 22 de outubro de 2013






NA PRIMAVERA OU EM QUALQUER DAS ESTAÇÕES

       O céu timbaubense desta terça-feira amanheceu combinando com a melancolia que tomou conta da cidade desde ontem de manhã, com a noticia da morte do professor Tony Barboza, 47 anos de idade, gestor da EREMT, Escola de Referência em Ensino Médio de Timbaúba. Depois do meio-dia, clareou o tempo. Era a natureza dando lições da incerteza que norteia nossa caminhada no conturbado planeta Terra. 


      
      
       Foi um dos maiores cortejos fúnebres da história timbaubense. Sobre um veículo, jovens entoavam canções populares adequadas ao momento e hinos religiosos. Lágrimas e aplausos se misturavam ao som do refrão da música “Amigos para sempre”. 


          “Amigos para sempre é o que nós iremos ser,
na Primavera ou em qualquer das estações, 
nas horas tristes, nos momentos de prazer, 
amigos para sempre.” 

      Tony embarcou no imprevisível Trem da Grande Viagem antes da Primavera terminar, antes do Verão chegar, mas em qualquer das estações seu nome será uma legenda de amor à educação, para sempre. 
----------
 Daslan Melo Lima

                                   *****

2 comentários:

historiaspossiveis.com disse...

Muito, muito triste!!

Anônimo disse...

impossível esquecer, impossível conter as lágrimas