a *****

SEJA BEM-VINDO ! SEJA BEM-VINDA! VOCÊ ESTÁ EM PASSARELA CULTURAL, a sua revista on-line semanal, fundada em 02/07/2004. ***** Esta é a edição nº 616, referente ao período de 23 a 29 de abril de 2017. ***** Editor: Daslan Melo Lima ***** Timbaúba, Pernambuco, Brasil ***** Telefones: (81) 99612.0904 (Tim) e (81) 99277.3630 (Claro) ***** WhatsApp: +55 81 99612.0904 ***** E-mail: daslan@terra.com.br

sábado, 23 de abril de 2016

DE TIMBAÚBA PARA O MUNDO

EM PAUTA 

BAILE DAS MÃES - Um dos eventos mais aguardados do ano. Sábado, 07 de maio, no Clube Verde Campo, às 21 horas. - Maiores informações (81) 9.9301-1722. 
*****
Dona Nina aos 100 anos de idade, 
“a vida estica, mas não tem finalidade”




        Eliza Barboza de Almeida, ou simplesmente Dona Nina, nasceu no dia 16 de fevereiro de um ano em que, conforme registros da Biblioteca Nacional, foi gravado o primeiro samba no Brasil, “Pelo telefone”, autoria de Ernesto Joaquim Maria dos Santos (Donga) e Mauro de Almeida, cuja letra oficial diz “O chefe da folia, pelo telefone manda avisar, / que com alegria não se questione para se brincar. /  Ai, ai, ai, deixa as mágoas para trás, oh rapaz. /Ai, ai, ai, fica triste se és capaz e verás ...” Era 1916. O mundo vivia as tensões da Primeira Guerra Mundial, iniciada em 1914 e terminada em 1918.
     Filha de Vicente Barboza de Almeida e Irineia Barboza, cinco irmãos, Dona Nina cresceu com uma visão prática de encarar a vida, católica, temperamento forte, fã das canções de Vicente Celestino. Casou com o agropecuarista Antônio Francisco da Silva (falecido há 27 anos) e criou três garotas: Irenize (filha biológica), Ivanise (adotada) e Carmen Lúcia (filha do coração).
     

       
       A celebração de um século de vida de Dona Nina foi realizada no domingo, 28 de fevereiro, com Missa de Ação de Graças na Capela de São Francisco, no bairro de Timbaubinha, e almoço na Tulipa Recepções. Vaidosa, tinha dito a Irenize que queria um vestido para a Missa e outro para o almoço, mas a filha explicou que seria desgastante para a mãe sair do templo, trocar de roupa e depois se dirigir à recepção.
       Qual o segredo de sua longevidade? Discreta, ela fala pouco de si, mas confessa: “Como de tudo, gosto de um vinho suave e diariamente tomo um comprimido de AAS infantil”.   Ao Custódio, amigo de Irenize, um dos convidados da festa, confessou bem humorada: “A  vida estica, mas não tem finalidade.”

*****
MEMÓRIA TIMBAUBENSE




TÚNEL DO TEMPO – Durante um evento da década de 1970, a juventude dourada timbaubense numa noitada divertida. Na foto aparecem o garçom Adelho, o fotógrafo Teonas, Iran, José Barbosa, Jonas, José Mario Guerra, Esdras Leonard, João Hélio e o casal Alfredo Campos e Zuleide. ***** Estava em evidência a dance music, o que deu à época o título de "década da discoteca".  O Brasil vibrou no primeiro ano com a conquista do tricampeonato mundial de futebol. Entre as celebridades em evidência, nomes como os de Sônia Braga, Chacrinha, John Travolta, Olivia Newton-John, Monique Evans e Bruce Lee. Entre os filmes? “Os embalos de sábado à noite”, obviamente.***** Imagem: acervo de João Hélio Beserra Guerra.

*****
ROTEIRO POÉTICO


A estrada de ferro divide ruas e bairros, mas fique tranquilo, pois o trem não vem, não vem, não vem... Basta ter cuidado com alguns carros e motos. De um lado, Timbaubinha, de outro, Jardim Guarani e a encosta do Alto Santa Terezinha. Um estrada de ferro pode dividir realidades, mas os sonhos continuam. - Daslan Melo Lima

*****

Nenhum comentário: