a *****

SEJA BEM-VINDO ! SEJA BEM-VINDA! VOCÊ ESTÁ EM PASSARELA CULTURAL, a sua revista on-line semanal, fundada em 02/07/2004. ***** Esta é a edição nº 645, referente ao período de 12 a 18 de novembro de 2017. ***** Editor: Daslan Melo Lima ***** Timbaúba, Pernambuco, Brasil ***** Telefone: (81) 9.9612-0904 (Tim). ***** WhatsApp: +55 81 9.9612.0904 ***** E-mail: daslan@terra.com.br

domingo, 3 de novembro de 2013

TIMBAÚBA FUTEBOL CLUBE, OUTROS DOMINGOS VIRÃO


Domingo com final melancólico em Timbaúba. O Timbaúba Futebol Clube não conseguiu alcançar um lugar na elite do Campeonato Pernambucano da Série A, mas outros domingos virão até o sonho virar realidade. Djalma Almeida, comentarista esportivo, poeta cordelista e estudante de Direito da Faculdade de Timbaúba, deu o seguinte depoimento à PASSARELA CULTURAL:  

       O Timbaúba fez uma campanha excelente. A diretoria, a comissão técnica e os atletas fizeram tudo o que deveriam fazer, e o que não foi feito hoje foi porque não foi possível. Embora revendo várias vezes o vídeo que eu mesmo gravei atrás do gol do Vitória, eu me convença que realmente o zagueiro evita o gol timbaubense com a mão, mesmo que tenha havido a falha na saída de bola que gerou o gol adversário, não há a quem culpar. 
      O Timbaúba enfrentou um time muito bem armado na defesa. De tal forma que os nossos meias e atacantes não conseguiam sequer limpar um lance que possibilitasse um arremate de fora da área, tal era a eficiência da cobertura feita pelo Vitória. A equipe timbaubense precisava mais do que nunca das famosas cobranças de falta de Djalma, e este pelo menos em duas levou grande perigo ao arqueiro adversário.
      Mas talvez não merecemos ainda estar na primeira divisão do futebol pernambucano. A torcida, apesar de comparecer em bom número, demonstrou não estar ainda educada para um certame profissional. Durante a partida jogaram garrafas de água mineral no goleiro do Vitória, e após levarmos o gol, choveu até latas de cerveja e várias outras garrafas. O resultado disso todos já estão carecas de saber, provavelmente será a perda do mando de campo. E quem vendeu a cerveja e água mineral sem respeitar a norma que é colocar em um copo plástico, com certeza hoje está lamentando não poder vender seus produtos em jogos maiores no próximo ano.
      Assim enquanto não houver uma consciência coletiva para apoiar o Timbaúba de todas as formas e em qualquer situação, como fez a torcida do Santa Cruz, não mereceremos o acesso e a bola continuará a punir o nosso futebol. O Timbaúba deveria ter sido aplaudido de pé no final da partida, pois foi de pé que caiu.

*****

2 comentários:

Anônimo disse...

Achei perfeito o que disse o Djalma Almeida. Isso quwe ele escreveu deveria ser motivo de reflexão por todos que amam TIMBAÚBA !

Cristian Silva-Carpina

Anônimo disse...

O Timbaúba caiu de pé!!!!!!Que ninguém jamais esqueça disso e que se preparem ainda mais para 2014!!!!

Dagoberto/Sapucaia