a *****

SEJA BEM-VINDO ! SEJA BEM-VINDA! VOCÊ ESTÁ EM PASSARELA CULTURAL, a sua revista on-line semanal, fundada em 02/07/2004. ***** Esta é a edição nº 628, referente ao período de 16 a 22 de julho de 2017. ***** Editor: Daslan Melo Lima ***** Timbaúba, Pernambuco, Brasil ***** Telefones: (81) 9.9612-0904 (Tim) e (81) 9.9277-3630 (Claro) ***** WhatsApp: +55 81 99612.0904 ***** E-mail: daslan@terra.com.br

sábado, 5 de outubro de 2013

SESSÃO NOSTALGIA - JERUSA FARIAS, MARTHA VASCONCELLOS E BAHIA

Daslan Melo Lima        

         

      Jerusa Farias, Miss Pernambuco 1969, tem um acervo fabuloso sobre a sua trajetória de rainha da beleza pernambucana, mais de 2.000 fotos e recortes de jornais e revistas. Um dos prêmios que ganhou por ter sido eleita a  mais bela pernambucana foi uma viagem a Miami Beach para assistir a eleição da Miss Universo 1969, ocasião em que teve uma maior aproximação com a baiana Martha Vasconcellos, Miss Brasil e Miss Universo 1968. Faz uma semana que conversei com Jerusa Farias. Ela me falou do sonho que acalenta há muito tempo, escrever um livro sobre as suas experiências como Miss Pernambuco. 
      Funcionária aposentada do Bandepe, Banco do Estado de Pernambuco, onde foi advogada e procuradora, Jerusa Farias leva hoje uma vida tranquila, arrodeada do carinho dos filhos e netos, das recordações e da sua fé cristã como membro da Igreja Presbiteriana. Ela disse-me  que o título do seu livro seria algo que remetesse a um trono de Miss trocado por uma coroa celestial, onde pudesse externar sua religiosidade. Combinamos de continuar a conversa no próximo mês, durante um almoço no Recife, com a presença do jornalista Muciolo Ferreira, ex-coordenador do Miss Pernambuco.


      Voltando a falar sobre Martha Vasconcellos, cuja biografia está sendo escrita por Roberto Macêdo, jornalista e arquiteto baiano, Jerusa Farias passou-me as três imagens abaixo da nossa Miss Universo 1968. “Talvez nem a própria Martha tenha estas fotos”, adiantou. Compartilhei as relíquias com o Roberto Macêdo e aqui estou  repassando-as  para todos vocês, como documento precioso de um tempo que se foi.

   -----
-----
-----

      Vou me permitir tirar uns dias de férias. Voltarei com outra Sessão Nostalgia no dia 19, se DEUS permitir. Sabem onde vou relaxar? Em Salvador, Bahia, terra de outras duas deusas que adoro: Martha Rocha, Miss Brasil, vice-Miss Universo 1954, e Maria Olívia Rebouças Cavalcanti, minha Miss inesquecível, Miss Brasil, quinto lugar no Miss Universo 1962. 



      É bom não ir à Bahia, uma música gravada pela dupla Tom & Dito,  no ano de 1973, diz que “é bom a gente não, não ir à Bahia, porque se for fica querendo ficar, fica querendo ficar, na Bahia, fica querendo ficar.”  Eu nunca fui à Bahia. Vou comprovar! 

*****

3 comentários:

Roberto Macedo disse...

Daslan, seja bem vindo! É melhor você deixar as suas coisas empacotadas para somente o caminhão da mudança ir buscá-las! rsrsrs

Repassei as fotos para Martha. Ela falou de duas, mas a em p&b ela não conhecia. Que legal, né?

Um abraço e "inté breve"

Roberto

Anônimo disse...

Você nunca foi à Bahia? Não acredito! Vc vai adorar Salvador!

Como eu gostaria de estar presente neste almoço com vc, Jerusa e Muciolo. Quantas histórias interessantes vcs têm para contar!

C.Rocha de Floripa

Anônimo disse...

Daslan,
você continua "aprontando" comigo(no bom sentido, claro!)ao agendar o almoço com Jerusa e me incluir. ADOREI a surpresa !

Alô, C. Rocha de Floripa! Você será muito bem vindo ao Recife. E não se preocupe com a hospedagem, porque você terá um lugarzinho bem aconchegante para lhe acolher com carinho. E a passagem de volta à Floripa, eu garanto.

Um forte abraço ao Daslan, extensivo a Jerusa, Roberto Macêdo, C. Rocha e demais leitores deste notável espaço dedicado às misses do passado.

Muciolo Ferreira

Em tempo: Daslan, você vai adorar a Bahia de Todo os os Deuses e das Belas Misses!